sexta-feira, 23 de abril de 2010

Face oculta - Se for verdade... foi uma bela imitação de processo!



Vários CDs contendo escutas de conversas gravadas no âmbito do processo “face oculta”, dado incluírem algumas baboseiras e uma ou outra ordinarice, proferidas pelo Primeiro Ministro, foram declaradas nulas e ordenada a sua destruição, independentemente do que mais por lá se ouvisse, pudesse ou não esclarecer alguns dos crimes em investigação.

Apesar dos protestos de advogados dos arguidos que, com razão, defenderam que a destruição de provas prejudicaria a defesa dos seus clientes; apesar da opinião contrária de vários juristas; apesar de, como se sabe, a oposição, até do Ministério Público, o “Supremo Juiz” do Supremo Tribunal, Noronha do Nascimento fez voz grossa (passe a graçola...) e avançou mesmo com a destruição das gravações.


Devo estar a tornar-me uma pessoa má... pois a verdade é que uma coisa destas já nem consegue surpreender-me. No entanto não deixa de enojar-me. Fica a enjoativa sensação de que era este exactamente o resultado que sempre se pretendeu alcançar.

A solução é seguir em frente. Cuidadosamente, para não pisar...

15 comentários:

salvoconduto disse...

É o meu país, está tudo dito.

Maria disse...

Desde o princípio foi este o objectivo - arquivo por falta de provas. Deste de outros processos onde o pm ou alguém do governo possa ser beliscado. Ponto final.
Triste país, o nosso.

Abreijos. E um cravo vermelho!

Antuã disse...

E a mafia continua!...

smvasconcelos disse...

Totalmente de acrodo, o objsectivo seria mesmo esse, o encaminhamento do processo para o arquivamento, como tantos outros... mau é estarmos a "habituar-nos" a isto!
beijos,

Justine disse...

Também é essa a minha reacção: nojo, perante tanta ignomínia, tanta desonestidade. Cambada mafiosa!

Isaflores disse...

Mau mesmo é vivermos num país onde a justiça tem mão forte para os fracos e fraca para os fortes.
O símbolo da justiça em Portugal deveria mudar, ela não é cega... so vê para o lado que lhe convêm.

Tenham o melhor fim de semana que conseguirem!

Medronheiro disse...

Isto só lá vai a tiro.

vovó disse...

Medronheiro!
nem mais.

vovó Maria

Rosa Branca disse...

Medronheiro se fores o das Ferreiras está tudo dito,não tens desculpa mas ainda se papa, por seres o que não defendes.è para levar pró goso.Brincalhão.

Graciete Rietsch disse...

O mais importante é arquivar o processo. Portanto destruam-se as provas. Ainda haverá dúvidas?

Beijos.

Zé Canhão disse...

Quanto recebeu o Noronha do Nascimento? É que não há almoços grátis.

eduricardo disse...

Bem escolhida a fotografia. a princípio pensei que o cavalheiro estava a assinar numa folha de alface.Depois atentei melhor e, de facto, o que fica de tudo isto é a palavra escrita no rótulo da garrafa de água: FASTIO

Fernando Samuel disse...

Supremo quer dizer isso mesmo...

Um abraço.

jrd disse...

Cuidadosamente, para não pisar!?...
Impossivel, já não há caminho limpo nesta terra!

Nelson Ricardo disse...

A Itália esteve e está corrompida pelas máfias na política, na Justiça e nos negócios. Na Itália, a Camorra e a Ndrangheta mandavam no país através de alguns partidos políticos.

Em Portugal atingimos um incrível patamar de "democracia" em que PS, PSD e CDS não só estão a favor das máfias, como eles próprios são as máfias.

Este é o Portugal nascido do 25 de Novembro. Há que esmagá-lo para que floresça de novo o Portugal de Abril.