terça-feira, 13 de abril de 2010

Sócrates e escutas - Falta de coragem...



Contra a vontade de uns, certamente com o aplauso de outros, para desespero de Marinho Pinto, o veemente representante daqueles que perdem as estribeiras sempre que se menciona o nome de Sócrates sem ser para o elogiar ou bajular... e perante a indiferença de muitos, a notícia aí está: as gravações das escutas que envolveriam (ou não) José Sócrates, digamos... numas coisas, vão finalmente ser destruídas.

Pffff!!! Grande coisa! Coragem, coragem, seria ficar com a colecção dos CDs e despachar José Sócrates para o lixo!

7 comentários:

João Sakki disse...

eu acho é que com tanto cd para escutar ele podia ir para DJ e deixar o país em paz.

Nelson Ricardo disse...

A decadência da Justiça portuguesa é resultado da apreensão do sistema de justiça pela classe dos senhores do dinheiro.

É preciso purgar a Justiça para que o povo a ela possa aceder e para que ela seja...justa.

Maria disse...

Para memória futura podiam fazer um filme das voltas e reviravoltas destas gravações de escutas...
:) :) :)

Abreijo.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

"...as gravações das escutas que envolveriam (ou não) José Sócrates...", eu gostaria que não tivessem o caminho que vão ter.
Fica quase tudo (nos mais intimos meandros) por perceber e saber, e sobretudo, uma vez mais o Povo Português, fica arredado da sabedoria de uma verdade que lhe é imposta diáriamente pelos actuais políticos no Poder, quer seja sós ou ... mal acompanhados.
Portugal, os Portugueses, e a Democracia derivada do 25 de Abril de 1974 (Dia da Liberdade), não se retratam (penso eu) neste desfecho de situações nublosas.

Graciete Rietsch disse...

Seria óptimo, mas era preciso que ele deixasse!!!!!!!
Um beijo.

donatien alphonse françois disse...

O problema de o despachar para o lixo é o das escórias tóxicas, realmente um problema de ambiente e de saúde pública.

Fernando Samuel disse...

É a isso que se chama cortar o mal pela raiz?...

Um abraço.