sexta-feira, 2 de agosto de 2013

ASAE – Nada de novo...


Compreende-se o rigor de segurança exigido a uma ambulância. Já imaginaram o perigo que é uma ambulância a rolar por aí com os quatro pneus carecas, ou adirecção avariada, ou sem travões, ou com os meios de apoio de emergência à vida avariados, ou com os enfermeiros e motorista a caírem de bêbados... livrem-nos todos os santinhos do altar!
Então, vejamos...  qual foi a “criminosa” infração dos Bombeiros Voluntários de Vagos, esse grupo de marginais que, por dá cá aquela palha, estão dispostos a arriscar a vida por pessoas que não conhecem de lado nenhum... e numa altura em que são obrigados a quase mendigar o dinheiro que lhes permita abastecer de combustível as viaturas?
Não dispunham, no interior da ambulância, de um autocolante informando que tratar-se de um local destinado, exclusivamente, a não-fumadores!!!
Ah... bom! Como já disse... compreende-se! Assim fica tudo explicado!
Há muito tempo que não tinha novas da sempre tão empreendedora ASAE... mas esta notícia veio “descansar-me”. Por aquelas bandas, tudo normal. Nada de novo!
A ASAE  continua a ser dirigida por bestas quadradas!

25 comentários:

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Resolvam p. f. lá a questão sem ser precisa a intervenção do nosso actual Presidente da República, senão a questão ainda terá um valor acrescentado de... ridículo.

Maria João Brito de Sousa disse...

Ridículo! É uma multa superiormente ridícula! Mas penso que terá de ser paga, ridícula ou não...

São disse...

É tão estúpida esta multa que nem consigo ironizar, nem comentar, nem perceber em que raio de país Portugal se transformou!!

Tudo de bom

trepadeira disse...

Só a AZAR, digo ASAE?

Parece-me um pleonasmo,com tantas bestas quadradas a dirigirem tantas coisas.

Abraço,

mário

Valdemar Ribeiro Alves disse...

ASAE fez o que qualquer cidadão já devia ter começado a fazer há muitos anos: Obedecer a Rules & Regulations que foi coisa que o povo português nunca gostou... Hoje desculpa-se the sticker da ambulância, amanhã o juíz do Porto desculpa o bêbado e já agora... DESCULPEM TAMBÉM A CATARINA ESPIRITO SANTO que sendo portuguesa já sabe que pode muito bem dizer aquilo que entende porque OS PORTUGUESES NUNCA GOSTARAM DAS TAIS STICKERS QUE DITAM RULES & REGULATIONS... Pobrezinhos!

samuel disse...

Valdemar Ribeiro Alves:

Ó Valdemar...

E se você pegasse no "sticker" e nas "rules e regulations", os enfiasse pelo traseiro acima... e fosse bardamerda?

Valdemar Ribeiro Alves disse...

Aceitar educada e democráticamente a opinião dos outros sempre foi um problema dos portugueses... E aqui o comentário do Samuel prova exactamente isso... A solução para "os Samuéis" é a mesma que o das Rendas Congeladas: Esperar que inquilinos morram.

samuel disse...

Valdemar Ribeiro Alves:

Aceitar idiotices como a que escreveu, não é educação nem democracia… é um "tabaco" que deixei de ter pachorra para fumar!

Tenho também uma "solução" para os cromos que acham normal uma associação de bombeiros voluntários, sempre a lutar com falta de dinheiro para tudo… ser multada em 2.500 euros por não ter um autocolante inútil dentro de uma ambulância: é também, dada a falta de pachorra para argumentar… "esperar que morram".. :-) :-) :-)

P.S. O meu caro estava tão bem lá na austrália, ou onde raio vive, tão sossegado… espero que não faça desta novidade de vir aqui bolçar tontices um hábito. Passar bem!

P.S. Você esforça-se tanto para se afirmar sempre tão diferente "dos portugueses"… você que porra é? Marciano? :-) :-) :-)

Valdemar Ribeiro Alves disse...

Não se preocupe... O hábito termina hoje mesmo. É que aqui "no cantigueiro dos samuéis" os comentaristas (que não estiverem de acordo) estão sujeitos a serem mandados "à merda", mas pior ainda, é terem a vida privada vasculhada... Porém, como pateta que é, enganou-se por uns quantos fuzos-horários... Vivo na Ilha de Mindinao que fica para lá do Guadiana... Definitivamente Samuel, você é um ponto!... Salamat po!

João Pinto disse...

Só se esqueceram de dizer que a Ambulãncia foi autuada pela GNR que remeteu o processo à ASAE que é a entidade competente para instrução do processo....infelizmente o povo tuga acredita em tudo o que lê!!!!

samuel disse...

Valdemar Ribeiro Alves:

Enganei-me no fuso?
E que culpa tenho eu de que você seja suficientemente imbecil para, no perfil que se encontra seguindo o seu link, ter a informação "lives in Australia"?

Estava bêbado quando lá colocou a informação? :-) :-) :-)

Claro… depois os "portugueses" é que são isto e aquilo…

Va para dentro, para lá do Guadiana, ou para o raio que o parta… e não insista no ridículo!

samuel disse...

João Pinto:

Ninguém se "esqueceu" de merda nenhuma!

Tive o cuidado de deixar o link para a notícia, onde vem tudo explicado.

Que culpa tenho eu de que você não saiba para que servem os links… ou tenha o hábito de comentar sem saber o que está a comentar?

Ainda assim… em que é que isso altera a estupidez da multa?

Anónimo disse...

Será que cara-a-cara o Samuel tinha tomates para insultar as pessoas desta maneira ordinária?
Olhe que eu era gajo para lhe partir essas trombas de ditador de bancada!!! Vivam a democracia e o debate cá por estas bandas:-):-)

samuel disse...

Anónimo (17:40):

Ora aí está um comentário, no mínimo patusco… atendendo ao facto de o tão elegante questionamento à minha hipotética (falta de) "coragem" ser feito, valentemente, a coberto do anonimato! :-) :-) :-) :-)

Mas pronto… pelo menos não é o chorrilho de imbecilidades dos outros anónimos do costume, mas sim uma coisa concreta, embora discutível: a ameaça física directa por questões de opinião.

Não é novo, meu caro. A PIDE já o fez durante muitos anos… :-) :-)

Saudações.

Anónimo disse...

Desde quando é que insultos são opiniões? Podem ser falta de argumentos intelectualmente sérios como é o seu caso. Não me apresento em meios virtuais. Sou daqueles que gosta de enfrentar pessoalmente e não protegido. Vá-se mas é tratar. Olhe que da fama de cobardolas não se livra há muito tempo. Lança a pedra e foge:-):-)

samuel disse...

Anónimo (16:50):

"Olhe que da fama de cobardolas não se livra há muito tempo. Lança a pedra e foge:-):-)"



Muito, muito bom!!! :-)

Estou aqui, escrevendo todos os dias, num blog que é meu, assinado, identificado.

Você chega aqui, escondido debaixo das "saias" do anonimato… e acusa-me de lançar pedras e fugir e de ser cobardolas.

Você está completamente bêbado… ou é mesmo assim tão estúpido?

Não sei se isto pode ser considerado entre aquilo a que você chama "argumentos intelectualmente sérios"… mas concordará que é uma pergunta legítima! :-) :-) :-)

Há cada cromo!...

Anónimo disse...

Sou estúpido! Tanto que começo a perceber a razão porque o José Jorge Letria deu um entrevista à Antena 1, falou longamente do Zeca Afonso, de todos os músicos e cantautores que o acompanharam, espectáculos para aqui e para ali, opiniões, tertúlias em casa do Zeca, contribuições deste e daquele.No meio de tantos o seu nome nunca foi mencionado. Dentro do contexto, seria daqueles outros de quem JJL falou? Não se faça de parvo, a cobardia a que me refiro não tem nada a ver com escrever banalidades, demagogias e lugares comuns. Por enquanto o PCP -através da encomenda - ainda pode dizer o que lhe apetece e tem o seu direito. Fique descansado que se algum dia me cruzar consigo me apresento. Não estou é para o fazer aqui. Nem os seus acólitos o fazem. E não respondeu, como é costume seu: desde quando os insultos são opiniões?

samuel disse...

Anónimo (23:45):

Portanto, na sua douta opinião, o facto de o Zé Jorge (que ainda há poucos dias fez dois emocionantes concertos comigo) se ter esquecido (vou ter que acreditar em si) do meu nome numa entrevista... é o suficiente para alterar a História e a realidade!...

É assim como que uma espécie do "síndrome esperançoso" de que sofre o senhor Joaquim Pais Jorge... :-) :-) :-)

Mas tem razão... esqueci-me de lhe responder à questão dos "insultos".

Sim! Os insultos podem ser uma "opinião", uma legítima tomada de posição... desde que, NA MINHA OPINIÃO, o interlocutor não me pareça merecer melhor!

Infelizmente, é o caso de muitos dos comentadores anónimos... não todos.

Confesso não ter muita pachorra para responder cordatamente a anónimos malcriados, fascistas, racistas, de linguagem porca contra outros comentadores ou contra mim... mas sei que é um defeito.

O cristão deve ser paciente e, sempre, dar a outra face ao agressor.

O PROBLEMA... É QUE EU NÃO SOU CRISTÃO!!!

Saudações.

Anónimo disse...

Pois não é cristão. Todos os comunistas mesmo que o sejam renegam a bem da ideologia que defendem. Lá terão os seus santinhos. Não é cristão, é só na minha opinião limitado. A verdade é só sua -vossa - e ai de quem não concorde. Fico por aqui porque tal como você não sou cristão nem paciente. Não vale a pena.
Saudações

samuel disse...

Anónimo (01:48):

"Fico por aqui…" - promete o meu "caro".

Graças a "deus"! - digo eu.

Já começava a temer que, ao contrário da minha "limitação", a sua capacidade para não reconhecer quando está a mais, num lugar para onde nunca foi convidado e onde não é bem vindo… fosse ilimitada! :-) :-)

Até sempre! … e não se esqueça, cumpra a promessa! :-)

Anónimo disse...

Aqui esta o retrato do pais, uns tristes, pois só sabem falar mal do que esta bem, se a ambulância não tinha a sinalização só tem que pagar como qualquer cidadão, eles não estão a cima da lei...
Depois algumas pessoas deviam de ler bem a noticia, pois quem multou foi a GNR e não a ASAE...

samuel disse...

Anónimo (10:26):

Claro, claro…

Há até aqueles que DEVIAM LER tanto… que um dia, quem sabe?… até poderiam deixar de escrever "a cima" e "deviam de ler". :-) :-)
(Estou a brincar! Todos damos erros de escrita!)

Agora a sério… numa altura em que andam bombeiros a morrer e outros economicamente afogados por DÍVIDAS DO ESTADO… o meu "caro" deveria era ter um pouco de vergonha na cara com esse rigor do autocolantezinho de merda!

Já que o imbecil do autocolante é obrigatório, não teria sido mais digno de um ser humano, se o elemento da GNR, em vez de passar a multa e enviá-la para a ASAE, tivesse dito, sei lá... "os senhores têm dois dias para aparecer no posto com a ambulância munida do autocolante... caso contrário, seremos obrigados a passar a multa de 2.500 euros.

Faz sentido para si?

Saudações.

Cáustico disse...

Samuel:
O que começa a ser trágico, neste país, é a falta de seriedade intelectual.
No caso em apreço, temos o dedo do legislador que resolveu (Lei 37/2007, de 14 de agosto) cominar, de forma estapafúrdia, a falta de sinalética autocolante.
Temos depois o zeloso GNR que resolveu autuar.
Por fim, temos a ASAE, a quem compete a instrução do processo, que não tinha outro remédio (já ouviu falar da denegação de justiça?)senão remeter a notificação aos bombeiros.
E o Samuel, no meio disto tudo, resolve insultar os dirigentes da ASAE, mesmo sabendo não ser esta a entidade que autuou.
Não será demagogia? Ou, pelo menos, injustiça? Que dizer dos políticos que aprovaram a lei? Que dizer dessa tão zelosa força de segurança que dá pelo nome e GNR?

samuel disse...

Caustico:

Meu caro… mais do que "cáustico", neste caso particular o seu comentário parece-me mais… distraído. :-) :-)

1. Já falei muitas vezes sobre a estupidez de certas leis… como é o caso desta.
2. Sobre a estória em apreço, já disse que a única forma digna de seres humanos inteligentes terem gerido o problema, era o GNR ter, por exemplo, exigido que os bombeiros apresentassem a ambulância, num prazo razoável, já com o idiótico auto-colante. Na falta disso, então, seriam obrigados a passar a multa.
3. A parte da ASAE é apenas a gota que faz transbordar o copo. O copo, esse está cheio de centenas e centenas de outras "gotas" que são outras tantas estórias de actuações destrambelhadas, brutais, injustas, com agentes armados em cowbois a demonstrarem o mais abjecto desprezo pelas vidas das pessoas que afectavam.

Sobre a ASAE não mudo de opinião. O passado recente demonstrou que é dirigida por bestas quadradas. Como o grunho que a dirigia (acho que continua) que, no auge da higiénico-fascista cegueira contra o tabaco e caça aos fumadores como criminosos (não sou fumador), com as estórias rocambolescas de que nos lembramos… foi apanhado a fumar num locar proibido.

Saudações.

Cáustico disse...

Sobre a matéria, mantenho a opinião que me parece desprovido de senso o ataque feito à ASAE.
Mas já nos vamos habituando a muito barulho sobre nada; a muitas opiniões formadas a reboque do que os media vão, com a ignorância e falta de profundidade de análise que lhes é conhecida, debitando.

Cumprimentos