terça-feira, 14 de junho de 2011

Mário Soares – Um português sem filtro...


(Imagem do jornal “A Bola”)

Um dos encantos das crianças é a ausência de filtros nas suas conversas e brincadeiras, ainda virgens que estão da tirania das convenções e normas de conduta. Na idade adulta essa ausência de filtros raramente tem graça e apenas é justificada nalguns milhares de cidadãos... mas todos com excelentes explicações do foro clínico. Não é o caso de Mário Soares! Esse está a perder toda a capacidade de filtrar aquilo que diz, como resultado da degradação irremediável do filtro principal de todo o sistema, que no caso dele, sempre funcionou de forma deficiente: a vergonha.
Como complemento ao longo rol de “semvergonhice” com que nos tem brindado ao longo da longa vida, há dias vimos Soares numa peça televisiva, na companhia do seu dileto amigo Frank Carlucci, os dois entrevistados por um Mário Crespo baboso e rindo alarvemente de satisfação por estar a entrevistar ao mesmo tempo o fundador do PS e o seu parceiro da CIA, cúmplice e financiador da traição ao 25 de Abril.
Questionado sobre os seus encontros semanais com Carlucci durante o “verão quente”, na Embaixada dos EUA, Soares carregou mesmo nas tintas, dizendo que a coisa chegou a ser «várias vezes por semana», acrescentando, como uma nota ilustrativa do carácter muito “dado”, aberto e popular do agente da CIA, o facto de este, nessa época, «até jogar ao ténis com o Otelo» (com que finalidade seria?!)
Agora, há apenas dois dias, inaugurou a rubrica “QI”, uma colaboração entre o jornal “i” e o canal de televisão por cabo “Q”. Foi entrevistado pelo diretor do canal (e das Produções Fictícias), Nuno Artur Silva e pela diretora do jornal, Ana Sá Lopes. Podem ler a entrevista aqui, embora esteja muito resumida, em relação à versão falada da televisão.
Num dia mais pachorrento teria ouvido a entrevista na íntegra; não sendo o caso, fui ouvindo excertos, entre zappings. As “pérolas” foram várias... mas destaco apenas três, citando mais ou menos de memória:
Discorria Soares sobre que, o mal da Europa e de Portugal é terem chegado ao poder aqueles que se inscreveram nas “juventudes” partidárias e vieram para a política para enriquecer e não pelo sentido de serviço público.
- E o senhor, ao longo da sua carreira, sobretudo quando estava no poder, era capaz de, apenas numa conversa, distinguir uns dos outros?
- Sabe, o que acontece é que no meu tempo não havia disto... os grandes políticos, no meu tempo, eram todos honestos...
(Espantosa, esta facilidade com que Soares esqueceu tanta, tanta gente, como por exemplo o seu grande amigo do PS italiano, Bettino Craxi, ou os seus amigos e companheiros de Macau, ou...)
- Sabe... a História da nossa democracia divide-se em vários momentos. Houve a “Revolução dos Cravos”, de que continuo um grande adepto (confesso que “adepto”, nunca tinha ouvido) e depois veio logo aquele período muito conturbado... sabe... se o secretário geral do PCP fosse o Santiago Carrillo (do PC espanhol), em vez do Álvaro Cunhal... não tinha havido todo aquele “problema”...
(Acredito bem que não! Acho mesmo que hoje nem sequer existiria o próprio PCP, que toda a gente sabe que é um grande “problema”)
- O senhor, apesar de agnóstico, ficou conhecido por, nessa época, ter feito vários acordos com a Igreja Católica...
- Acordos não! Eu conspirei ativamente com a Igreja e com o D. António Ribeiro, o Cardeal-Patriarca de Lisboa. Se o D. António não tivesse dado instruções aos sacerdotes para dizerem nas missas que era conveniente os cristãos comparecerem na nossa manifestação da Fonte Luminosa, nunca teria sido possível juntar uma multidão tão impressionante, que fez cair... ou melhor, inverter o rumo dos acontecimentos no nosso país...
E agora digo eu: Fantástico, não é? Como vimos no princípio deste texto, as crianças e os doidos têm as “desculpas” que já conhecemos; qual será a desculpa deste figurão?

17 comentários:

Maria disse...

O homem não tem perdão!

Abreijos.

salvoconduto disse...

Qual desculpa, desculpa porquê? É o verdadeiro, o genuino Mário Soares, é assim que deve e quer reconhecido pela história. Vê só a escola que ele formou. Às carradas a seguir-lhe os passos. Daqui a pouco voltaremos a vê-lo na mesma embaixada a empurrar o andarilho do Carlucci e a rir que nem um perdido. E sabes que mais? Há muita gente que acha graça e bate palmas. Eu hoje estou mesmo com a azia e tu vens falar-me nesta gentalha...

caracois dourados disse...

é a falta de vergonha na cara, a falta de honestidade e a falta de escrupulos! O pior é k ainda há muitos como o soares...

Espero bem que o PCP continue a ser um "problema" para eles, por muitos anos!

Anónimo disse...

Continuidade na falsidade!
Saudações
Vicky

João Oliveira disse...

Para mim, este marocas sempre foi um grande filho da p.... Sem culpas para a Mãe dele.

Graciete Rietsch disse...

A falta de vergonha e de escrúpulos ultrapassou os limites.
É revoltante.

Um beijo.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Usou e abusou dum país e do seu povo, e agora ainda se permite gozar à descarada e sem pudor.
É a prova provada de que esta gente se sente totalmente segura de si e que sabe que são "intocáveis".

Eu, relativamente a este Sr. não posso falar muito, porque a cólera cega-me e depois digo o que quero e o que não quero.

Miguel Botelho disse...

Velho, senil e podre de rico. Mas ainda não vimos tudo.

Falta assitir ao momento, em que Soares, está prestes a morrer, deitado numa rica cama de hospital (paga com todo aquele dinheiro acumulado do negócio dos diamantes da UNITA e dos encontros com Mobutu) e ouvi-lo gritar: «Cunhal quis tomar o poder!»

Anónimo disse...

Samuel
Pela primeira vez li uma coisa que me intrigou na entrevista do boca-à-banda do Crespo: a ligação do Otelo a Carlucci que no dia em que passou a paródia Crespo/Soares não percebi bem. Com que então o Otelo, hã. O que me satisfaz é que estas duas bestas vão morrer e ainda vai ficar muita gente neste mundo a saber a merda que eles fizeram. Quanto à parte da Igreja eu já tinha lido sobre o assunto. Só ainda não li em parte nenhuma é que os Bispos são pedófilos e então quando passam a papas deixam de o ser?
Vitor sarilhos

Medronheiro disse...

A mãe é que o devia ter abortado.

Fernando Samuel disse...

Sendo que acrescentar os charlatões às crianças e aos doidos seria uma ofensa para estas e estes, para um figurão como este Soares não há maior castigo do que ver o PCP a fortalecer-se...

Um abraço.

Luis Nogueira disse...

Da Igreja, essa cloaca da Babilónia, nada me espanta.
Das duas cloacas da gravura junta, também nada me espanta.
O Soares não está só podre de rico, está rico de podre.

Saudações revolucionárias

Luis Nogueira

Kurcudilo disse...

O Mário Soares é um tipo tramado para a cow-boyada!
Ele jogou com a CIA,com o Savimbi, com o CDS e fartou-se de brincar com o Povo que o elegeu !
Pós 25 de Abril, a reacção, resolveu inventar que o Otelo era uma uma cabala da CIA. Tretas.
Se Soares é um socialista e o Otelo era da CIA..., então direi sem pejo algum que o meu cu é um assobio !

Luis Filipe Gomes disse...

Eu já lhe tinha ouvido dizer que conspirou com a CIA.
Também lhe ouvi dizer que quando estava no "exílio" percebeu que a ditadura estava no fim e era preciso um instrumento para tomar o poder, era preciso criar um instrumento e foi assim que foi criado o PS, "o PS foi o nosso violino".
Desde aí com o mesmo tema do poder e as múltiplas variações lá foi dando música aos que gostam do toque da caixa e seguem na marcha.

E as 10 toneladas de ouro que foram para a Drexel uma empresa americana que faliu e que volatilizou o dinheiro lá depositado. Era ele Presidente da Républica e o senhor que ocupa agora esse lugar era Presidente do Conselho de Ministros.

Anónimo disse...

GATUNOS, é o que por aí anda e o POVO não abre os olhos, PORRA!

Graciete Rietsch disse...

Como os figurões anti comunistas, MS p.e., se desmascaram !!!
Então aconselharam as pessoas a irem à concentração na Fonte Luminosa? E pagaram-lhes os almoços e transportes? Incrível!!!!!

Um beijo.

martinhopm disse...

Mário Soares tem ao seu serviço uma verdadeira esquadra de polícia. Ao todo são 14 agentes que se revezam em turnos de 6 horas. São 4 elementos da PSP para a sua casa do Vau, mais 4 PSP para o Campo Grande, mais 2 PSP para protecção pessoal e ainda 4 GNR para protecção da sua casa de Nafarros.
Recebe uma suvenção vitalícia de 80% do vencimento do presidente (da república) em funções, a que se soma, o uso de automóvel, com motorista e combustível, gabinete de trabalho, assessor e secretário, passaporte diplomático e ajudas de custo equivalentes às do primeiro-ministro. (Como ele, Sampaio. EANES REJEITOU A SUBVENÇÃO E DEMAIS REGALIAS).
Mas, além do que antecede, a Fundação Mário Soares recebeu no período de 2008/2010, 1.271.955,00 euros e a fundação da esposa, no mesmo período, 494.806,00 euros.
Mais palavras para quê?! É um artista português!
P.S.-Brevemente comentarei as relações perigosas do «camarada» Soares e o chefe da CIA Carlucci.