sábado, 10 de setembro de 2011

Paulo Macedo – “Não fui eu... foram aqueles meninos...”




Como seria de prever, depois de anos desta mesma prática por parte do Governo do aldrabão Sócrates, este “conselho de administração” da troika, chefiado por Passos Coelho, segue exactamente o mesmo caminho: atirar para os jornais notícias “colossais”, só para ver o efeito... e a seguir vir pôr água na fervura para, finalmente, avançar com os roubos, os cortes de salários e apoios sociais, os aumentos de preços e de impostos... exactamente como estavam já decididos.
Lendo o comunicado trapalhão, cobardolas e todo enrolado, emitido pelo gabinete do ministro da saúde dos bancos e seguradoras, fica-se com mais uma bela imagem do bando de ratoneiros que tomou o poder.
Afinal a descomparticipação era apenas uma "proposta" do Infarmed. Afinal o Governo “garante que neste momento não há qualquer decisão”. Afinal, Paulo Macedo vai pedir “informações adicionais”, e depois a decisão será tomada segundo esses “novos dados técnicos”.
Vigaristas!

12 comentários:

Graciete Rietsch disse...

Água na fervura. Mas a espada acabará por abater.

Um beijo.

Anónimo disse...

É como dizes, há muito cigano por aí, levantam o preço ao exagero para depois baixarem enganando o greguês porque o animal não presta.
Ciganões, sem desprimor para os mesmos, este tem mesmo pinta...

do Zambujal disse...

O que eles querem sabemos nós. Está na nossa mão e na nossa voz que o façam ou não.
São... uns técnicos!

Abraço

O Puma disse...

Paulo Macedo?

Pois claro

Anónimo disse...

vigaristas não!
Senhores vigaristas! Porque estes são 5 estrelas.

Maria disse...

Fazem todos parte da mesma cambada.

Abreijos.

carol disse...

São vigaristas e mentirosos e de direita e querem dar cabo disto tudo, especialmente das pessoas da chamada classe média. Mas, desculpe lá, vocês ajudaram-nos a chegar aonde estão...

samuel disse...

Carol:

Claro… como existia a possibilidade de o PS perder as eleições e vir Passos Coelho para o Governo, não devíamos ter combatido o Governo de José Sócrates… e ficado a assistir à sua governação, que era como esta, escarapachadinha, quase tim-tim por tim-tim.

Aliás, seguindo essa ideia, nunca se deve lutar contra nenhuma espécie de injustiça… pois há sempre a possibilidade de o que vem a seguir ser pior.

Lamento muito mas não, obrigado!

Fernando Samuel disse...

VIGARISTAS!

Um abraço.

Antuã disse...

Não chamem vigaristas a esta gente porque os verdadeiros vigaristas podem ficar envergonhados.

maia disse...

E já agora...
Dei comigo a pensar: Que mau! Um ministro da saúde, sempre de "cara à banda". Coitada da criatura! Deve ter sido tratado por um serviço de saude igual ao que quer oferecer-nos e ainda não deu por isso...!

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Este ministro, é um dos "colossais". está tudo dito...