terça-feira, 20 de setembro de 2011

Ainda a Madeira – Afinal...


Primeiro, num assomo da arrogância que lhe permite a eterna impunidade, Jardim gritou que sim senhor, tinha sonegado as contas aos socialista, em “legítima defesa”, para mais tarde se vir a entender com o governo do PSD. Ao ver o péssimo efeito do que disse, teve uma brusca recaída na “còragem” (como lhe chama) e deu o dito por não dito, ou melhor... por “manipulado”.
Neste momento, já não sei o que me provoca mais asco. Se o bailinho de Jardim, se o tom repugnantemente falso e demagógico dos argumentos e "exigências" de António José Seguro, o qual, a ser coerente com o que diz, neste momento já devia estar a pedir mandados de captura para Sócrates e quase todos os seus ministros.
Como ainda há poucas horas dizia o deputado comunista António Filipe, independentemente do apuramento total da verdade e de possíveis responsabilidades no caso do buraco, criminoso ou não, no orçamento da Madeira, o destino político a dar a Jardim e aos seus cúmplices, é uma decisão que cabe ao povo e aos eleitores madeirenses que, no dia 9, devem votar livremente os seus representantes na Assembleia Regional. Ora, aí é que está o busílis.
1. Tenho as maiores dúvidas (há muitos anos) quanto ao carácter livre das eleições madeirenses.
2.  Até ao dia do voto, já Jardim terá convencido quase todos os votantes de que o que fez, se o fez, foi para defender a Madeira e os madeirenses do sinistro continente, dos cubanos, dos colonialistas, dos comunistas, da maçonaria, dos ingleses... até da “puta que pariu”, como diria Saramago, que dominava muitíssimo melhor do que eu a língua de Camões.
Entretanto, não vale a pena escandalizarmo-nos com o silêncio do génio Aníbal Cavaco Silva, nem com o facto de ele, afinal, já saber do caso há meses e “moita carrasco”. Silêncio. Népia. Nada.
Quem é que manda estarem constantemente a entupir o homem de bolo-rei?

15 comentários:

carol disse...

Por causa de terem tido sempre tantos asco ao PS, tivemos de levar com este governo de extrema direita que não nos vai deixar endireitar nunca! Devem estar a gostar imenso!

Maria disse...

Só o bolo-rei me sacou um sorriso, porque me lembrei do video que tenho guardado.
O resto cheira tudo mal (excepto o busilis do AF) e estou a água das pedras. Não se aguenta viver neste país, ouvindo as notícias...

Abreijo.

Olinda disse...

Está provado,que no conceito de democracia burguesa,a arte circence rende muitos votos.Portanto ,de certeza,que nao irá haver mudança na républicazinha das bananas.A impunidade é amiga do "cavalheiro".

samuel disse...

Carol:

Cara Carol... logo agora que eu estou tão contente, entrando na era da "pen-drive", vêm vocês com a "cassete"?

Essa coisa da culpa por termos um governo do PSD é mesmo "nossa", como dizem? A sério? E acha mesmo que estamos "a gostar imenso", como diz? É mesmo essa a ideia que tem de nós? A de que desejamos o pior para o nosso povo, para podermos recolher os louros da contestação, como defende (entre outros) esse "imenso sindicalista" António Chora?

Acha mesmo que a situação a que o país chegou, depois de sucessivos governos do PS e do PSD, ora uns, ora outros, com a ajudinha do CDS e ao fim de trinta e seis anos... é mesmo culpa minha?

Balhamedeus!!! :-)))

salvoconduto disse...

Já estou careca de levar com o argumento da tua "amiga" Carol, já era tempo de procurarem outra coisa, irra!... Podiam ao menos uma vez na vida ser originais.

Olha faz como eu, deita-te cedo e lava-te por baixo. Não há pachorra.

Anónimo disse...

Ora bem! Porque não empanturram o homem de bolo-rei, de forma a ficar ele e os seus apanágios (João Jardim)de quarentena para sempre?!!!...
Pois, infelizmente, não acredito que alguém aprenda algo com mais uma linda forma!!! de nos irem aos bolsos, porque estou a ver o "rei das bananas" no cimo da bananeira....
Não quero sentir-me triste com esta forma de ser dos portugueses, mas às vezes sinto muita tristeza.
Um abraço de quem não vai deixar de lutar. Até ao dia 1 de Outubro.
Saudações. Vicky

vovó disse...

Carol:

Quêêêê?????... essa (infelizmente) é de alugar cadeiras!!!!... e não é para rir!

vovómaria

Eduardo Miguel Pereira disse...

Normalmente concordo contigo Samuel, mas desta vez, lamento, mas cometeste uma imprecisão imperdoavel.

Não é o Bolo Rei que actualmente engasga o Sr. Silva, o que o engasga agora é o Bolo de Caco, pá !

Andas ou dormir ou quê ?

Graciete Rietsch disse...

Pois eu não dou um mínimo de benefício da dúvida em relação ao que se passa no País, neste caso particular na Madeira, a qualquer um dos Partidos assinantes da troika.
Estão todos comprometidos.

Um beijo.

Graciete Rietsch disse...

Pois eu não dou qualquer benefício de dúvida a qualquer um dos Partidos que assinaram a troika.
Estão todos comprometidos.

Um beijo.

Fernando Samuel disse...

E, para além da operação de convencimento dos madeirenses a votar nele, tem ainda o recurso ao método também muito em voga na Madeira: a fraude eleitoral - a tal que, depois, leva os média a dizerem que ele foi «democraticamente eleito»...

Um abraço.

carol disse...

Amigo Samuel, quem tem fama de usar "cassetes" não sou eu... Deixe-me que lhe diga uma coisa: sempre tive a maior consideração pelos comunistas, pelo menos pelos que tenho conhecido ao longo da vida. Ainda lhe digo mais: muito do que sei fazer aprendi com amigas comunistas e tenho muita honra nisso. Porém, apesar dos sucessivos governos PS e PSD não terem feito o melhor por este pobre país que passou 48 anos de cinzentismos em que não tinha nada - nem paz, nem pão, nem educação, nem saúde, nem nada senão opressão - a vossa prestação no governo, apesar de ter sido numa época explosiva, foi - diga-se - deplorável.

Olhe vovó, alugue lá as cadeiritas que quiser....

samuel disse...

Carol:

Ah foi? Então... pronto. Peço desculpas... :-)))
É sempre desafiante ver a História por novos prismas...

Eduardo Miguel Pereira disse...

Peço desculpa por vir meter a colherada no troca de impressões com a Carol.

Mas queria apenas lançar-lhe duas questões :

1) Está satisfeita por lhe ver suprimido 50% do subsídio de Natal este ano ?

2) Sabe quando, e por quem, foi conquistado o direito ao subsídio de Natal ?

Jeremias disse...

Deplorável, uma ova! Vocês xuxas é que deram cabo deste país, PORRA!
Quando a estes bardamerdas, de cá e da Madeira, qual bolo-rei metê-los é no redeio do porco.