terça-feira, 15 de novembro de 2011

Álvaro Santos Pereira – Ali há coisa ruim...


Será dos ministros? Será bicharada que anda para ali encrustada nas carpetes e cortinados do gabinete do ministério e que acaba por se alojar nos cérebros dos ministros, levando-os a, praticamente, só dizerem asneiras de cada vez que abrem a boca? Mistério.
A verdade é que à semelhança do “saudoso” Manuel Pinho que, enquanto tudo desabava, decidiu que a crise tinha acabado... também este destrambelhado Álvaro Santos Pereira se levantou da cama com uma irreprimível vontade de proclamar o fim da crise... para apenas alguns minutos depois, penosamente, ter que dar o dito por não dito.
O mundo está como está. As notícias que chegam do resto da Europa são desesperantes. A convulsão é generalizada. A realidade portuguesa, inexorável, atira-lhes à cara os números da queda da produção industrial, ou da continuada recessão... mas não há nada a fazer! A sanidade mental dos ministros da Economia, se acaso existia... resolve abandoná-los assim que passam a porta daquele edifício malino.
Vasco Santana produziu uma das minhas piadas preferidas (certamente por deformação profissional da minha parte) quando afirmou num dos seus filmes: «Tenho uma voz pequenina, mas em compensação, bastante desagradável».
Se fizesse de Álvaro Santos Pereira, poderia dizer: «Tenho uma carreira pequenina, mas em compensação, bastante ridícula!»

13 comentários:

O Puma disse...

O rapaz está fora do fuso

está despara fusado

salvoconduto disse...

Junta-lhe o Secretário de Estado do Emprego, Pedro Silva Martins, que afirmou que "em termos relativos, o salário mínimo não é realmente baixo em Portugal" e tens uma dupla terrível, Dupond e Dupont.

Abraço.

Antuã disse...

Isto é que vai para aí uma bicharada que temos que aturar!...

Maria disse...

Parecem escolhidos a dedo...

Abreijo.

Maria João Brito de Sousa disse...

Quem sabe... algum fungo, alguma bactéria multi-resistente que ande por lá, no ar, nas carpetes...

Abraço!

Anónimo disse...

Bem mal vai isto, outro que não sabe aceitar o que diz o INE e o que vai na zona euro!
Saudações
Vicky

Luís Coelho disse...

Esta gente anda mesmo destrambelhada.
Podia ir todos de férias para o fim do mundo.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Carreira ?
Qual carreira ?
Na minha terra a única carreira que havia era a carreira da Rodoviária.

No caso deste Min. aconselho-o a apanhar a carreira para o ... Desterro !

Zé Povinho disse...

É da cadeira, foi amaldiçoada...
Abraço do Zé

trepadeira disse...

Pode ser que também caiam da cadeira.

Um abraço,
mário

José Rodrigues disse...

Eu vim de longe/Eu vou p'ra longe/Por aqui não me vou safar/Eu vou p'ra longe/Já estou aqui a encornar/Eu vou p'ra longe...eu vou...

Desculpas a Zé M.Branco

Abraço

Fernando Samuel disse...

São gémeos, o que é que queres?...

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

Qualquer um deles é "muito pequenino e muito desagradável".

Um beijo.