domingo, 12 de outubro de 2008

Fernanda Câncio - um apelo à persistência



A jornalista do DN, Fernanda Câncio, alegadamente, namorada de José Sócrates, o que a ser verdade será muito bom para os dois, pois namorar faz muito bem à saúde, escreve, muitas vezes ruidosamente, sobre o que considera serem as suas causas. Pode-se (como é o meu caso) nem sempre apreciar o que escreve, mas, para ser honesto, devo dizer que não me escapa o facto de ela não se coibir de assumir posições públicas que não estão de acordo com o pensamento e a prática do Primeiro Ministro. Já o fez várias vezes. A mais recente foi agora, na votação “relâmpago” sobre os casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Segundo a comunicação social, lá esteve ela nas galerias do Parlamento, acompanhada por muitos activistas a favor da aprovação da lei.

Imagino que antes terão falado sobre este tema na sua intimidade. Imagino que tenha tentado fazer José Sócrates mudar de estratégia. 
Não conseguiu... mas há mais marés que marinheiros!

Não desista, Fernanda! Canse-o!

12 comentários:

poesianopopular disse...

SERÁ''''''
Abraço

Alfredo Gago da Câmara disse...

Por favor, Samuel, não dê a mão nem ajude ninguem a por mais minhoquices na cabeça do nosso P M.
Deixe-o, pelo menos de vez em quando, ter uns rasgos de lucidez.

alex campos disse...

Mas o homem é incansável, porra.
É aí que está a ironia?

Um abraço

BlueVelvet disse...

O humor fininho de sempre.
Mas será que ele gosta de ser cansado???
Abreijinhos

Maria disse...

Desistir ela não desiste, ele é que anda muito cansado...

:))

Abreijos

Fernando Samuel disse...

Imagino a íntima conversa sobre o tema...
(canse-o, Câncio, canse-o...)


um abraço.

Caçadora de Emoções disse...

Samuel,
Tive a oportunidade de ver/ouvir a Fernanda Câncio pessoalmente, numa das Conferências o El Corte Inglés. A impressão foi positiva.
Sim, concordo que deve ser persistente, continuando a cansar o nosso Primeiro. "Água mole em pedra dura..."

Abreijos,

Ana Camarra disse...

Pois não sei se ele é sensivél á argumentação dela.
Para isso é necessário que ele conseguisse ouvir, parace que o homem é surdo, só se ouve a si próprio...
Por outro lado custa-me a acreditar que uma gaja com a inteligencia da Fernanda, namore com ele, só se for uma cena masoquista.
Há gostos para tudo!

beijos

Mar Arável disse...

De facto

os cães não dormem

Hilário disse...

Espero, que não seja a Fernanda a ficar cansada, muito cansada.

Orlando Gonçalves disse...

Este post está de morte..., foi de facto o momento mais cómico que tive até esta hora do dia, ahahahahahahahahhahahahahahahhahahahahahhahahahahahhah

Hertz disse...

canse-o canse-o que ele deita-se!