segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Já ladram, novamente...



João Salgueiro, presidente da União de Bancos Portugueses e ex-várias coisas em governos do PSD, nomeadamente Ministro das Finanças do “extraordinário” governo de Pinto Balsemão, vem todo lampeiro dar uma entrevista, dizendo que “ Nunca houve lucros fabulosos na banca”, referindo-se a Portugal. Diz também que o facto de toda a gente andar a exigir mais regulação e fiscalização para o sector financeiro “É um perfeito disparate!”.

Engraçado!... Ainda não passou o cheiro nauseabundo de centenas de banqueiros e milhares de especuladores das bolsas de valores que até há poucos dias se borravam nas calças, mendigando a ajuda dos governos e bancos centrais (alguns continuam...) e agora que muitos já se safaram com as “pseudo nacionalizações” (uns) e maciças injecções de dinheiro (outros), voltou-lhes a arrogância e insuportável insolência com que fazem questão de tentar camuflar a realidade podre que representam e a mesquinhez dos valores que defendem.

Este João Salgueiro e os seus pares, fazem lembrar aqueles cães manhosos, raivosos e algo cobardes, que sempre que vêem um varapau ameaçadoramente levantado fogem a ganir, mas assim que se apanham a uma distância segura, volta-lhes a coragem... de ladrar.

12 comentários:

Lúcia disse...

A imagem do último parágrafo é preturbadoramente deliciosa:))
Beijos

salvoconduto disse...

Não tenhas dúvida de o homem é manhoso. Já trabalhei com ele e, como diria o outro, sei bem do que estou a falar.

Quem fala assim é quem já se sentou "à mesa" e comeu à fartazana num banco do Estado.

Pata que o pôs e boa semana.

Hertz disse...

os abutres voltam sempre!

Ana Camarra disse...

Acho que os cães são dignos de mais para serem comparados a estas coisas, com forma de gente.
Proponho hienas.

Beijos

BlueVelvet disse...

Excelente analogia.
A verdade é que mal viramos costas eles mordem.
Enão têm vergonha.
Boa semana.
Abreijinhos

Maria disse...

Tenho para mim que nunca deixaram de ladrar (mas ladravam baixinho, ou rosnavam..).
Mas como se sentem "quentes" outra vez, vá de mostrar os dentes...
E se nós lhos mostrarmos também, um dia destes? É que somos muitos mais...

Abreijos

CS disse...

Não se preocupem vão ser castrados para não se reproduzirem.

joshua disse...

Deviam ter vergonha. Aliás, o discurso de Merkl, Sarkozy, Bush e Barroso, com outras formas de ladrar, vão no sentido inverso do de Salgueiro.

Justine disse...

Tanto cinismo até dá náuseas! Tens razão, são mesmo cães cobardolas...

LuzdeLua disse...

Ainda com fé, a raça um dia se extingue.
Passando, deixo-te um abraço amigo.
Bjs

Fernando Samuel disse...

20 mil milhões de euros de garantia dão coragem à cãozoada toda...


Abraço.

Aristides disse...

Faz lembar os das gasolineiras a dizerem que é normal a gasolina aumentar quando o petróleo baixa. Não têm a mínima noção da vergonha e do ridículo.
Abraço