segunda-feira, 27 de outubro de 2008

É melhor ser rico e com saúde que pobre e doente!


Uma boa (e bem disposta) maneira de entrar nesta nova Segunda Feira da Era da Crise do Capital, será assistindo a esta entrevista (com legendas) para concessão de empréstimo, em que os "grandes" dos EUA pedem uns “dinheiritos” a... Jon Stewart!

Os ricos têm esta mania!... Mesmo quando não precisam, como no caso do “nosso” Fernando Ulrich (BPI), deitam mão ao dinheiro dos contribuintes, quanto mais não seja para “alindar” as suas contabilidades criativas e de passagem, ganharem mais algum à nossa custa.

E assim vai a novela da crise!...

10 comentários:

salvoconduto disse...

Na parte que ao Ulrich diz respeito andamos sintonizdos.

Também falo, pelas mesmas razões, desse farsola no meu blogue.

Abraço e boa semana.

Lúcia disse...

Hilariante, como sempre o Jon Stewart.
Mordaz...e cada vez mais necessário para põr a nú estes reis da dasfaçatez!
Beijos

Hertz disse...

pois...esta porra tá mal contada...vamos todos ficar obrigatórimente individados com o avale do Estado...dp quem pedir empréstimo volta a pagar...em linhas direitas emprestamos a uma taxa,creio de 0.5...logo a seguir quem contrair empréstimo paga à taxa exigida pelo banco...grande negócio prá banca!!!
Será que entendi este negócio?
Somos parvos ou ke!!!

Maria disse...

E eu que não tinha percebido nada, porque quando tenho dinheiro não preciso que mo emprestem, fiquei a saber que:
1ª Foi tudo uma grande confusão que a comunicação social fez;
2º Não precisam nada do aval, é apenas uma questão de "saúde" bancária;
3º Finalmente, é para equilibrar o balanço, tázaver?

E nós pagamos... até ver...

Abreijos

Ana Camarra disse...

Porque achas que são ricos?
Porque trabalham muito?
Ou porque governam-se com o dinheiro dos outros?

beijos

Lídia disse...

Continuo sem perceber porque é que os contribuintes é que tem que alimentar os bancos neste caso da crise. Então o que fizeram aos milhares ( milhoes?!) de lucros astronómicos que arrecadaram. Isto é que é socialismo! Agora deviam ir buscar esse dinheiro em vez do tal fundo de garantia, que é nosso, dos nossos impostos. E assim vai este país!

Abraço
Lidia

Justine disse...

É hilariante sim senhor, mas não deixa de ser deprimente. Tudo isto me mete cá uma raiva!!

Fernando Samuel disse...

Ou seja: o Governo disse aos banqueiros: façam os negócios que quiserem, peçam os empréstimos externos que quiserem, façam o que muito bem vos apetecer... que se as coisas vos correrem mal está aqui esta garantiazinha de 20 mil milhões que vos resolve todos os problemas - e não têm que pagar juros...


Um abraço.

O Puma disse...

Mesmo pobres e doentes

vale a pena resistir

à canalha

Nuno Góis disse...

"Quando a cabeça não tem o juízo, o corpo é que paga."
Não percebo porque é que esta gente é a cabeça nesta história.

Roubei-te o vídeo, está genial!