quinta-feira, 16 de julho de 2009

Alberto João Jardim – “Il Duce” de fancaria



Afinal os sinais estavam certos. Alberto João Jardim é um protofascista. Parolo, pequeno e alcoolizado, mas protofascista.

A sua proposta de revisão constitucional no sentido de proibir o comunismo é fascista, mesmo que disfarçada do desequilíbrio com que vezes demais é “desculpado” das enormidades que profere e comete.

Infelizmente, até à hora em que escrevo, apenas vejo “reacções” acobardadas, por parte de dirigentes nacionais do PPD-PSD. Esperemos por outras mais corajosas, de gente com maior dimensão!

Felizmente, como muito bem diz Edgar Silva, coordenador do PCP Madeira, isto, a que eu chamaria de delírio “italiano” de Alberto João Jardim, irá parar ao caixote do lixo da História, tal como o seu autor.

26 comentários:

Irlando disse...

Desculpa camarada,eu já comentei o assunto em outro sítio mas não resisto a repeti-lo.De onde lhe vem a força? A proibição será só por 6 meses ou definitiva?

aferreira disse...

Nada de admirar vindo dum ex. legionário cobarde e borrachão.
-Mas como pertence a um partido de cobardes e ladrões... ninguém se indignou nem quando este alcoólico -se virou para o congresso do seu partido e perguntou se estavam todos bêbedos...

anamar disse...

Demorará muito???
Não é para rir...
Abreijo

Susete Evaristo disse...

Passou-se de vez!
O insano Alberto João Jardim, mostrou mais uma vez o “democrata” que é, ao declarar que e cito: O comunismo deve ser constitucionalmente proibido.
Será que não tem espelhos em casa? Haverá alguém com comportamento mais intolerante, mais autoritário, mais ditatorial mais faiscizante que Alberto João Jardim?
Este senhor devia era estar em internamento num qualquer estabelecimento de recuperação e integração social, destinados a loucos ou dependentes de álcool.
Porém não se enganem este é só o fala barato do PSD, mas dá a clara e perfeita ideia de como estes gaviões, CDS-PP incluido (vejam-se as posições de Aguiar Branco e Lobo Xavier), estão desejosos de retornar ao 24 de Abril de 1974!

Maria disse...

E se este insano for apenas o "ponta-de-lança" dos que estão aqui nos gabinetes de belém e não só?
É preocupante!

Abreijos

Hilário disse...

Este é o inicio de um grande combate que está para vir.
Estivemos, estamos, estaremos prontos para combater qualquer tipo de fascismo.
A luta continua!
Um Abraço

Hilário disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
salvoconduto disse...

Vontade não lhe falta...tivesse ele os meios...

Abraço.

duarte disse...

ele que venha a nado, talvez fique menos porco. eu dava-lhe a proibição...
abraço do vale com muita madeira para dar.

Anónimo disse...

Qual foi o dirigente partidário, que numa das últimas campanhas eleitorais, andou a dizer que na Madeira não havia deficite democratico, porque tinha feito comicios onde entendeu, sem nenhum problema.....

O seu nome é Jeronimo de Sousa, e o seu partido o PCP.

È a resultado de tentar branquear a imagem do João Jardim....

joaquim d'odemira disse...

A Manela queria 6 meses sem democracia.Este "pigue" não quer a democracia.Estes 2 ditadores para o caixote do lixo da história já!A nossa constituição proibe sim este fascismo!

oasis dossonhos disse...

A Constituição de facto (no texto) pode recusar determinadas (Im)posturas, mas os impostores são tantos que aqueles que a defendem acabam por não ser suficientes. Por isso "há ditadores aos molhos/ por causa de ti, Portugal/ choram os meus olhos"...
Quão mais fundos poços teremos de suportar para finalmente os acomodados, os subservientes, os gulosos à babugem dos poderes, os cobardes (tantos) levarem um safanão valente, virarem o bico ao prego (os ratos são assim) misturando-se e engrossando (como fizeram no 25 de Abril) e o barco ficar desiquilibrado ou naufragar de vez?
A ilusão continua com palhaços nojentos a bolsarem merda dos rostos ébrios, dos corpos fantoches.
Abraço
Luís

Aristides disse...

À falta das touradas de Barrancos (ou do Pinho?) temos que levar com este grunho. Será por causa da silly season?
Abraço

Antuã disse...

o Bêbedo é apenas o ponta de lança dos fascistas distribuídos estrategicamente no CDS, PSD e até no PS.

Daniel disse...

Meus amigos, deixem este fantoche na sua paz etílica. Há mais de que falar em Portugal. Mas não deixa de ser um sinal preocupante. Não o que ele diz, porque qualquer pessoa com meio dedo de testa percebe que é estultícia, mas que o povo possa eleger gente desta. E, embora mais moderados, há presidentes de Câmara e outros que são rebentos desta mesma "semente". ("Semilla", em castelhano, que foi o nome por que a batata ficou conhecida na Madeira, devido à que vinha de Espanha como semente. Mas creio que todos conhecem esta história.)

N.Guerreiro disse...

Pois então preparem-se meus camaradas cumunas,porque uma tal de Maria Manuela,já tem a caminha feita,com lencoiçinhos lavados ainda com a cheirinho a Rosas,tudo isto,parte de uma Excelente Oferta do F.C.Grupo de Bilderberg,onde no time deles ninguem perde.
Ela a jogar de 1º capitão da Nação,irá por fim impor ordem na casa e "suspender" a democraçia por 6 meses para dar andamento ""ao plano""

A Nova ordem Mundial está assinada e no fim de 2009, a lutá sairá em força a rua

josé machado disse...

Com o jeitinho o Albertinho apoia a revisão da lei da imigração italiana e quem sabe até aprove patrulhas civis, neo nazis de fiscalização na Madeira, os camisas laranjas!!!
Este tipo foi toda a vida anti-comunista, era aliás daqueles que diza preferir uma guerra civil a um regime comunista, nada me admira neste parolo anti-democrático.

cetautomatix disse...

Claro que o PPD se está a mexer na cadeira, sem saber muito bem o que dizer por causa de não poder dizer que sim sem incorrer em perda mediática, embora não lhe falte vontade de concordar enfaticamente com o AJJ. É uma chatice. Coitados!
Ainda por cima os mais lúcidos sabem que Portugal não é a república checa (minúsculas propositadas) e que, mesmo que lhes fosse possível, não servia para nada. Seria só uma questão de tempo, como sempre.
Mesmo assim, nada disto deve ser encarado pelo lado ridículo embora deva ser ridicularizado. A coisa é séria e as aparentes inverosimilhanças às vezes fazem caminho inesperado.
Vai-se a ver, no fim de tudo, a culpa é do Edgar! Não deixa o homem descansado e ele farta-se!

Joao Carlos disse...

esse retardado mental está vinte anos atrasado.
Então ele não sabe que os amigos dele andaram a venderem-nos que o Comunismo tinha caído juntamente com o Muro de Berlim?
Melhor acabar com "eles" por Decreto.
Agora mais a sério. Mais uma vez o silêncio é insurdecedor.

O que diriam estes democratas se o PCP exigisse a ilegalizacao do CDS, do PSD ou do PS?

Zé Luis da Barraca Colorida Anestésico disse...

Olhe que não, senhor dr., olhe que não!
Podem ler e ouvir aqui!

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1310088

Nuno Góis disse...

http://nempaznemguerra.blogspot.com/2009/07/este-nosso-jardim.html

Grande abraço

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Um continuado asneirento, incorrecto para com os Portugueses(as), e sobretudo e porque ele disse o que disse também se poderá algo nada insultuoso: terá dito o que disse depois de almoço?.
Quem tem suportado os continuados e avolumados déficits do (des)Governo Regional da Madeira? Sr. A. J. J., têm sido o Povo de Portugal, incluindo e sobretudo, os "Continentais". Fale verdade, uma vez só, e não insulte a consciência do Povo Português. Vá comer bananas ...

Fernando Samuel disse...

Por mim, levo muito a sério estes declarações e intenções do Jardim - que não são só dele...

Um abraço.

Swt disse...

Estamos na era das exclusões!!! É este com os comunistas, os outros não sei quê..por causa do sangue..
É o fim dos temos. É o fim dos tempos.
Esta gente não conhece o valor da palavra respeito.
Eu , pelo menos, na minha condição de quase PSD ( prontos..ainda tenho fé no Rangel) peço desculpa, porque eles não sabem o que dizem!!!
Beijos para Samuel e doce Maria

Anónimo disse...

Não dar credibilidade a este ébrio talvez fosse uma atitude sensata, mas a verdade é que a indignação é intrínseca a quem se debate e questiona sobre questões tão familiares a um ideal mais universal do que muitos se consciencializam:"aquele" que move milhares de pessoas a pugnarem veementemente por um mundo onde os direitos humanos, sociais, laborais(etc) não são uma utopia!
Acreditem!, que sistemas como o "jardinista" são alimentados por :
- popularismos de betão, ou seja muitas estradas e "mamarrachos" inaugurados sem sequer estarem findados (à semelhança de algumas inaugurações "socratianas"...) mas com "comes e bebes" ofertados a quem quiser usufruir
- uma aposta ténue (senão inexistente..) em manifestações culturais de relevância e conteúdo intelectual, capaz de formar mentes pensantes e capazes de poderem optar por regimes e ideologias consonantes com a sua consciência
- apatia face ao abandono escolar (além de iletracia ainda existe analfabetismo na Madeira!) e consequente aliciamento à aceitação da precariedade de trabalaho e mais uma vez a incapacidade pensante , livre e consciente de escolha de ideias e causas
- perseguição quase descarada a muitos que ousam contestar (não ousem alguns cépticos supor que isto é ficcção!!..)
- e outras tantas razões que não cabem neste espaço por parco que que é no limite do usufruto de palavras.
E em (quase) suma , sistemas como estes , que querem minar a coexistência de um ideal ( mesmo que não fosse o MEU!!)capaz de sustentar e carregar estoicamente toda a humanidade, não podem susbsistir seriamente numa sociedade não o merece.
beijos,
Sílvia MV

samuel disse...

Quando a corja topa da janela, o que faz falta...
Cantava o Zeca.

Abreijos gerais!