sexta-feira, 3 de julho de 2009

Manuel Pinho – Último acto




Na melhor "nódoa"... cai o pano!

29 comentários:

Pata Negra disse...

Como nunca foi ao Campo Pequeno depois das obras nem reconhecia o cenário.
Um abraço mocho

salvoconduto disse...

Isto é, pela porta por onde saem os cabrestos.

Abraço

Maria disse...

Com o vídeo em dezenas de blogues ainda vão conseguir que eu... tenha pe... pe... penas para mandar ao homem, em vez de flores...

Abreijos

Daniel disse...

Não sei porquê, hoje, pela primeira vez, quase tive pena do homem. Apesar de ter sido muito mais eloquente com as mãos do que costuma ser com a boca.

Hélder disse...

O melhor de tudo foi ver o BE a:

a) Emitir um comunicado a pedir desculpas

b) Omitir que o insulto se deu a um deputado do PCP, o Bernardino Soares

c) Fazer um vídeo e omitir novamente o facto!

Moral da história: aproveitou o sound-byte ao máximo, pediu os cornos para si e ainda escondeu factos! Livra!!

Helder disse...

Correacção: a *pedir* não, a exigir.

AG disse...

Há animais que não podem ver vermelho.

Sal disse...

Estalou o verniz ao Pinho.

Se a moda pega, qualquer dia vamos vêr o Sócrates a fazer um manguito à bancada do PCP...
E a seguir faz um beiço e chora!!!

:)))

Porque é que os irritamos tanto?!

Júlio disse...

Já viram a entrevista com o Louçã?


a) Omite durante TODA a entrevista que o insulto foi para Bernardino Soares. Consegue esta proeza, é verdade.

b) Dá a entender que o insulto foi para ele

c) A entrevista tem o dobro do tempo da que foi feita a Bernardino Soares (4 mins VS 2 mins)

Este Louçã é inacreditável, inacreditável!

Júlio disse...

Ah, aqui está o link:

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2009/7/gesto-lamentavel-diz-louca.htm

Fernando Samuel disse...

Imagina o que seria se o visado tivesse sido o Louçã...

Um abraço.

Hilário disse...

Samuel,

Existe muita gentalha que não gosta da nossa cor.
Quanto ao Louça... mais uma vez se prova que não presta.

Um Abraço

Luis Nogueira disse...

Queridos irmãos:

Deveis ser caridosos com o nosso infeliz irmão Pinho. Deveis sobretudo comtreender que não houve má intenção ao apresentar em pleno parlamento a sua (salvo seja...) flamejante cornamenta. Deveis, caríssimos irmãos e irmãos, ter de conta o cristianíssimo preceito que o bom povo da nossa terra tem tão entranhado em seu humilde coração: "quem dá o que tem a mais não é obrigado". E que outra coisa terá de seu o preclaro Irmão Pinho?
Sede misericordiosos, manos e manas.

Saudações Comunistas

Luis Nogueira

Méon, disse...

"Porque será que os comunistas irritam tanto?"

É simples: porque não respeitam ninguém!

Tudo o que esteja para além do chavão "os trabalhadores e o povo" eles achincalham, insultam, menorizam.

Depois sentem-se vítimas...

Gosto do estilo irónico e de fino humor que o Samuel usa. Mas acho insuportável o espírito de igreja que emana dos comentários que aqui aparecem.

Se os adversários políticos do PCP usassem a linguagem que os comunistas usam, não faltariam lamúrias contra o anti-comunismo, etc, etc...

Olhem-se ao espelho, rapazes, e vejam como não há espírito crítico rigoroso e respeitador das diferenças no Partido que deveria ser o grande defensor desse estilo d estar na política.

Claro, a partir deste comentário vou ser apodado de vendido, ignorante, etc...
Tenho pena, sinceramente, que o grande partido da luta heróica anti-fascista se tenha tornado numa igreja onde o uso da Razão, foi substituído por uma visão sectária e redutora da vida política.

veja-se o modo como o Comité Central analisou os resultados das últimas eleições, reduzindo o fenómeno BE a cinci linhas em que atribui a sua elevada votação (superior ao PCP!!!) ao facto de muitos andarem enganados e não perceberem qual é a força política de esquerda coerente, etc.

Portanto, eu e muitos que votámos BE somos burros...

E querem que o ministro tenha paciência...

vieira da silva disse...

... quando menos se espera o touro (travestido) mostra os cornos ... Coitado do puto, a culpa é de quem o convenceu que tinha perfil para ministro ...

Zé Canhão disse...

Se o Louçã reivindica os cornos para si o problema é dele.

gabriela disse...

Porque será que eles estão a ficar tão irritados? A vidinha deve estar a correr mal!!!

CS disse...

Saiu pelas traseiras acompanhado pelas chocas como manda a regra.

ZERO À ESQUERDA disse...

Pena ter saído sozinho.

Méon, disse...

Volto aqui para desabafarr de novo: lamentáveis estes comentários!
É esta a maneira de estar na política que o partido mais antigo de Portugal apresenta?

Um amigo, a propósito do comentário que aqui deixei, sentiu-se ofendido e magoado e achou que eu devo estar perturbado.

Portanto fico ainda mais esclarecido: para certos comunistas, aqueles que pensam de modo diferente são ofensivos, maus (magoam) e estão a precisar de tratamento.
Isto já foi denunciado nos anos 50 pelo PCUS, lembram-se?

Claro, tenho bom remédio: passo a ignorar. Não leio, não ligo, faço como os jornalistas que se recusam a ir às conferências de imprensa do PCP. Vão lá para quê? Já toda a gente sabe o que lá se vai passar, os textos, as tomadas de posição...

Repito: olhem-se ao espelho, rapazes. E aprendam a respeitar quem não pensa como vós. Isso chama-se DEMOCRACIA. Se não percebem o que a palavra quer dizer, vão ao dicionário. E à História.

duarte disse...

SÓ CAÍU O PANO? HAVIA DE TER SIDO A TEIA!!!
ABRAÇO DO VALE(A BATER PALMAS DE PÉ)

Pintassilgo disse...

Há para aí um comentarista do sistema que , à falta de resposta aos seus comentários, comenta-se a si próprio. E considera os outros burros que devem ir ao dicionáriao para saber o que quer dizer BE (talvez Blogue erótico?!...)

duarte disse...

Amigo meon , sou um marxista-leninista convicto. já votei no psr. simpatizo com alguns bloquistas.Mas diga-me, não acha que os tempos de antena deveriam estar mais equilibrados, visto representar-mos(mais coisa menos coisa) o mesmo nº de votantes?
não acha que a omissão do louçã é um pouco esquezita? será que não pode ser mal interpretado?
repito simpatizo com o bloco, mas milito pelo pcp.tenho ideais políticos, e até prova do contrário assim me mantenho, sempre aberto a sugestões que possam melhorar o estado da nação.Basta humildade e honestidade.
abraço do vale

Méon, disse...

Ora aqui está um comentário civilizado!
Registo e agradeço.

Aos outros, ignoro. Não merecem a atenção que lhes dou.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Penso que muitos já viram e ouviram o ex Ministro da Economia, na sua triste estada no Parlamento e até ontem à noite na televisão. Que dizer do acto cometido? Normal para a pessoa em questão, só que investido das funções em que estava, deveria ter sido comedido. Eu sei e muitos outros também que, existem pessoas quando debaixo de pressão ou não reagem, ou reagem sendo efectivamente mal educados e não respeitadores dos cargos que ocupam, porque não aceitam que alguém pense diferente, e depois têm este e outros tipos de baixas reacções; infelizmente na cabeça de muitas pessoas, ainda sobrevive a ideia de que "aqui" está a veradde e o "eu é que sei", e depois tornam-se ... neles mesmos.
2006, certamente vos recordais que o ex da Economia em Portugal após cerca de milhar e meio de trabalhadores da Opel (Azambuja) terem ido para o Desemprego, disse que esse era o ano do "... fim da crise...". Esta de inesgotáveis asneiras, que foram sendo sucessivamente suportadas e algumas mal emendadas pelo 1º M de Portugal, e alguns mais (vá lá) calmos Ministros.
Tão enegético/renovável ex Ministro terá sido tão assim "suportado" porque foi ele (ao que consta) que fez o Programa Económico deste XVII Governo Constitucional? Se assim foi, como pode o P. S. e os mais notórios militantes ou integrantes de cargos em Listas do mesmo, dizer que, por exemplo, no Partido Comunista Português não há debate de ideias? Está-se a ver ...
"Tentou fazer o seu melhor num contexto de grandes dificuldades..."(Manuela Arcanjo, ex Ministra do Governo Guterres), mas afinal e volto a não ainda explicada questão que se poderá sempre pôr prova em contrário: quem tem Governado (mal)Portugal, após o 25 de novembro de 1975? Acaso não terão P. S., P.P.D./P.S.D., e C.D.S./P.P., ou coligados até contra-natura (caso P.S./C.D.S, lembram-se?), para além do tão "inesquecível" Boloco Central. Por favor não venham mais uma vez atirar com poeira para os pohos do pessoal; a inverdade tem a perna muito curta ...
Por ultimo os gesto dos "cornos" revela em suma o estado de espeirito de um (des)Governo desgastado pelas sucessivas mentiras que tem pregado ao Povo Português, mas também quando oiço dizer oP. S. D. que é alternativa, fico siderado pois o mesmo devem bem lembrara-se das suas asneiras; o C.D.S./P.P., por favor haja coer~encia e sentido de estado, como muito bem gostam de dizer. Dentro das suas muitas asneiras o seu lider quando Ministro, já se esuqceu do caso dos submarinos, de negar sucessivamente reparações morais e financeiras a pessoas que muito contribuíram para o 25 de Abril de 1974?.
Não há memória para este tipo de gente? Se não há, nós ajudamos ...

Luis Nogueira disse...

Sr. Méon:
Se os outros não merecem a atenção que a sua genial pessoa lhes dá, parfa que lhes dá atenção a sua genial pessoa?
Se não gosta, ponha à borda do prato, ou, como se diz nos Açores, "vá brincar c'oa bichinha p'rá areia"

Luis Nogueira

Méon, disse...

Sr. Luís Nogueira:

É isso mesmo, você está cheíssimo de razão.

Como estava o amigo que me disse:

- Ó pá, mais estúpido do que discutir a existência de deus com um padre, é discutir o pluralismo ideológico com um camarada PC !

Mas tem-me custado a aprender...

samuel disse...

Eu não dizia? Já "estamos" a disparatar!
Não faço ideia se quem explica esta gaita é o Freud ou outro gajo qualquer... mas por vezes é um 'cadito cansativo...

Saludos!

AG disse...

Tenta, que tu consegues.Estou quase convertido. Mais um bocadinho, e já conseguiste. Praise the lord. Oh yeah!