sexta-feira, 26 de julho de 2013

Passos Coelho - Os avarentos dos portugueses estão a dar cabo da economia...


O meliante e chefe de meliantes que temos como primeiro ministro, abraçou, de forma cega e fanática (passe a redundância) uma política de brutal austeridade, gabando-se mesmo de ir para além das exigências, já de si criminosas, da troika ocupante.
Assim, destruiu mais de meio milhão de postos de trabalho aumentando para um milhão o número de desempregados, levou à falência milhares de empresas, cortou pensões, vencimentos, apoios sociais, levou ao limiar da pobreza milhares de trabalhadores com emprego e à miséria milhares de desempregados e idosos.
Agora, com o descaramento de provocador a que já nos habituou... é capaz de dizer:
«A crise tem sido mais forte porque as pessoas gastaram menos do que previmos»
Portanto, os culpados da crise, são os malandros dos portugueses que recorrem à “desculpa” de terem muito menos dinheiro, para justificar a atitude “anti-patriótica” de gastarem menos do que aquilo que o senhor primeiro-ministro previa.
Qual o grau de insolente desfaçatez que é preciso... 
para bolçar uma tal canalhice pela boca fora?

15 comentários:

Antuã disse...


É preciso ser um criminoso hediondo.

Graciete Rietsch disse...

Não tem dimensão.

Um beijo.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Gosto de circo com bons artistas. Estes (artistas) são horrendos, e ainda apanham a boleia de Belém.
Viva o espírito de Abril face ao caminhar do centro-direita.

trepadeira disse...

Quando, em vez de se lavar e desinfectar a porcaria, se mexe e remexe e torna a mexer o cheiro torna-se insuportável, o asco cresce, a náusea aumenta.
Vamos limpar a casa e enterrar a caca.

Abraço,

mário

Júlio Resende disse...

É pá, o filho da puta até tem razão.

Os portugueses estão a dar cabo da economia porque simplesmente não começam a organizar milícias populares para começar a linchar os do avental um por um.

O Corrupto de avental é um animal que encontrou neste belo pais um lugar ao sol e como não há caçadores de corruptos a sua espécie vai-se multiplicando.

Se esta ralé governasse no sec 16, já tinham ficado todos sem cabeça.

Miguel Roque disse...

Há 10 anos eu ganhava mais 200€ do que hoje. NÃO MUDEI DE EMPREGO, TRABALHO NO MESMO SITIO DESDE MAIO DE 2000. como é que esse FDP quer que eu gaste mais se o dinheiro mal chega para comer... só um exemplo: minha prestação da casa ultrapassa os 250 euros e em 2000 não chegava ao 190 euros.

Medronheiro disse...


Não sei como é que o Júlio resende tem tanto ódio aos seus correlegionários.

Júlio Resende disse...

"Não sei como é que o Júlio Resende tem tanto ódio aos seus correlegionários."

Ó medronheiro, você é pateta ou é o quê?
A sua única válvula de escape é "São os Fascistas pá!!!!!!". É isso?

Por acaso sabe o que é o fascismo?
De certeza que não sabe porque senão não debitava esse disparate.

Você sabe que Salazar mandou prender os Fascistas Portugueses, incluindo o Rolão Preto(Nacional Sindicalista)?

Você sabe quem pela primeira vez na história da humanidade instaurou o direito a férias de obrigatórias de 25 dias úteis para todos os trabalhadores?
Acha que foram os da foice?Está bem enganado meu caro.

Só há uma ideologia verdadeiramente anti-capitalista e anti-avental e anti-burguesia. É o Fascismo.

Não me falem no botas porque esse era anti-fascista, embora o respeite por nunca ter lesado o estado nem roubado á tripa-forra como fazem estes filhos da puta de direita que estão agora no poleiro.

Vá estudar um pouco e depois venha cá discutir se tiver interesse em falar sobre coisas sérias.

samuel disse...

Júlio Resende:

Deixe estar que você também é "único"!!! :-)

Acho que nunca tinha visto um fascista tão patusco! Chega a ser fofo... :-) :-)

Júlio Resende disse...

Bolas, até o Otelo anda por ai a choramingar por um novo Salazar.

Claro depois de ver este fartar-vilanagem que sucedeu após o 25 de Abril qualquer um pode chegar a essa conclusão a não ser que seja um abafadinho da cabeça. Com a maior divida publica de sempre a maior taxa de desemprego de sempre, só não vê quem não quer ver.


Em Portugal há 3 partidos de Direita, o CDS, o PSD e o PS.
Depois há um partido progressista degenerativo que é o BE. E há o clássico PCP.

Agora a sério, o único que ainda tenho algum respeito é o PCP(mas pouco) porque é o que é fiel a uma ideologia(embora errada) e não me parece andar tanto de mão dada com os porcos capitalistas e degenerativos como os demais.

Agora, obviamente que o comunismo não é bom porque tentar cavar divisionismos na sociedade Portuguesa. Neste caso Trabalhadores contra empresários.
E com isso não saímos da cepa torta.

Por isso o Fascismo resolve o problema de outra forma. O Fascismo clássico(Não o Salazarista) chama a todos "Trabalhadores". Seja ele um operário, seja ele um empresário, seja um profissional liberal, seja ele um funcionário do estado.

O Fascismo valoriza o trabalho e todos os que produzem e contribuem para a riqueza e do pais.

E o Fascismo ostraciza os porcos capitalistas, os especuladores, os fazedores de dinheiro, os que enriquecem á custa dos outros e os abutres globalistas como o porco George Soros.

Por isso os Fascistas defendem, como prioritário a Nacionalização da Banca.
E isto é mandatório.
Se houver fascistas que defendam a Banca privada é porque são infiltrados, e usados apenas para denegrir o verdadeiro fascismo.

Aliás, os Fascistas como eu, nunca admitem a venda de empresas publicas estratégicas. Tipo os correios, as aguas, a energia, a TAP etc. Os sectores que são tipificados como sendo "de desígnio nacional" nunca podem ser privatizados porque são comunitários e ao serviço do povo. De resto damos liberdade de iniciativa privada, protecção dos empresários que de facto produzem riqueza e ao mesmo tempo com legislação adequada para defesa dos direitos dos trabalhadores, bem como regalias sociais justas.

Olinda disse...

Insolencia acrescida de uma mentalidade asnâtica sem precedentes!

Bom fim de semana

Um abraco

Medronheiro disse...


Júlio resende há mais sítios onde zurrar. Vá para outro lado.

Maria João Brito de Sousa disse...

Ãhhhhh... o melhor será ficar caladinha! Devo estar com um qualquer
estranho "desvio esquerdista"... só me apetece matar alguém...

samuel disse...

Júlio Resende:

De facto, por razões meramente isolacionistas, bacocas, ignorantes, xenófobas, racistas… ou seja, FASCISTAS, o fascismo é (ou faz que é) contra muitas das coisas que aponta.

Claro que você toma o freio nos dentes e lá vai alho! No fascismo não há A nem B… são tudo trabalhadores. É tudo pelo interesse nacional… :-) :-)

Essa "informação" deve fazer morrer de rir os descendentes dos grandes latifundiários fascistas italianos, que tratavam os seus trabalhadores como gado, ou os grandes industriais (Fiat e tantos outros) que não se coibiram de usar trabalho escravo de prisioneiros (judeus e muitos outros) que, a seguir, depois de esgotada a sua força, eram abatidos nos campos de concentração…

Tudo igual! Tudo trabalhadores!

Finalmente, como você parece sofrer de uma espécie de incontinência que o impele a deixar aqui esses loooooooongos "comícios" de propaganda do fascismo, ao mesmo tempo que demonstra a falta de inteligência para saber que o destino dos seus "testamentos" acabaria por ser o lixo… temos pena!

"Tenho pena"… mas para mim, alguém que de forma tão alucinada é capaz de defender o fascismo… ou é profundamente ignorante, ou profundamente filho da puta!

Este seu comíciozeco porco, fascista, invasivo e ABUSIVO… foi o seu último neste espaço!

Passar bem!

Anónimo disse...

Existem asnos mais inteligentes! Este asco já não surpreende.
Vicky