quinta-feira, 11 de julho de 2013

As perguntas são como as cerejas...




Singelo questionário:
Desde quando é que cabe ao Presidente decidir quais os partidos que devem fazer acordos políticos?
Desde quando é que o Presidente pode excluir partidos com assento parlamentar das soluções para o país... sabendo-se (não que se trate de uma questão de números, mas sim de respeito pela democracia) que, neste momento, já estaremos a falar de um universo de mais de 20% dos eleitores?
Desde quando é que o Presidente pode “marcar” umas eleições a “trouxe-mouxe”, para uma data escolhida exclusivamente por si... e, como se isso não bastasse, decidir de antemão que tipo de governo é que deve sair dessas eleições?
Singela resposta:
Desde que foi permitido a uma besta do calibre do Sr. Aníbal Cavaco Silva tornar-se Presidente da República Portuguesa!

25 comentários:

Nuno disse...


Que bela foto.
Isso sim eram tempos de dignidade.
Pureza, patriotismo, ascetismo, companheirismo etc.

Agora temos outras coisas: Drogas, pornografia a rodos, pedofilia, elevação de gays a estatuto de heróis, individualismo, alienação mediática e tecnológica etc. Enfim um estrumeira.

samuel disse...

Nuno:

Bem na linha do comentário ao post anterior… mas ainda mais deprimente.

Pelos vistos, parece que você, dependendo da idade (que desconheço) foi frequentador das noitadas tipo "Ballets Rose", ou como cliente, ou como fornecedor de serviços, ou como vítima… e tomou-lhe o gosto.

Realmente, aquilo é que eram tempos, não é?

"Pureza, patriotismo, ascetismo, companheirismo etc."

POBRE IMBECIL… :-) :-)

Nuno disse...


"POBRE IMBECIL" é quem gosta da estrumeira a que este regime ditatorial levou o pais, entregando-o aos abutres internacionais. Isso é que é IMBECILIDADE. Voçês sentem-se bem a chafurdar nesta poça e comem os restos que a super-burguesia vos atira como quem dá um osso a um cão.




Provoca-me disse...

oh nuno olhe que as drogas leves fazem melhor do que as merdas que você anda a ler.

Provoca-me disse...

o nuno é um bocado limitado, diz que os tempos antigos é que eram, mas tem um pide no governo, e não gosta? hmm, os seus fuzíveis foram à vida com certeza.

Antuã disse...


Cavaco é um imbecil, bronco, inculto e nazi. O Nuno acompanha-o.

Ana Martins disse...

Parafraseando o Trovante, tenho muitas saudades do Futuro. No meu Futuro não cabem sujeitos como o Aníbal Cavaco Silva

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Lembremos que A. C. S. foi eleito Presidente da República nas presidenciais de 22 de Janeiro de 2006, e reeleito (!!!) nas presidenciais de 23 de Janeiro de 2011, depois de ter sido primeiro ministro de Portugal desde 6 de Novembro de 1985 a...28 de Outubro de 1995. O cidadão Português em questão nas funções de 1º M sempre deu mostras de ser avesso à democracia de base e se calhar a ela no seu contexto mais alargado; agora como P. R. protela decisões, e toma-as tendo em conta a maioria de centro- direita que ele sempre desejou e que, não deseja que seja deitada abaixo. Mas ela vai cair... .

samuel disse...

Nuno:

Ora deixa cá ver... segundo o seu tão profundo "argumento"... náááá!!! Mantenho o que disse:

POBRE IMBECIL... :-) :-)

Nuno disse...



Foja-se!!!!!
Já disse o que tinha a dizer sobre a Carrasco Silva.
Nem para limpar retretes serve.

Um gajo que lambe as botas ao qualquer fedelho da EU, e do Eurogrupo ou qualquer mafioso da banca não serve nunca, mas NUNCA num estado patriótico, social e nacional. NUNCA.
Nem ele nem o Bochechas, nem o ladrão de feira Sócrates, nem o coelho, nem o seguro, nem o louça, nem o cassete Jerónimo. Estes todos era para meter no Júlio de Matos.

José Rodrigues disse...

Por este andar,Cavaco vai até ao feudalismo.Para já tenta exercer o "direito de pernada" na democracia constitucional...há que arrancar-lhe a(s)máscaras!

Abraço

samuel disse...

Nuno:

Devo informá-lo, apenas por uma questão de lealdade, que o seu "crédito" de comentários elogiosos ao regime fascista, de que você parece tão saudoso... está a acabar-se.

Não é que o seu futuro me interesse particularmente, mas, pelo menos enquanto frequentador deste estabelecimento, está com os dias contados, a manter-se esta sua fixação nos louvores a salazar e ao seu regime.

Deveria saber que este espaço é frequentado por muitas pessoas que, ou pessoalmente ou através de estórias de familiares ou de amigos chegados, foram de alguma maneira vítimas, ou, pelo menos, opositoras a salazar e ao seu nojento regime.

Insistir em vir aqui dar vivas a salazar e ao fascismo é de uma insolência abjecta! Ainda que corresponda ao perfil habitual nos da sua estirpe.

Achar que poderá continuar a fazê-lo... é apenas liminarmente estúpido!

Passar bem.

Nuno disse...

"Deveria saber que este espaço é frequentado por muitas pessoas que, ou pessoalmente ou através de estórias de familiares ou de amigos chegados, foram de alguma maneira vítimas, ou, pelo menos, opositoras a salazar e ao seu nojento regime"

AH seu bandalho, ainda bem que não publica, mas vai ouvir.
Então e as vitimas deste regime de porcos corruptos? E os que mataram no pós-25A, e os que morrem hoje á fome?Esses não interessam não é?

Bom para não falar dos 100 milhões somados de todas as "democracias" vermelhas pelo mundo fora.

Vá-se encher de merda.

Maria disse...

O Cavaco não me espanta. Julga-se assim, é da sua natureza de classe. Pensa que pode. O cérebro não estica mais.
A alimária que anda por aqui a pastar devia ser banida, ao abrigo da Constituição da República Portuguesa que proíbe a existência de grupos fascistas. E as alimárias nunca andam sozinhas.

Abreijos.

pintassilgo disse...


A nossa lei fundamental proíbe o fascismo. Calar os nunos é constitucional.

Graciete Rietsch disse...

Queremos o 25 de ABRIL de novo!
Queremos o 25 de ABRIL de novo!
Queremos o 25 de ABRIL de novo!
Não queremos mais ouvir louvores ao fascismo e enxovalhos a quem sempre resistiu!

Um beijo.

samuel disse...

Nuno:

Como, ostensivamente, é estúpido como uma porta, não entendeu que eu não disse que não ia mais publicar os seus comentários, mas sim que caminhava para o fazer…

Ainda bem que, mesmo pensando que ia ser apagado, fez este seu ÚLTIMO comentário.

Foi o mais adequado para fazer as suas despedidas deste espaço: como um porco!

Adeus!

samuel disse...

Nuno:

Você não apanha mesmo nenhuma informação! :-)

Como é que consegue voltar para casa de cada vez que sai? :-) :-)

Aquele meu "ÚLTIMO", referindo-me ao seu comentário elegante, era mesmo a sério. Desta vez é que era para parar, estúpido!

Já não vale a pena escrever mais comentários.
Nem a dar vivas a salazar, nem para me insultar, nem a dar os parabéns à prima, nem a tentar vender enciclopédias ou time-sharing no algarve…

Acabou!

DESTA VEZ CAPTOU A IDEIA DA COISA? :-) :-)

Anónimo disse...

ó pintassilgo

eu pensava que você era só vasculhar a vida de psssoas que não pensam e não dizem o que o comité central do pc manda pensar e dizer.

Pelos visto já as manda calar.
Subiu de posto?

Pintassilgo disse...


Anónimo pporque não vai lamber sabão?!....

Zequinha disse...


Anónimo das 21.40 você é que foi promovido a coronel quanddo eu conheci a sua mulher.

samuel disse...

Zequinha:

Exorto-o a que não vá por aí…

Primeiro, e mais importante, porque é inaceitável.

Segundo, porque isso é o que eles querem. É o terreno favorito deles. Eles sabem que quem luta corpo a corpo com porcos… acaba emporcalhado.

Não se suje!

Olinda disse...

Quando chego ao fim dos comentârios deste blog,fico sempre com um sorriso nos lâbios,ao deparar-me com velhos doutros tempos de mâ memoria,castrados por nao poderem voltar atrâs no tempo.
Sobre o cavacal assunto,concordo plenamente com o Norberto .

Um abraco


Anónimo disse...

porque estou à espera da sua resposta: deixou de vasculhar e já passou a proibir? Subiu de posto?

Anónimo disse...

Foi permitido desde o primeiro momento em que a maioria dos portugueses ignorantes, se esqueceram quem era e, donde provinha esta figura e votaram nele.
Viva o 25 de Abril e que todos os dias exista "um 25 de Abril" para acabar com os fascistas.
Vicky