sábado, 19 de dezembro de 2009

Lula da Silva – Coisa do futuro!



Fosse eu brasileiro... e hoje estaria orgulhoso do meu Presidente! Luís Inácio Lula da Silva esteve inspirado. Falou sem papas na língua, pôs o dedo nas feridas certas, não precisou de dizer “merda” para ser aplaudido por aqueles que o entenderam realmente entre aquela multidão de presidentes, primeiros ministros outras “altas individualidades”.

Segundo ele, seja qual for o montante que os países ricos venham entregar aos países ainda em vias de desenvolvimento e aos ainda mais atrasados nessa corrida, isso "não poderá nunca ser considerado um favor ou esmola, mas sim o justo pagamento por décadas de industrialização poluente de que esses países ricos beneficiaram", quantas vezes às custas da miséria de alguns dos povos que agora se propõem ajudar.

Segundo ele, "garantir o café da manhã, almoço e jantar para cada cidadão, é uma coisa do passado para os países mais desenvolvidos, enquanto para a América Latina, África e alguns países asiáticos, é ainda uma coisa do futuro".

Segundo ele, para meia dúzia de grandes figuras mundiais acabarem a assinar não importa o quê, apenas para mascarar o fiasco, mais vale não assinar nada e partir para uma nova cimeira, onde (esperemos) compareçam mais negociadores que negociantes.

Como disse, fosse eu brasileiro... e hoje estaria (mais uma vez) orgulhoso do meu Presidente!

Exactamente ao contrário dos “obamamaníacos” que, novamente, esperavam aquilo que classificaram como o discurso mais importante e aguardado da cimeira e afinal tiveram aquilo que vai já sendo um padrão. Um discurso formalmente perfeito, dito de forma “ungida”, como se fosse feito de verdades reveladas... e com aquele “efeito-nariz-emproado” que parece agradar a alguns... mas sem nada que se pareça com acções concretas para apoiar as palavras. Tal como outros dos seus discursos, uma espécie de luxuoso bolo de noiva, com uma belíssima e doce cobertura, mas por dentro... feito de esferovite.

15 comentários:

Daniel disse...

O Mundo está entregue em péssimas mãos. Porque quem manda são os donos dos produtores de riqueza. E que não se importam se haverá produtores de riqueza para os avarentos do futuro, porque o futuro não lhes pertence. E eu que tenho esperança de que os meus filhos ainda por cá andem durante mais de meio século e os meus netos etc...

salvoconduto disse...

Mesmo que tivesse dito merda merecia ser igualmente aplaudido, porque é a falar claro que a gente se entende.

Bom fim de semana.

Fernando Samuel disse...

De um lado, as palavras claras e certeiras. Do outra lado, o paleio do costume.

Um abraço.

Vera L. Silva disse...

Lula tem causado espanto aos yanques. Também pelo fato de que querem de nós o impossível: que continuemos subimissos ao seu avanço de tão poucos resultados, e tão infeliz; seus "macacos" e "cucarachas" servis, ao mesmo tempo em que usam nossos países como seus quintais. Precisamos deles, ou em que galhos vamos pular - inclusive para comemorar nossas conquistas|?
Há uma nova conciência RE_nascendo na América Latina e Caribe - ecológica, solidária, nacionalista, política, humana, e Lula tem levado muito bem esta mensagaem mundo afora.

Mas seu texto revela tudo isso. Vou publica-lo, se me permite.


Abraços desde o Brasil.

Meg disse...

Também eu gostei muito do gesto e das palavras do Lula... o resto foi pólvora seca.

Muito obrigada... tu sabes.
Bom fim de semana.

Abreijos

José Rodrigues disse...

Eu acho que o discurso do Obama e dos interesses que representa foi uma merda...

Abraço

Maria disse...

O Lula foi ouvido e as palavras ficaram registadas. Do Obama não se pode dizer o mesmo já que o homem disse... nada! E de nariz emproado, como dizes, falando lá para o alto como se fosse o maior.

Abreijos

Membro do Povo disse...

«Se o clima fosse um banco já teria sido salvo!»

Hugo Chaves!

gabriela disse...

Ainda bem que existem homens que têm a coragem de por o dedo na ferida.
Excelente texto Samuel!

isabel disse...

grande presidente e grande samuel!

eduricardo disse...

Ainda por cima, Lula falou em Português, ao contrário do piroso que fez de conta que sabe falar na língua dos «camónes».

Hilário disse...

Tenho pena é que as palavras claras e certeiras do presidente Lula não sejam aplicadas em todas sa sociedades que poluem e explorão os seus povos.

Um Abraço

Hilário disse...

rectificar:
exploram os seus povos.

Anónimo disse...

Lamento pelo post desinformado sobre a realidade política brasileira e seu presidente Lula. Lula trabalha pelo fim da democracia na A.L. - processo que já começou na Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua, com um pequeno incidente em Honduras - todo ele coordenado pelo Fórum de São Paulo (do qual Lula é fundador - basta procurar na internet). Não se sabe o que ocorrerá com Uruguai e Paraguai. Em todos esses países pretende-se estabelecer uma democracia pseudo-plebiscitária, apoiada em um populismo barato, junto com o controle da imprensa via conselhos de jornalismo aparelhados por sindicalistas. O discurso de Lula na ONU foi apenas e tão somente o mesmo discurso populista que emprega no Brasil. Enquanto ele discursava, as madeireiras que derrubaram boa parte da floresta Amazônica nos últimos anos, eram anistiadas de pesadas multas. Muito embora o blogueiro critique OBAMA e "uzimperialistas", as regras e a fiscalização ambiental nos Estados Unidos estão a anos-luz de distância (na frente) do Brasil. Lula não tem moral para dizer nada - mas tem uma cara-de-pau lustrada por uma multitude de jornalistas cooptados que passam uma imagem completamente distorcida da realidade. Portanto, sua simpatia pelo líder brasileira é obviamente fruto de sua ignorância.

samuel disse...

Daniel:
É gente que pouco pensa no futuro... dos outros.

Salvoconduto:
Por mim... até podia ter dito, sim! ☺

Fernando Samuel:
Mas o paleio é que está na moda...

Vera L. Silva:
Claro que “permito”! Obrigado pelo interesse! ☺

Meg:
Show off!
Ora... ☺ ☺

José Rodrigues:
É uma classificação bem razoável... ☺ ☺

Maria:
Já deu para perceber que fala sempre assim... nariz no ar.

Membro do Povo:
O Chavez de vez em quando acerta... e quando acerta!... ☺

Gabriela:
Fazem falta... mesmo carregados de defeitos e contradições...

Isabel:
Eu?!!! ☺ ☺

Eduricardo:
Parece (dizem...) que é a língua oficial dele... ☺

Hilário:
Primeiro é preciso que os próprio povos abram os olhos...

Anónimo:
“Portanto, sua simpatia pelo líder brasileira é obviamente fruto de sua ignorância.”

É bem possível…
De qualquer maneira, no dia em que eu depender de comentários reaccionários e anónimos para ficar mais informado… estarei bem lixado!



Saludos gerais!