sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

A mesma cartilha, a mesma cassete



Quem veja apenas os títulos, como acontece com uma grande parte dos “leitores” dos jornais estendidos nas bancas ou mesas de café, não pode deixar de ficar impressionado com um cabeçalho que diga em grandes parangonas “Os Economistas”... seguido de dizem isto, ou exigem aquilo, ou aconselham aqueloutro. Depois, no texto da notícia, até se poderá ver que afinal não são “Os Economistas”, mas sim apenas alguns, ainda por cima quase todos da mesma área política e pensamento único... mas já é tarde. Para grande parte das pessoas o que quer que seja que esteja escrito naquele título é a posição “Dos Economistas”.

Por vezes ainda caio na esparrela e vou ver, não se trate realmente de algum encontro de economistas e gestores das várias áreas e sensibilidades políticas que se tenham encontrado para discutir abertamente e sem preconceitos as políticas que trouxeram o nosso país até este buraco... Questionar, sei lá... o capitalismo? Estúpido!!!...

Aconteceu agora, mais uma vez, quando percebi que “Os Economistas” que vieram “aconselhar” cortes radicais e mesmo congelamento durante anos, da despesa pública, congelamento, também durante anos, dos salários da Função Pública, tudo coisas que já todos fizeram e com os resultados miseráveis que se conhecem, afinal não passavam de promotores de um "forum-das-não-sei-quantas" de que os cabecilhas que desfilaram para as câmaras de televisão debitando a sua “cassete”, eram nada mais nada menos do que João Salgueiro, ex Min. das Finanças do PPD, Catroga, ex Min. das Finanças do PPD, João Ferreira do Amaral, ex assessor da Casa Civil dos Presidentes Soares e Sampaio, o incontrolável chuveiro de perdigotos Mira Amaral, ex ministro disto e daquilo de Cavaco Silva e o ultra reaccionário e sempre muito enfastiado dirigente histórico da CIP, Ferraz da Costa.

Belo friso de figurões, hein? ...e bela comunicação social!

17 comentários:

Fernando Samuel disse...

Como eles se entendem todos! Eles: «os economistas», os ex-ministros,os directores, chefes e sub-chefes de redacção...

Um abraço.

Maria disse...

Fazem todos parte da mesma pandilha.
Adorei essa do 'chuveiro de perdigotos incontrolável'... :))

Abreijos

Antuã disse...

Mas que cassete!...

alex campos disse...

Os oráculos do poder. Mas desta vez esteve lá um dos donos.

abraço

amigona avó e a neta princesa disse...

E não é que se entendem tão bem a dar cabo da vida dos outros?!!! Um abraço Samuel...

Pintassilgo disse...

São os sacerdotes do novo fundamentalismo.

Anónimo disse...

só prs te informar que quando era ministro aqui do estaminé. o sr miga amagal era e é ainda conhecido pelo cospe merda.

O Raio disse...

Há tempos chamei a estes espécimes os terroristas da Al Queda (http://cabalas.blogspot.com/2005/07/o-terrorismo.html).

As receitas são sempre as mesmas e os resultados também. Mas insistem...

Quero no entanto chamar a atenção e que não incluo o Prof. Ferreira do Amaral neste gang pois ele foi praticamente o único que nos avisou dos graves erros que era a adesão ao Euro, chegando mesmo a intitular a política económico-financeira da altura, de suicida.

Mnauel Norberto Baptista Forte disse...

A "família perfeita" dentro daquilo que há de mais retrógrado e anti-social.

Anónimo disse...

Todos eles agentes comprometidos com o capitalismo predador.
As «soluções» que preconizam apenas são para adiar o fim da rapina capitalista.Alguns são os coveiros autorizados do Estado de Solidariedade Social.

Anónimo disse...

Também...o «miga amagal»...

Pata Negra disse...

Foram eles que nos trouxeram ao engano no caminho e teimam a apontar a estrada de saída. São eles os iluminados pelos projectores da Fátima da TV, são eles que sabem, são eles que usufruem, são eles os ricos que ditam a condição dos outros.
Um abraço e puta que os pariu!

Rui da Bica disse...

Não concordo que a nossa adesão ao euro tenha sido uma grande asneira.
Na minha opinião, se não tivessemos aderido a nossa situação actual seria muitíssimo pior.

UdL disse...

Cada país tem a comunicação que merece, pelos vistos. E atentanto aos resultados eleitorais das últimas três décadas, parece mesmo que merecemos esta merda de comunicação social!

JMCPinto disse...

Nesta galeria só falta mesmo o Campos e Cunha, de cujas proezas acabo de sr informado no meu blogue. Dizem-me que passou 4 ou 5 anos no Banco de Portugal e que recebe por "esse extraordinário feito" uma reforma equivalente a 5 ordenados médios!
Esta gente não pode ficar impune. algo tem de acontecer!
http://politeiablogspotcom.blogspot.com/
JMCPINTO

isabel disse...

concordo, algo tem de acontecer para sairmos deste buraco de merda em que continuamos a afundar-nos. chega de tanta incompetência!

samuel disse...

Fernando Samuel:
Como verdadeiros irmãos, ou ainda melhor, sócios...

Maria:
É já uma espécie de seita...

Antuã:
E dura... e dura...

Alex Campos:
É bom saber-se sempre quem manda.

Amigona:
Na perfeição.

Pintassilgo:
É a grande religião universal!

Anónimo:
Mesmo que não cuspisse... a ver pelo que diz, ia dar no mesmo...

O Raio:
Quase o único? Hummm...

Manuel Norberto:
Bom retrato!

Anónimo:
E são muito bem pagos para isso.

Anónimo:


Pata Negra:
Belo final!

Rui da Bica:
Já estamos numa situação em que tudo parece o pior...

JMCPinto:
Alguns dos que têm essas reformas douradas, alguns mesmo, várias, estão mais caladitos. Outros nem esse mínimo de vergonha na cara têm!

Isabel:
...mas não vai ser por iniciativa deles. Eles estão bem!...


Abreijos gerais!