sábado, 26 de dezembro de 2009

A verdade do casamento





Segundo o senhor José Policarpo, Dom e Cardeal Patriarca, para os católicos, “a Igreja quer salvar a verdade do casamento”. Como é perfeitamente fútil ficar para aqui a divagar sobre o que raio entenderá a Igreja Católica sobre a “verdade”, nomeadamente a do casamento, presumo que isto seja mais uma indirecta para atacar a possibilidade de alguns cidadãos e cidadãs poderem casar civilmente. Podem morrer pelo país, se for necessário, podem pagar impostos, alguns dos quais o Estado entrega à Igreja... mas não podem casar. Adiante...

Claro que uma boa parte dos gays e lésbicas, ou por grande sorte na vida, ou por talento artístico, ou simplesmente por grande coragem pessoal, há muito mandaram passear os “policarpos” deste mundo, assumindo publicamente a sua liberdade individual, contra ventos e marés.

Mesmo assim, o senhor Policarpo e a sua Igreja, na falta evidente de poder divino que possam exibir, optam, como há séculos, por exercer sem pestanejar o seu ainda grande poder terreno, o único que têm e tiveram desde sempre.

A existir alguma réstia de boa fé na mente dos “policarpos”, devem pensar que “defender a verdade do casamento” é empurrar os menos corajosos para “casamentos” do género “Nelo”, em que há sempre uma “Idália” disposta a fazer de esposa (por vezes, até de mãe) e acabar como assunto para rábulas do Herman José. Conhecemos centenas e centenas destes “nelos” casadíssimos pela Igreja. Como disse, estes são os menos corajosos, cheios de dúvidas, ou muito pouco cultos... pois os mais espertalhaços descobriram desde muito cedo que a única saída era tornarem-se padres!

9 comentários:

Maria disse...

E o secretário da conferência episcopal (acho que é este o pomposo nome) diz que o casamento 'é para cumprir a função' (entenda-se procriar).
Ou seja, depois dos 50 as mulheres não podem casar, ou pelo menos a igreja não apoia... porque a procriação já foi...
Quanto mais falam mais se enterram!

Abreijos

Juvenal disse...

Safa!
Esta foi forte.
Mas certeira.

Fernando Samuel disse...

Excelente!

Um abraço.

smvasconcelos disse...

Ora bem! Na mouche!, Samuel:)

Esta hipocrisia "policarpa" é um enfado, chateia mesmo...
bjs,

antonio hilario disse...

Continuam a ser os mesmos de sempre.
Um abraço

samuel disse...

Per tutti:
Peço desculpas pelo tema algo "recorrente" mas realmente há dias...


Abreijos colectivos!

Rui da Bica disse...

Hipocrisia, hipocrisia e mais hipocrisia da Igreja !
.

Carlos Machado Acabado disse...

Peço desculpa mas "cardeal patriarca" está mal escrito.
Escreve-se "cardeal PATARATA"...
Assim se fala em bom português...

samuel disse...

Rui da Bica:
É o prato do dia...

Carlos Machado Acabado:
Obrigado pelo alerta... ☺


Saludos!