quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Para todo o serviço





Esta “mulher de confiança” é uma espécie de salazarista salta-pocinhas que enquanto vai apregoando umas ideias, na realidade move-se em função de cargos e lugares na ribalta. É uma oportunista vulgar!. O cruzamento entre a finíssima origem “Avilez” com o também ultra salazarista trauliteiro Jaime Nogueira Pinto, deu esta coisa reaccionária, retorcida e invertebrada que é a “pronta-para-todo-o-serviço” Maria José Nogueira Pinto.

Na imagem, era a “mulher de confiança” do CDS. Entretanto já fez a campanha de António Costa para a CML pelo PS e, ao mesmo tempo, é deputada pelo PPD-PSD. Imagino que deve igualmente ter cartão do Benfica, Sporting e Porto e que aos Domingos frequente intercaladamente a Igreja Católica, a Luterana e um terreiro de Candomblé.

É sempre triste ver a que ponto pode descer o nível da estatura de alguns dos nossos políticos e da qualidade do trabalho realizado na nossa Assembleia da República, para desespero dos que felizmente lá estão para fazer um trabalho sério.

É sempre um espectáculo degradante ver uma dama de tão fino berço a comportar-se como uma arruaceira e, sobretudo, ver que tem ainda a ilusão de poder desfrutar de um centímetro que seja de margem de manobra para chamar “palhaço”... seja a quem for. Um asco!

9 comentários:

J.S. Teixeira disse...

Sinceramente, não é nada que me admire muito vindo de quem vem. Apenas posso referir que já é de tardar esta atitude pública dada a pessoa em causa.

Abraço.

alex campos disse...

Além de muito versátil a senhora também é muito bem-educada.

um abraço

smvasconcelos disse...

Uma vergonha ter uma pessoa destas em altos cargos do país. Um nojo.
bjs,

Rui da Bica disse...

A "versatilidade" é evidente "demais" e é muito conv€€€€niente ! rsrsrs
De resto, o que esperar destes políticos ?...
.

Joseph disse...

Já nos anos 1992/94, quando o Governo de então desbaratou a OSP no Teatro São Carlos , esta Srª Deputada, se pronunciou de forma um tanto pejorativa para os músicos portugueses.
Dizia ela que se os músicos da Orquestra Sinfónica ficassem sem emprego que recorressem aos casamentos e baptizados para obter trabalho, pois os músicos de Leste, a recibo verde, serviam muito melhor...
Entre o diálogo da deputada com o sindicalista este respondeu-lhe que um músico que tocasse tuba ou fagote dificilmente teria trabalho nesses eventos.
A deputada MJNP insistiu na vantagem dos músicos de Leste e na sua superior qualidade.
O sindicalista retorqui-lhe que infelizmente , em termos de qualidade, não se poderia substituir a mediocridade de deputados, políticos portugueses, que agem na AR como a srª deputada MJNP.
Ora...
"Cesteiro que faz um cesto faz um cento"...

Boa Noite e um Abraço

Joseph

berto disse...

E quando Cavaco visitou Moçambique em Março de 2008, este casal viajou na comitiva presidencial e deixou uma continha por pagar num restaurante, para além de tratar quem os serviu de forma inconveniente.
http://antropocoiso.blogspot.com/2009/12/um-apelo-de-maputo.html

Hilário disse...

será que ainda existe pessoas que tenham dúvidas do carácter fascizante desta rica senhora.

Um Abraço

samuel disse...

Per tutti:
Infelizmente... já tantas horas depois, continua deputada!


Saludos!

Fernando Samuel disse...

Não estás a ver bem: o que a senhor é, é... multifacetada...

Um abraço.