domingo, 26 de abril de 2009

Certezas de Abril



"...e que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança".

(António Gedeão)

12 comentários:

Maria disse...

... e quem não o perceber perdeu o combóio do Futuro...

Abreijos!

salvoconduto disse...

Sonhemos então.

Abraço.

Lúcia disse...

Só quero deixar o meu obrigado a ti que tb. fizeste da cantiga uma arma. E à Maria.:)
A minha geração agradece, com certeza:)

anamarta disse...

Que nunca deixemos de sonhar!
e realizando os nossos sonhos vamos construir um futuro mais radioso para os nossos filhos!
Um abraço e um cravo vermelho

Daniel disse...

Hoje ao serão falámos deste poeta que, se não fosse tão grande, teria morrido no mesmo instante em que morreu o autor do nosso livro de Físico-Químca.
Sejamos, pois, crianças toda a vida.

Sal disse...

Um cromo veio provocar-me ao meu blogue, e perguntava-me precisamente isso, que idade é que eu tinha - como se isso contasse - e como poderia ter tantas certezas em relação ao 25 de Abril...
Nem me dei ao trabalho de lhe responder. Eliminei o comentário, pura e simplesmente. Quem não compreendeu Abril até agora, não é por lhe explicar mais uma vez que vai compreender.
Mando-te muitos cravos vermelhos!
Beijinhos

Anónimo disse...

... e que o nosso sonho se concretize!

Abraço
Rui Silva

fj disse...

...e como sonhamos ...por x demais...o Mundo avança a toda a velocidade...qual TGV.
Não querendo ser pessimista, já muitos o perderam e outros mais irão descendo nas próximas paragens.
Um Abraço!

Fala-se demais em Abril...e muito pouco nos meses seguintes. O que é lamentável.

oasis dossonhos disse...

http://aguasdosul.blogspot.com/2009/04/35-anos-depois-o-povo-saiu-rua.html

Saudações fraternas

Luís

Justine disse...

Incapaz de ler esse poema sem ouvir a voz grande do Manel:))

Fernando Samuel disse...

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida...

Um abraço de Abril.

samuel disse...

Maria:
Que dificilmente volta a passar...

Salvoconduto:
Sempre!

Lúcia:
Não é para agradecer... é para continuar. ☺

Anamarta:
E para nós... ☺

Daniel:
O bom do professor não coube em si... e deu no que deu. Ainda bem!

Sal:
Temos a idade suficiente para (voltar a) começar tudo!

Rui Silva:
Dia a dia...

FJ:
É bem verdade! Falemos então, sempre!

Oásis dos sonhos:
Bonito!

Justine:
A voz é exactamente como ele... ☺

Fernando Samuel:
Tão concreta!...


Abreijos colectivos!