terça-feira, 7 de abril de 2009

Paulo Pedroso começa mal!





Acho que nunca aqui me ouviram falar de Paulo Pedroso. Nem dos seus vícios privados, que não me interessam, nem das suas públicas virtudes, que ao que parece, não existem.

Depois de sacar algum ao Estado, por conta de uns erros técnicos na condução do "Processo Casa Pia", depois de derrotado na sua intenção de sacar ainda mais algum, desta vez às vítimas de comprovadas violações, dado o facto de o tribunal achar que as vítimas (os alegados difamadores) falaram verdade, Paulo Pedroso, pelos vistos, pretende continuar a “facturar” em cima do mesmo caso.

Usando de um seu direito, resolveu candidatar-se à presidência da Câmara de Almada. Para além da especialidade do Partido Socialista, sempre que se confronta com a CDU, que é fazer um tipo de campanha que nem tem classificação, dado o tipo de ataques e os protagonistas que vão desenterrar para os fazer, Paulo Pedroso resolveu, à cautela, não vão os adversários políticos ter pudor de o envolver no escândalo da Casa Pia, avançar ele próprio com o dito escândalo para cima da mesa, vitimizando-se antes de ser atacado, vociferando contra hipotéticas e futuras difamações por parte dos adversários.

Assim, de facto, não é necessário ir remexer no nojento lamaçal do "Processo Casa Pia". A realidade encarrega-se de nos mostrar que afinal, pelo menos em termos políticos, o candidato Paulo Pedroso é um porco!

24 comentários:

jrd disse...

O PS sempre teve dedo para encontar candidatos à Câmara de Almada. Em tempos foi o "amarelo" do Torres Couto, que também se armou em vítima de uma "carga de porrada" falhada e mal encenada.
É o que se pode arranjar lá para aqueles lados.

Aristides disse...

Tenho ideia de que na apresentação desse grande líder da classe operária Torres Coutoaa como candidato à Câmara faltou a luz e ele, oportunisticamente tentou airar as culpas para a CDU na tal estratégia de vitimização que eles acham que dá resultado,mas enfim...
Na apresentação do corajoso Pedroso também me quer parecer que faltou a luz. Pelo menos faltou a vergonha.
Abraço

António Abreu disse...

Porcaria atrás de pocaria são as únicas "novas" que nos vêm de tal caneiro.
Já com o olfacto condicionado, só pensam nas eventuais porcarias dos outros, tentando marcar o campo do debate eleitoral no campo dos seus maus-cheiros e não do dos interesses dos municipes. Paz à sua candidatura...

anamar disse...

Oi, Samuel, cada vez "menos dores de dentes" para morder nessa matilha...

P.S., com muita pena minha , á ultima da hora ,não poderei ir ao encontro na Costa da Caparica... dia11 ,ver olhos nos olhos pessoas que tanto prazer me dá, era uma alegria...adiada!!
Bom Encontro!!!
Abreijo

Antuã disse...

o PS (paulo Sabujo) é assim.

Maria disse...

Ouvi-o dizer essas coisas. E dizer que a época do medo já acabou.
Pois já! ELE QUE NÃO SE ESQUEÇA!

Abreijos

do Zambujal disse...

Há uma coisa que "eles" não suportam. É "nós" sermos assim.
"Eles" chafurdam em toda a porcaria que fazem (e que são), "nós" atacamo-los politicamente. E, lá entre "eles", trocam freeports por bpns, e ficam desorientados porque "nós" não entramos nessas. Vai daí, contra-atacam antes do ataque que "eles" fariam se fossem "nós", defendem-se do que não fizemos nem faríamos. É... curioso!
Agora este bem adjectivado porco escolheu (ou foi escolhido) para uma boa autarquia! É que, ainda por cima, ou são burros ou há, nesta escolha, algum maquiavelismo... Mas é lá com "eles"!
Um grande abraço, Samuel

Joao Carlos disse...

muito sinceramente penso que devido ao carácter de proximidade com as populações proporcionado pelas eleições autárquicas não será com este tipo de candidatos que haverá algo a temer.

Este personagem só se safou por ser um artista da advocacia, um cérebro brilhante na manipulação das leis e dos seus intervenientes.

O PXuchalista, esse mais uma vez está a fazer a politica do cano de esgoto.

CRN disse...

A suinicultura não é uma actividade com muitos adeptos em Almada, menos mal que assim é, podemos viver e confraternizar sem a brigada do lápis azul a espalhar o seu cheiro, sem distribuir o aborrecimento.

A revolução é hoje!

salvoconduto disse...

Tal como tu também nunca escrevi ou comentei o que quer que fosse sobre o respectivo senhor. Depois de o ouvir na televisão também eu criei em mim a opinião de que o homem é mesmo porco. Se fosse cidadão de Almada por certo teria ensejo para lhe o dizer de viva voz.

Aurora disse...

Foi absolvido apesar dos «alegados difamadores» terem falado verdade.
Não estou a compreender, alguém me podia explicar?

Começo a desconfiar que o único culpado vai ser o BIBI.

Anónimo disse...

O lado até é o certo, esquerdo, mas também é sempre a mesma; Emilia empregada e Emilia patroa. Quer dizer, uma terra tão cheia de gente boa só tem esta? Realmente o camarada tem razão: (...)A organização de uma luta pressupõe a existência anterior de uma organização política em condições de realizar aquela. (…), pois é os operários têm andado distraídos.
No entanto vá de retro esse merdoso.
ANÓNIMO SEM GOSTO?
RUMO À VITÓRIA

BlueVelvet disse...

A candidatura dele não me preocupa muito. Não acredito que alguém no seu perfeito juízo vote nele.
O que não percebi é essa história de terem considerado que as vitimas falaram verdade. Então como é que ele não está a ser julgado? Dá para explicares?
Abreijinhos

Orlando Gonçalves disse...

Porco é pouco, coitados dos suínos, não tenho adjectivos para dizer o que este senhor é. Só espero que o povo de Almada saiba dar a resposta que eu gostaria de dar.

Hilário disse...

Está aqui o exemplo de que o PS não olha a meios para atingir os seus fins.

Em termos politicos porco é muito pouco, para o candidato P.P.

Um Abraço

Maria Manuela Martins de Oliveira Lopes disse...

Estamos de acordo que o Pedroso é um grande porco, mas não te esqueças de meter na mesma pocilga a tua camarada Emilinha, que instituiu um regime de terror e de tirania em Almada, promovendo o assedio moral de todos os trabalhadores que nao professem a religião de Brejnev e tornando a autarquia (que é de todos) uma sucursal do partido único.
Em Almada há medo, muito medo. E há razões para isso, porque o KGB tranferiu-se para aqui, depois de o muro da vergonha ter caído.

duarte disse...

eu gostava de o ver passear por perto a esse %#"#%#"...
ele que se cuide! Que de gente mentalmente abjecta andamos fartos.
abraço para toda a gente de bem.

samuel disse...

Jrd:
De facto, os candidatos do PS a Almada têm sido sempre para queimar. Será de propósito?

Aristides:
É falta de “luz” sim senhor!

António Abreu:
Que a terra lhe seja leve... ☺

Anamar:
Espero bem!
Lá estaremos... fica para a próxima.

Antuã:
Mas não era preciso ser tanto.

Do Zambujal:
Quer-me parecer que aquela “candidatura” é, como diria a Natália, a organização “do enterro, mais adiante”...

João Carlos:
“Política de cano de esgoto” é o que lhes sai com mais naturalidade.

CRN:
Do que tenho conhecido de Almada, de facto, não é!

Salvoconduto:
Os almadenses vão fazê-lo e de maneira bem sonora... nas urnas.

Aurora:
Amiga... toda a gente já percebeu que o Bibi saía da Casa Pia com carrinhas cheias de miúdos, para os ir entregar... a ninguém!

Anónimo:
???

BlueVelvet:
Se eu fosse capaz de explicar uma coisa destas... estava rico, só a fazer conferências e palestras, por esse mundo...

Orlando Gonçalves:
Sabe, sabe!...

Hilário:
É pouco... mas foi o que me saiu... ☺ ☺

Maria Manuela Martins de Oliveira Lopes:
Temos, afinal e apesar de tudo, uma coisa em comum: Lopes.


Abreijos colectivos!

samuel disse...

Duarte:
Deixa... este, felizmente, estampa-se sozinho...


Abraço

Fernando Samuel disse...

É mais uma caso do dia-a-dia do PS em matéria eleitoral...

Um abraço.

vermelho disse...

.
.
...:...
:
.
.
.
He will not rest in peace because the childrens pain does not lie!
Abraço.

samuel disse...

Fernando Samuel:
Mas escusava de ser tão "gráfico"...

Vermelho:
Por esse lado, amigo, já não tenho grandes esperanças...


Abraços.

Anónimo disse...

... sujo!!!
Rui Silva

Aurora disse...

Maria Manuela Martins de Oliveira Lopes, cuide-se, porque a Emilinha lê este blog e qualquer dia o KGB bate-lhe à porta.

Ah! Ah! Ah!

Assim vai o anti-comunismo do século XXI.