segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Lixeira a céu aberto



Sempre me impressionou a violência das condições de trabalho das pessoas obrigadas a sobreviver trabalhando em lixeiras a céu aberto, locais verdadeiramente asquerosos, onde, quando se pensa que já nada de mais nojento pode aparecer, na seguinte cavadela aparece alguma coisa que nos faz vomitar ainda mais violentamente. Foi exactamente o que me aconteceu quando a meio da pesquisa de links para documentar o post sobre a “lei das blasfémias”, na Irlanda, deparei com esta bosta, ou para ser mais simpático, esta besta.

Vamos ao assunto. Estabelecido que estamos a falar de uma besta, vamos juntar-lhe mais umas informações para guiar o leitor.

A besta é espanhola, é Cardeal da Igreja de Roma, onde vive... e a ver pela fotografia, entre outras perdas irremediáveis, há muito deve ter perdido o sentido do ridículo. Chama-se António Cañizares.

A besta pede muitas dispensas para se deslocar a Espanha, mas não por saudades da pátria. O caso é que a besta só gosta do que é bom e daí a tornar-se o “cardeal da moda” do Jet-Set mais reaccionário e corrupto de Espanha foi um passo. Assim, quando se desloca ao seu país natal é para participar como convidado principal em grandes e multimilionárias festanças desse Jet-Set, como casamentos, baptizados, bodas de prata e de ouro, que realiza e abençoa... entupindo-se a seguir com grandes comezainas fornecidas por chefs carregados de estrelas. O facto, perfeitamente acessório, de ser íntimo do editor da “Revista Playboy” espanhola, deve querer dizer que é um amante da Natureza.

Perguntam vocês, “ó Samuel, e porque é que resolveste implicar com esta besta em particular, quando há para aí tantas iguais?” Simples! Porque esta besta, empenhada na luta contra a lei do aborto, em Espanha, aproveitou o balanço e a polémica sobre a pedofilia “religiosa” na Irlanda, para fazer comparações... e imaginem, a pedofilia saiu a ganhar!

Segundo a besta, a pedofilia, como se pode ler mesmo no final da notícia deste link, "não é comparável ao que podia acontecer em algumas escolas com milhões de vidas destruídas pelo aborto".

Dizer o quê? Voltando ao princípio… acho que prefiro as lixeiras a céu aberto!

12 comentários:

Maria disse...

Sem comentários. E sem outros nomes, que me apetece chamar-lhe TODOS...

Abreijos

Meg disse...

Estou impressionadíssima com a "cauda"...
em que raio de mundo vive esta gente?
Estas imagens são obscenas, Samuel.
Podias pôr ao lado, ou antes, aos pés, uma criança a morrer de fome, com um abutre à espera que morra para lhe devorar os restos.

Fui bruta, não fui? Mas foi o que eu "VI"!

Abreijos

smvasconcelos disse...

Fogo!!!! Que imbecil!! Nojento mesmo!
E tantos outros palavrões e impropérios que me passam pela mente!!
bjs,

Antuã disse...

E assim vai o reino de Deus!...

Ana Martins disse...

Ele já tinha feito essas afirmações em Maio

http://eirademilho.blogspot.com/2009/05/ateia-sim-senhor.html

Fernando Samuel disse...

Não achas que, nestas circunstâncias, chamar-lhe besta é estar a elogiá-lo?...

Um abraço.

Rui da Bica disse...

Absolutamente REVOLTANTE !
Uma GRANDE LIXEIRA NOJENTA é o que eu vejo nesta foto !
O tempo, lentamente, lentamente demais, vai encarregar-se de extinguir esta raça!
Em cada ano que passa vão sendo menos, felizmente.
.

Curioso do Mundo disse...

Se esta é lixeira a céu aberto o que não será a céu oculto...

Saúde

Graciete Rietsch disse...

Além de nojento ainda por cima é ridículo e sem vergonha.
Um beijo.

Carlos Machado Acabado disse...

Interrogo-me de que filme do Pasolini ou do Ferreri saíu este fabuloso instante "kitsch/camp" disfarçado...

samuel disse...

Per tutti:
Desculpem lá!...


Abraços!

Anónimo disse...

Depois do terramoto no Haiti.

O homem, as vaidades e os seus pecados! Orgulhosamente homemzinho.

Monte de M* da Humanidade, a razão de ser de quem se revolta contra o que de pequeno, permite saber que o Homem é Grande!!!