segunda-feira, 8 de março de 2010

Cavaco Silva – Com todos os dentes que tinha na boca



Questionado por jornalistas, durante a sua visita a Andorra, sobre a sua mais que provável recandidatura à Presidência da República, Aníbal Cavaco Silva, talvez para experimentar o “estilo” que tornou José Sócrates famoso, respondeu que, para além de faltar mais de um ano... ainda não dedicou «um único momento do seu pensamento ao tema».

Quem pensou que eu iria agora dizer uma molhada de coisas desagradáveis sobre o nosso Presidente... enganou-se. Hoje estou bem disposto e que diacho!, qual de nós é que não disse, pelo menos uma ou outra vez, uma mentirita?

Pronto... talvez não tão descarada e ridícula como esta...

E pensando bem, que necessidade teria eu de me dar ao trabalho de dizer coisas desagradáveis sobre o Presidente Aníbal Cavaco Silva, se alguns “notáveis” do seu próprio partido se encarregam disso tão bem ou melhor do que eu, como é o caso de Morais Sarmento, antigo ministro de Durão Barroso e Santana Lopes, que se saiu com esta frase, tão “notável” quanto ele próprio... e de que nem eu me lembraria:


9 comentários:

Maria disse...

Com amigos destes o PR não precisa de inimigos...

Abreijos.

duarte disse...

"maus hábitos politicos?"
....
nada que uma boa lavagem não resolva.e escovas n faltam(pasta muito menos)
abraço do vale.

Irlando disse...

Para um,e para outro,pasta medicinal Couto

Antuã disse...

os broncos também mentem.

Daniel disse...

Pois eu acredito no homem. Que eu saiba, pensar não é o seu forte.

Fernando Samuel disse...

Que pivete!...

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

Eles bem se conhecem uns aos outros.

Um beijo

anamar disse...

Uhmmmm....
Abreijo
:))

samuel disse...

Per tutti:
E agora que finalmente arrancou com a campanha eleitoral à séria... estamos feitos! Vai ser disto a toda a hora...


Saludos de lés a lés.