sábado, 27 de março de 2010

Eclipse suíno



Segundo as próprias palavras de Francisco George, o nosso empenhado director geral da Saúde, o vírus H1N1, da famosa gripe A, a tal que, segundo os crédulos meios de comunicação social e autoridades de saúde internacionais, iria dizimar quase um terço da população mundial, «eclipsou-se».

Bom, nem tudo é “mau”. Os crápulas, donos dos laboratórios e empresas farmacêuticas, que convenceram essas autoridades e os media a espalharem o pânico em todo o mundo, “forçando” os governos a comprar milhões, muitos milhões de vacinas para além daquelas que eram efectivamente necessárias, esses fizeram fortunas gigantescas... que levarão imenso tempo a eclipsar-se.

6 comentários:

Maria disse...

Entretanto os milhões de vacina comprados serão destruídos.
Daqui a um tempo virá outra gripe com outro nome qualquer... e a história vai repetir-se...

Abreijos

Diogo disse...

Mas já dizem na televisão que o H1N1 vai atacar novamente em força no próximo Outono. Será uma boa altura para comprar mais uns milhões de vacinas.

joão l.henrique disse...

E nesta fotografia onde é que pomos a Organização Mundial de Saúde? Eu penso que ao centro, fica bem.

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

Eu sempre disse que essa história da gripe suína era uma burla e tinha objectivos inconfessáveis. E agora isso já é indes ment´vel.

Um beijo.

Fernando Samuel disse...

Assim se eclipsassem todos os vírus - esses reais - de que o PEC é portador...

Um abraço.

samuel disse...

Per tutti:
Com a crise a não facilitar... não tarda nada vem por aí um novo papão qualquer.


Abreijos gerais.