terça-feira, 6 de novembro de 2012

Capitalismo de casino


Este pequeno pormenor da capa do Correio da Manhã, “recortado” da net, é dedicado aos poucos que aqui no “estabelecimento” e no país, ainda ficam enxofrados quando se chama a este regime “capitalismo de casino” e aos seus executores, bandidos, canalhas, gangsters, lacaios, vendidos, traidores... ... as “ofensas” do costume.
É “edificante” confirmar que os descontos feitos pelas pessoas, descontos retirados aos seus vencimentos e à sua, tantas vezes parca, qualidade de vida, são jogados (e perdidos) na bolsa, indo saciar os apetites e engrossar as criminosas fortunas de especuladores sem cara ou pátria.
As consequências para quem depende dessas reformas são as que se imaginam.
Já quanto aos “jogadores”... é uma pena que, ao contrário dos clássicos jogadores que perdiam e perdem nas mesas de jogo casas, herdades, carros e joias, para depois aparecerem pendurados numa árvore qualquer, ou com um tiro auto-administrado nos miolos... é uma pena, como dizia, que estes “jogadores” que nos governam hoje e têm governado ao longo dos anos, fiquem eternamente impunes.

6 comentários:

Luís Coelho disse...

é uma pena, como dizia, que estes “jogadores” que nos governam hoje e têm governado ao longo dos anos, fiquem eternamente impunes.


Transcrevo esta frase que faz eco de toda a minha revolta.

trepadeira disse...

Se não for auto-administrado,pode ser que alguém lho administre.

Um abraço,
mário

anamar disse...

Um país de horrores...
Abracinho

Ana

João de Sousa Teixeira disse...

O que é que se faz àqueles que esturram no jogo o dinheiro de terceiros?
Cadeia com esses bandoleiros de gravata!

faff disse...

É a democracia (?) na Merkelândia de Passos/Portas/Seguro.
Assim se faz Portugal...
http://inquietar-te.blogspot.pt/2012/11/assim-se-faz-portugal-uns-vao-bem.html

Olinda disse...

Mais um crime de gestao econômica,cujos responsâveis ficarao impunes.Portugal ê realmente uma repûblica das bananas.