quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Orçamento – A grande pressa...


Em conversa, um amigo questionava-se sobre o real significado da pressa dos deputados da maioria PSD/CDS, apoiados por uma grande parte dos deputados do PS (honra seja feita aos dezasseis deputados e deputadas que não alinharam, votando a favor do requerimento apresentado pelo PCP e BE), no sentido de acelerar e atamancar o debate e votação do Orçamento, obrigando todos os parlamentares a “queimar” a hora do almoço, anulando a sessão de trabalhos da tarde.
A teimosa pressa, entusiasticamente liderada pela senhora Presidente da Assembleia, seria no sentido de avançar rapidamente para o feriado, meio dias antes... ou para escapar ao som dos protestos dos manifestantes?
Argumentei que não. Nem uma coisa nem outra! A espertalhaça e modernaça (embora apenas no penteado) dona Assunção Esteves, tem este vício já antigo: é useira e vezeira a despachar tudo o que pode, muito antes do tempo normal.

6 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

É uma bruxa linda! As gorduras do Estado que os tintos cor-de-abóbora apregoam, são feitas de febras (ou fêveras) como esta. Tão arrumadinha na sua reformazinha de "dolce fare niente". Tão sapiente que nem o regimento da sua casinha dourada conhece. É tão enternecedorazinha que só apetece é dar beijinhos e xicorações.

Jose Rodrigues disse...

A cachopa que é jeitosa,lá isso é.O pior é dar-se muito bem a defender o seu tachinho e os PANELÕES dos muito ricos por obra e graça da política de saque e destruição levada a cabo por Passos,Portas,Cavacos,Merkel e CIª,consentida pelos INSeguros do PS.14 Novembro GREVE GERAL!

Abraço

trepadeira disse...

Despacha,despacha,até ser despachada.

Um abraço,
mário

Rogério Pereira disse...

A grande pressa... dessa grande peça

Edgar Carneiro disse...

Confirma o ditado: quem vê caras ...

Anónimo disse...

Tem que fazer os salamaleques aos senhores da direita. Não que auferir do Estado mais do que um vencimento para as magrezas!!! isso pode ser!
Mas que honestidade!!!....
Vicky