segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Cabala, insídia, luvas, maré negra...



Com um pedido de desculpas aos senhores das "Especialidades da Murtosa", a quem, desevergonhadamente surripiei e "martelei" este rótulo no Photoshop cá de casa, o que bom trabalho deu... sim, que eu não sou designer gráfico e bem bastou ter que inventar os nomes para as conservas, mas tudo dentro do melhor espírito de saudável humor e da indispensável "Presunção de Inocência" em relação a toda a gente, sobretudo de Sua Excelência o Primeiro Ministro, ao qual, a faltar alguma coisa (o que é duvidoso) seria a inocência, pois presunção tem para dar e vender.

Sempre atentos às últimas tendências do paladar nacional, os nossos amigos da centenária conserveira “Especialidades de Alcochete” não tardaram a colocar no mercado estes suculentos “Filetes de Cabala”.

Outras marcas conhecidas, para não serem ultrapassadas, preparam-se para inundar os escaparates com saborosas “Insídias de Caldeirada”, “Luvas Recheadas” e o surpreendente “Escabeche de Campanha Negra”.

Assim não nos falte a lata!...

16 comentários:

salvoconduto disse...

Qual azeite qual carago! Cabala de Alcochete?! Quando muito óleo de travões!

BlueVelvet disse...

Samuel,
tu és demais.
está fantástico este post:)
Abreijinhos

Maria disse...

Só mesmo tu para me provocares um ataque de tosse a esta hora... :)))

Abreijos

Anónimo disse...

Então, Samuel, ele já deixou de ser Presidente do Conselho?
Para mim, continua!
Pareço um tarado, a rir, sózinho, à gargalhada.
Valeu a pena a trabalheira!!!

Rui Silva

Antuã disse...

o que eles precisam é duma caldeirada de salmonelas porque caldeirada de enguias vou comê-la feita por uma camarada de Pardilhó. mas desta não merecem os socretinos.

Crixus disse...

Definitivamente a melhor forma de começar o dia. O Samuel é genial. Um abraço

Fernando Samuel disse...

Excelente divertimento...

Um abraço.

amigona avó e a neta princesa disse...

Fazes-me bem à alma, Samuel!!! Abreijos

Justine disse...

Um grande vivá tua imaginação e criatividade!
E até já estou com água na boca, com tanto petisco...

O Puma disse...

Como sempre cavalas

as cabalas

Zorze disse...

O que me tocou mais especialmente foi a "insídia".

Abraço,
Zorze

samuel disse...

Salvoconduto:
A “cabala” não é pescada ali... “diz que” vem de fora.

BlueVelvet:


Maria:


Rui Silva:
Por aqui também continua.

Antuã:
Olha se a inveja matasse?!...

Crixus:
De alguma maneira tem que se começar...


Obrigado pela visita.

samuel disse...

Fernando Samuel:
É combustível para o caminho...

Amigona Avó:
É também para isso.

Justine:

Quanto ao petisco, havemos de arranjar (mais) um dia...

O Puma:
Boa escolha!

Zorze:
Quando são bem temperadas...


Abreijos colectivos.

Pedro Penilo disse...

O único que não está no mercado é o mexilhão, que, como se sabe...

samuel disse...

Pedro Penilo:
Esse, coitado... já era!

Abraço

Dulcineia disse...

Mas que lata, caro Samuel!
Bem, o m/negócio mesmo é rir e estou a ficar viciada em vir aqui, pq me farto de rir e me espanta a critividade do autor - parabéns!
E, desde já fica aqui a m/oferta de um contributo para uma sessão de yoga do riso - seja para festejar algo, antecedendo alguma caldeirada ou sardinhada, rs.
~Bem, com esta risada toda, mas estou mesmo a falar a sério. O riso é algo muito, mas muito sério! Parabéns!