segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Esquerda!!! Voooooolvêr!!!




Depois de devidamente ocupado parte do território da direita e saqueadas as tulhas onde esta guardava as suas políticas, políticas essas que o PS tem usado e abusado (sobretudo, abusado), chegou a altura de Sócrates e os seus propagandistas se lembrarem de que alguns militantes do seu partido ainda têm ideias, sonhos, projectos de esquerda e que os seus corações ainda estão tocados pelo espírito de Abril.

Assim, passada a fase das baboseiras genéricas, tipo “nós é que somos o partido popular da esquerda moderada”, Sócrates decidiu passar ao ataque, arranjando “bandeiras” concretas para jurar as suas convicções de esquerda “mesmo à séria”.

Até aqui tudo bem. Se o homem já enganou tantos milhares de portugueses, porque é que não há-de tentar voltar a enganar, mesmo os militantes e simpatizantes do seu próprio partido, sobretudo aqueles que já estão desiludidos, desconfiados, ou mesmo perdidos? O que é patético é que as “bandeiras de esquerda” que conseguiu inventar, assim de repente e a ver pelas suas mais recentes intervenções públicas, limitam-se a pouco mais que a regionalização e o casamento dos homossexuais, tanto homens como mulheres.

Sua Excelência o Presidente do Conselho, lá sabe!... De qualquer maneira acho que é minha obrigação chamar a sua Excelentíssima atenção para duas ou três coisas.

1. Neste momento, dada a situação económica e social que se vive no país, o povo português sente-se tão motivado e mobilizado para discutir a regionalização, como para se descalçar e desatar aos pontapés a paralelepípedos da estrada.

2. Uma grande parte dos homossexuais, tanto gays como lésbicas, já são casados, quase todos pela Igreja, têm filharada a perder de vista... só que para disfarçar, eles, os gays, casaram-se com mulheres e elas, as lésbicas, casaram-se com homens. Alguns e algumas (não vá alguém suspeitar de alguma coisa), são mesmo quem mais bate no peito e pede castigos divinos para “esses desviados”, ou “doentes”, como lhes chama o Cardeal Patriarca.

3. Dos restantes gays e lésbicas, os assumidos, que obviamente têm todo o direito a casar-se, divorciar-se, amigar-se, juntar-se, o que quiserem, sem que matilhas de beatas e “mal resolvidos” venha apontar-lhes o dedo e dizer-lhes o que devem ou não devem fazer das suas vidas privadas, quero crer que muitos, neste momento e repito, dada a situação económica e social em que estamos, para a qual Vossa Excelência largamente contribuiu, estão muito mais interessados em serem homossexuais com empregos e futuro, mesmo continuando solteiros por mais uns tempos, do que casados e desempregados. Prioridades... tá a ver?

Mas continue a esforçar-se, senhor Primeiro Ministro! Vai ver que mesmo sem o sentir nem pensar, um dia destes consegue dizer alguma coisa realmente de esquerda...

15 comentários:

Hertz disse...

kdo começar a caça ao voto,o homem vem jurar k foi sempre marxista...k o capitalismo está moribundo...o homem faz lembrar akeles k afinal são elas k habitam nakeles sites malukos!!!

Maria disse...

O homem não sabe bem a que se agarrar em ano de eleições...
Assertivas, estas palavras, mesmo na mouche!

Abreijos

salvoconduto disse...

Desse não acredites, é caso perdido. Ou arranjam outro ou podes crer que até o nome do partido mudará e se calhar até eram bom, assim não por aí também deixava de enganar.

Abraço

anamar disse...

A sua verbe é uma verdadeira arma!!! que a língua não lhe doa, como diz o ditado!!!!
Abracinho

Anónimo disse...

É Presidente do Conselho, Samuel!
De resto... Brilhante! (como de costume).
Rui Silva

Miguel Jeri disse...

Boa malha!
O Kaos disse algo parecido, por outras palavras, no seu blogue. Vale a pena passar lá, nem que seja para ver as já conhecidas montagens.

Abraço

pintassilgo disse...

Ele é da esquerda modernaça. Até já vem defender os temas do Bloco erótico.

do zambujal disse...

Excelente post. Sobre as manobras de diversão e os desvios... e não sexuais.
Abraços

XICA disse...

Bingo!

BlueVelvet disse...

Samuel,
não, "ele não tá a ver..."
O homem não vê nada para além dos seus próprios interesses.
Abreijinhos

Ana Camarra disse...

Samuel

Temos que concordar que se está a esforçar....mais do que para os exames de Inglês Técnico!

beijos

Fernando Samuel disse...

Exactamente: «mesmo sem o sentir nem pensar»...


Um abraço.

samuel disse...

Hertz:
Jura o que for preciso...

Maria:
Se isto não fosse uma tasca decente, ele ia agarrar-se mas é...

Salvoconduto:
Já faltou mais, certamente.

Anamar:
Por vezes é mesmo a única que resta...

Rui Silva:
E que esperar do Presidente do Conselho?

Miguel Jeri:
Passo com alguma frequência...


Abreijos...

samuel disse...

Pintassilgo:
Modernaça... e popular-moderada.

Do Zambujal:
Como qualquer prestidigitador. Sobretudo, nunca deixar que se olhe para a mão...

Xica:
☺ ☺

BlueVelvet:
E por estes dias, tem bastante com que se entreter...

Ana Camarra:
Mais do que alguma vez sonhou.

Fernando Samuel:
Está estampado na cara... e nos actos.


Vai mais um copo?

Prec disse...

Num país onde aumenta largamente a pobreza, faz o nosso primeiro, um desvio à "esquerda" para falar dos casamentos de homossexuais, esperando que nos esqueçamos do que é realmente importante nesta altura ....
A julgar pelso títulos dos media, parece que se saiu bem