sábado, 21 de fevereiro de 2009

Grandes ditados populares






A Sal, do blogue “Mar sem Sal”, saiu-se com um achado muito interessante, motivado pela estranheza que lhe provocou o súbito “amor” que Manuela Ferreira Leite demonstra pelos trabalhadores, os seus postos de trabalho e sobretudo, as Pequenas e Médias Empresas.

No recente “manifesto” que Ferreira Leite bolçou para a comunicação social, contendo uma série de medidas para salvar a nossa economia, a dirigente do PSD apresenta-se, entre várias outras ficções, como a grande amiga das PME e dos seus trabalhadores e o seu partido como o paladino das ditas, defensor dos seus direitos, tendo desde sempre tomado para si as dores que afligem esse importantíssimo sector da nossa economia.

Tudo seria muito convincente se ninguém soubesse quantos anos esteve o PSD nos vários governos desde há mais de trinta anos, quantos anos esteve a própria Dona Manuela nesses governos e de como se comportaram em relação às PME, aos seus trabalhadores e no geral, ao país.

Para que não restassem dúvidas (e aqui entra o tal achado) a Sal foi dar uma espreitadela às páginas oficiais, na net, tanto do PSD, como do PCP, para ver que tipo de presença nessas páginas e na vida dos respectivos partidos, tinham as tomadas de posição, opiniões ou propostas apresentadas, que tivessem que ver com a vida e a resolução de problemas desses muitos milhares de cidadãos. O resultado é o que seria de esperar, mas chega a ser chocante a desproporção dos números. Enquanto no site do PCP as referências e textos são larguíssimas dezenas, preenchendo várias páginas, no site do PSD os resultados obtidos com a mesma busca à sigla “PME” é de... 7 entradas!

E assim fica demonstrado o enorme interesse e esmagador volume de textos e trabalho desenvolvido pelo PSD de Dona Manuela Ferreira Leite em prol das Pequenas e Médias Empresas. Pode ser tomado apenas como uma "curiosidade", mas convenhamos, bastante sintomática.

E assim fica, igualmente, demonstrado, quanta razão tem o nosso povo em tantos dos seus fantásticos ditados populares, particularmente neste, tão conhecido:

“Em casa da Ferreira, cara de pau!” (ou algo parecido...)

15 comentários:

salvoconduto disse...

Não será antes espeto de pau?...

Bom fim de semana

Hertz disse...

rssss...este cangalho talvez ainda se safe nakeles sites malucos!!!

Maria disse...

Pensei que era "em casa da Ferreira espeta de pau"...
:)))

E vamos todos lembrar o Zeca!

Abreijos

Antuã disse...

En casa da Ferreira cara de pau.

Joao Carlos disse...

ora aí está uma boa diferenca de votos!

A cara de pau Ferreira no espeto. E já!

Miguel Jeri disse...

Mais concretamente, 237 entradas VS 7 entradas - uma diferença de 30x que retira todas e quaisquer dúvidas. Com o apoio da direita dominado pelo PS, o PSD tem de se tentar virar para algum lado, incluindo os que tem vindo a renegar sistematicamente.

Hugo Besteiro disse...

É óbvio que a direita em época de eleições não pode ser honesta. :)

jrd disse...

É o Cavaco que resta do espeto queimado em pau de Loureiro.

Camolas disse...

Ditadores populares

poesianopopular disse...

Das duas uma, ou as duas!
Ou não têem memória!
Ou querem fazer-nos...parvos!
Será que esta gentinha não tem a noção do ridículo?
Abraço

duarte disse...

O grandioso PSD...está muito bem representado!!!
eu bou botar na manela( não sei o que hei-de botar...se for café , pode ser que saia um garoto).
Agora mais a sério:
Será que eles entendem a importancia das PME's na nossa economia?
Será que estão interessados em manter o que nos sobra de indenpencia económica (e por consequencia soberania), e auto-taxar-se ... ou será mais auto tachar-se?
em casa de pau , és peta ferreira!
abraço do vale

Hilário disse...

A menina Ferreira deve estar convencida de que a gente não se lembra dela quando foi ministra das finanças.

Já começou a campanha eleitoral.

Um abraço

Fernando Samuel disse...

As PME's sempe foram a grande preocupação da senhora: só que, por modéstia ou coisa assim, ela não tem falado muito nisso... - a confirmar que, em casa de ferreira, manuela de pau e leite em pó...


Um abraço.

Sal disse...

É uma farsante, num partido de direita que está com imensas dificuldades em aparecer, graças às políticas de direita do ps de Sócrates. E depois, quando tentam, sai-lhes aquilo...

beijinhos

samuel disse...

Salvoconduto:
Ou isso...

Hertz:
Esses é que deviam ser proibidos! Livra!...

Maria:
É um ditado de “geometria variável”...
Sempre!

Antuã:
E que cara!

João Carlos:
Isso deve doer...

Miguel Jeri:
Pronto, coitados... lembraram-se agora...

Hugo Besteiro:
Acho que até eles dão por isso... ☺

Jrd:
É uma espécie de cruzamento, é!

Camolas:
Popularuchos.

Poesianopopular:
Nas duas primeiras é que sim, na terceira é que não.

Duarte:
Estão a descobrir agora... pertinho das eleições.

Hilário:
Lembra, lembra!...

Fernando Samuel:
Eu não disse que o ditado tinha “geometria variável”? ☺ ☺

Sal:
Farsante é bom. Começou por farniente e agora passa a farsante.


Abreijos colectivos!