segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Oh!... Se calhar você diz isso a todas...







Como é que se pode ser suficientemente parolo, para, a partir de uma carta ostensivamente genérica, enviada para (pelo menos) toda a lista de presidentes, monarcas e primeiros ministros que felicitaram Barack Obama pela sua eleição, assumir que o presidente dos EUA lhes escreveu, pessoalmente?

O pessoal de Cavaco divulga a “sua carta” e o de Sócrates apressa-se a gritar “Também recebemos! Também recebemos!”

Como é que, mesmo admirando a pachorra dos serviços da Casa Branca, que se deram ao trabalho de introduzir ligeiras diferenças nos textos, certamente apenas para as cartas que iriam enviar para mais do que uma personalidade do mesmo país, esta gente não consegue (ou não quer) ver que tudo naqueles textos é um pro forma?

Como é que perante uma palermice destas, a imprensa e as televisões embarcam em títulos patéticos como:
“Obama escreve a Cavaco”,
“Obama conta com a ajuda de Cavaco”,
“Obama propõe a Cavaco acção conjunta para um mundo mais seguro”,
“Carta de Obama a Sócrates quer reforçar relações para edificar um mundo mais seguro”

Só faltam títulos a dizer “olhem para o respeitinho que o presidente da América tem pelos portuguesinhos”... “afinal, lá fora, somos muito considerados”...

Desgraçadamente, ao Rei de Espanha, em vez de encarregar o seu staff de enviar cartas tipo “chapa 3”, Obama telefonou pessoalmente, em directo e a cores.

Grrrrrrr! Gaita! Apre! Apre! Que raiva!!! Rais parta os espanhóis...

21 comentários:

BlueVelvet disse...

Pronto, já me fizeste rir.
Pensei exactamente a mesma coisa quando vi a notícia.
Somos mesmo parolos:(
Abreijinhos

Joao Carlos disse...

isso só prova a necessidade de uma urgente, mas mesmo urgente, conferência multidisciplinar entre Portugal e EU de Obamas.
Para que em directo e a cores e com todo o material acessório necessário, distribuir, promover, explicar e aliciar toda a nova administração Obama para o novo, novíssimo, já usado por todos os governantes portugueses, todos os governantes da América latina, todo o governo da Líbia, e quase, quase a por um pésinho na Rússia, sim na Rússia, que aquilo agora já é mais capitalista que o próprio capitalismo, e falava eu do novo, novíssimo, inquebrável, inodoro, azulinho, o novíssimo Magalhães versão SócrATES 4.0.
Para ver se de uma vez por todas Portugal não seja só conhecido por ter o cão de água mas também por ter nas novas tecnologias o grande, o único, o verdadeiro, o autêntico vendedor da banha da cobra.
Vamos pôr Portugal no mapa.

Joao Carlos disse...

desculpa lá, ó Samuel mas esse lenço está cheio de erros, porra!

Zorze disse...

Também pensei nisso.
Santa Paciência! Quanta parolice vai nos nossos media. E pior, é que a maioria vai nisto. Numa lógica de - Deu na televisão, é porque, é verdade.

No meu trabalho também faço muitas cartas padrão, espero que quem as receba não assuma que lhes estou a escrever pessoalmente e só para o seu EU.

Abraço,
Zorze

Nocturna disse...

Eu não acho que sejamos parolos, pelo facto de o presidente português ter dado relevo a uma carta que recebeu de Obama(igual a umas centenas quie devem ter ido para todo o mundo). Quem é parolo é o presidente que temos, mais o seu staff ,que decidiram fazer disso um acontecimento, como se todos nós fossemos tão parolos como eles, e não soubéssemos o que é a diplomacia.
Obama pede ajuda a Cavaco ? muito mal estaria o mundo.

ferroadas disse...

Eu também recebi não uma mas várias, da luz, água, gás, tv-cabo, telefone, seguro da casa, seguro do pó-pó, prestação da casa, os tipos combinaram pois recebi-as todas hoje. É um galo do caraças.

Em relação às cartas do Obama para o Cavaco vs Sócrates, é de uma pirosice quinto-mundista, própria de uma comunicação social ainda mais pirosa.

Abraço

Maria disse...

Quem é parolo, pacóvio, paleco, etc., é quem nos quer fazer acreditar que a carta foi individual... ou seja, a comunicação social, depois de recebidas ordens (provavelmente) de belém e s. bento...

Haja paciência...

Abreijos

Dulcineia disse...

Já me ri. Li os comentários e bisei (o riso).
Qdo vi as notícias, pensei "não acredito. será q nunca ouviram falar em circulares protocolares? será q pensam sermos todos atrasados, apenas pq foram eleitos? Que mediocridade" - Agora vejo que reflectiste a opinião de muitos, mas muitos, portugueses.
O lenço, está de morte, rs
Parabéns, pelo sentido crítico mas, principalmente, por conseguires provocar algo tão libertador como o riso!
Sorrisos

Manuela disse...

ah, ah, ah, ah!
LINDO!!!

Manuela disse...

ah, ah, ah, ah!
LINDO!!!

Judite Castro disse...

Os erros dos lenços de namorados, ou conversados.

Os lenços dos namorados eram “escritos” por bordadeiras escassamente alfabetizadas.
A escrita é fonética - escreviam com diziam, com a pronúncia do Minho: bai (vai), num (não), chabe (chave), tamem (também), dále (dá-lhe), cando bires (quando vires), etc.
São também um documento linguístico merecedor de estudo.
Há quem os borde hoje com erros para manter a tradição. A minha mãe tem uma grande trabalheira para pôr erros nos textos que escreve para bordar os lindíssimos lenços com que presenteia a família. Quando soube que ia receber o meu fiz questão de o pedir sem erros. Fui a excepção.

Ana Camarra disse...

Samuel

1º Adoro os lenços, com erros e tudo.

2º A esta hora está o Obama a pensar "Como é que eu fiz uma coisa estas ao Cavaquinho e su muchacho Socrates, tenho de os convidar para Camp David, imperdoável..."

Não?!

Parece impossivél!

beijos

Antuã disse...

Com o guarda-livros Cavaco e o agente técnico Sócrates tudo é de esperar. viva a Santa Parolice!!!

Rui Silva disse...

Será que eles vão aproveitar a ideia e agradecer a relíquia da carta enviando cada um o seu lencinho?
Se calhar...

Hilário disse...

Esta é a comunicação social que temos.

Continuam a jogar areia para os nossos olhos.

Um Abraço

Fernando Samuel disse...

Este provincianismo anibalesco e socretino só vem dar razão ao Obama, para o qual, como se vê, «gente nobre é outra coisa»...


Um abraço.

Swt disse...

Estes lenços são sempre lindos...

XICA disse...

"Parece mentira, vomecês tameim gozam com tudo, éi mod´essas e ôtras, cuxpanhois levam sempre a melhor.
Assim cum´assim a malta vai-se divertindo com alguma coisa!
Muitos mimos

Dona Sra. Urtigão disse...

HSHSHSHS!

samuel disse...

BlueVelvet:
Rir não muda nada... mas ajuda a enfrentar a realidade.

João Carlos:
Infelizmente, já está no mapa! Pena, que seja quase sempre por razões destas.
Ó João... esse é que é o charme dos ditos...

Zorze:
“Adoramos” ser reconhecidos “lá fora”.

Nocturna:
Ainda por cima, agora o Cavaco não pode... está muito ocupado a “ajudar” Dias Loureiro.

Ferroadas:
Não percamos a esperança. Talvez o Obama ainda nos escreva...

Maria:
Se a notícia não tivesse vindo dos gabinetes, como é que os jornais adivinhariam?

Dulcineia:
É um grande escape e, dizem, um bom exercício físico...

Manuela:


Judite Castro:
Não me importava nada de ter uma colecção. São deliciosos!


Abreijos!

samuel disse...

Ana Camarra:
Que é como devem ser.
Se ficassem por lá...

Antuã:
Grande padroeira!...

Rui Silva:
A acompanhar a carta de vassalagem?

Hilário:
Já não resulta com toda a gente, felizmente!

Fernando Samuel:
Não tem nem comparação! ☺

Swt:
Alguns têm quadras absolutamente fantásticas.

Xica:
É que esta moenga dos espanhóis já “irrita”...

Dona Sra. Urtigão:



Abreijos fresquinhos!