terça-feira, 17 de março de 2009

Asneiras por "via aérea"






Mesmo quando viaja a bordo do avião papal, o “tang pontífice” (aquilo lá é sumo?!...) mesmo estando teoricamente (dada a altitude) mais próximo da entidade patronal, não se coíbe de fazer afirmações que a deixam ficar mal.

Desta vez foi adiantando soluções para a SIDA, talvez para fazer passar o tempo, enquanto viajava para a África, soluções que passam, segundo ele, pelo “despertar espiritual e humano”, nem que seja à força (digo eu), sendo que as conversões musculadas são, há séculos, uma especialidade da sua igreja.

Paralelamente, há também, ainda segundo ele, a “amizade com os que sofrem”. Seria simpático, não fosse o facto de os sacerdotes que mais sinceramente praticam essa “amizade”, em alguns casos, verdadeira e activa solidariedade com as causas dos povos, serem tantas vezes aqueles que mais se afastam dos ditames do Vaticano.

Finalmente, para rematar, quando já se aproximava a “irmã” hospedeira do carrinho das bebidas, ainda teve tempo para produzir a grande frase da viagem: “A SIDA não será resolvida com preservativos!”

É bem verdade. Já pelo contrário, a lamentável existência deste papa... teria sido!...

Que pena!

14 comentários:

Maria disse...

Ó post delicioso...
Se calhar ainda não havia camisinhas quando ele foi feito, :)))
Estes tipos quanto mais falam mais se enterram.

Abreijos

Manuela disse...

Este ratzinger é o maior génio que deus nosso senhor alguma vez fez!

Que inteligência!
Que cérebro!

vermelho disse...

Este senhor devia era ter vergonha na cara. O Vaticano é um dos estados mais ricos do mundo. Se está preocupado com os que sofrem deveria agir para criar condições que minorassem esse sofrimento. Pois, mas isso é contrário aos interesses económicos das empresas que detêm... De facto uma coisa é verdade, o Diabo veste Prada!
Abraço.

anamar disse...

Porque enviou um comentário se não comentou nada.?...parafraseando João dos Santos.
Impossivel continuar...No comments!
Abracinho

rvn disse...

sam,
andamos a par nos assuntos, acabo de ver. É bom sinal, acho, talvez mau, se pensarmos melhor. Mas a tua fotografia é de longe melhor que a minha. E belo título, diga-se.

Em forma, portanto.
Deixo-te um abracito, vou todo contente.

rvn

Luís Rocha disse...

O senhor Ratzinger é um monstro, pronto tenho dito.

Mas também há boas notícias por estes dias:

El pueblo salvadoreño
tiene el cielo por sombrero
tan alta es su dignidad
en la búsqueda del tiempo
en que florezca la tierra
por los que han ido cayendo
y que venga la alegría
a lavar el sufrimiento
De Alí Primera "El Sombrero Azul"

Esta é bonita canção que Alí primera dedicou ao povo salvadorenho quando este lutava em armas contra a Ditadura do Capital nos anos 80. Hoje, volvidas algumas décadas, é dia de alegria para o povo salvadorenho que acaba de eleger um candidato da ex-guerrilha Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional.

O video da música de Alí Primera e um artigo sobre este momento histórico para o povo de El Salvador, aqui:
http://tirem-as-maos-da-venezuela.blogs.sapo.pt/15192.html

Lídia Craveiro disse...

Já Madre Teresa dizia aos doentes que se curariam pela fé e incitava a não tomar medicamentos. Querem coisa mais perversa!

Abraço

Lidia

Mar Arável disse...

O senhor papa prefere pagar indeminizações por práticas
pedófilas nos estados unidos da américa e contribuir em Africa
e no mundo dos pobres para
um novo holocaustro.
Quem quiser que se ajoelhe
o papa vem aí
fujam

salvoconduto disse...

Preservem, preservem o Papa!

Metam-no num armário com muita, muita naftalina!

alex campos disse...

......... ......................................bem já deixei de rir. Agora vou comentar. Temo que o papa não seja tão estúpido como parece.é, antes, um bom "actor". Pelos vistos era ele que controlava a vigência de outro famigerado de má memória, o joão paulo II.

um abraço

Antuã disse...

Não ataquem o homem porque ele é infalível. Nunca se engana, quando fala sai sempre um ar de nazismo.

Fernando Samuel disse...

Olha do que um simples preservativo nos tinha livrado...

Um abraço.

samuel disse...

maria:
É... bem que podiam ir enterrar-se, mas calados.

Manuela:
Ele parece que pensa isso...

Vermelho:
O diabo sempre vestiu muito bem...

Anamar:
Acho que fica comentado ☺

RVN:
Obrigado pelos elogios, gosto que vás contente, a tua fotografia é óptima (e o texto excelente!)... mas devias parar de assustar o pessoal e aparecer mais.

Luís Rocha:
Fico sempre contente quando descubro alguém que conhece e mais importante, não esquece o Ali Primera. Grande figura! Conheci-o e cantei com ele num Festival da Canção Política, em Sotchi. Ficámos assim uma espécie de “amigos à la minute”, nos poucos dias que tivemos para nos conhecermos. Pouco tempo depois, quando ele ainda movia os seus cordelinhos, para me levar a cantar à sua terra... teve aquele “acidente” tão mal contado.


Abreijos!

samuel disse...

Lídia Craveiro:
Deve ser por isso que enquanto sempre achei uma graça enorme à “Soeure Emanuelle”, a francesa, que é uma mente aberta e brilhante, ao mesmo tempo sempre fiquei indiferente (para dizer o mínimo) à Madre Teresa.

Mar Arável:
Dada a fortuna que gastam nessas indemnizações... na África é preciso poupar. Até nas camisinhas.

Salvoconduto:
Em vinagre, como os pickles, também se conservam bem...

Alex Campos:
Ele é mau, mesmo!

Antuã:
Sem dúvidas e a não se enganar... é uma espécie de Cavaco do Vaticano.

Fernando Samuel:
São estas pequenas coisas... ☺


Abreijos!