quarta-feira, 18 de março de 2009

Retrato de família com moldura amarela



O senhor José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, chefe do Governo do Partido (auto-intitulado) Socialista, acha que as duzentas mil pessoas que se manifestaram em Lisboa, foram “manipuladas” pelos sindicatos, que por sua vez são manipulados pelo PCP (e BE), acha que acções sindicais nunca deviam ter ligação a partidos, acha que os números não contam.

Como opiniões são uma bosta, mas ele lá sabe!...

O trágico é que horas depois de “achar” tudo isto, o senhor José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, chefe do Governo e Secretário Geral do tal PS, foi discursar no Congresso da “tendência socialista” da UGT, tendência essa presidida por João Proença, que aliás, também é Secretario Geral da própria UGT, cargo que acumula com o lugar de membro da Comissão Política do PS. Durante o discurso, teve uma “recaída” e voltou a dizer que é preciso um sindicalismo independente, livre dos partidos...

Felizmente há mais quem tenha reparado nisto, senão eu poderia pensar que tinha bebido alguma coisa estragada ou fundido uma qualquer parte do cérebro.

Ó senhor “inginheiro”, carago!!! Então se os números não contam, para que quer uma maioria absoluta? Não lhe chegam os votos da família e amigos mais chegados? E sobre esta “trapalhada sindical”, se o senhor não gosta de ser “insultado”, como lhe chama, por que raio diz e faz estas coisas? Olhe que o senhor, além de, obviamente, não ser lá muito inteligente, de facto põe-se a jeito! Se a esta estória não se puder chamar canalhice política, falta de vergonha na cara, sei lá... desonestidade, então que diabo é que se lhe pode chamar, criatura?!

12 comentários:

Ana Camarra disse...

Samuel

Desonestidade, canalhice, falta de vergonha na cara, pulhice, cabotismo, falta de espinha dorsal, falta chá (já dizia a minha avó), é o Zé Pinto em todo o seu esplendor de filha da putice, ele o Proença e tutti quanti.

(desculpa a linguagem)

Beijos

Maria disse...

Descaração, chamei-lhe eu.
Mas subscrevo todos os nomes da Ana Camarra. E mais os outros que aqui vierem...
Parece que combinámos...
:))

Abreijos

salvoconduto disse...

O personagem do lado direito continua a cumprir fielmente o papel que lhe foi destinado...

Abraço.

Antuã disse...

É a canalhice desavergonhada. e o tal réptil de nome Proença que veio pedir uma maioria absoluta?!... Isto não não é correia de transmissão dum partido, é a própria "candura".

cicuta disse...

A Moral é como a pomada, é para uso externo.
Socrates (o inginheiro)

Cs disse...

"Retrato de família com moldura amarela" dava um "ganda" filme.

Orlando Gonçalves disse...

Os outros são sempre os maus da fita e quando são os comunistas ainda mais, são eles que controlam tudo e manipulam as pessoas e mais, nunca deixaram de dar injecções aos velhos e a "comer" criancinhas ao pequeno almoço, bem mas esta última parece que é mais para outro partido, lol lol lol. Os Comunistas são mesmo maus.Coitadinho do Calimero. f.g.p...
Ando com um pó a estes gajos que ainda um dia deste parto a televisão, lol lol lol.

Fernando Samuel disse...

Olha, também reparei...
Quanto a designações para o tipo, subscrevo todas as que aqui apareceram; mais todas as que circulam por aí; mais todas as que não li...

Um abraço.

O Pinoka disse...

Curiosamente também tenho lá no meu canto um retrato de família e com moldura amarela.
Abraço

samuel disse...

Para todos:
E não é que acertaram nos nomes, alcunhas e apelidos que os homens têm, sem falhar nenhum? É obra!

Abreijos colectivos!

Hilário disse...

Estou 100% de acordo com a Ana Camarra.
A História os julgará!
Abraço

samuel disse...

Hilário:
Quanto mais cedo, melhor!

Abraço!