quarta-feira, 25 de março de 2009

Embora lá marcar nas agendas!




Acho uma excelente ideia! Quando e onde é que vamos dar a merecida e justa tunda aos responsáveis pelo estado a que chegámos... Cavaco Silva incluído?

9 comentários:

Maria disse...

Oh... e eu a pensar, pelo título do post, que era alguma petisqueira...
:)))

Abreijos

(na rua e depois nas urnas.deles.)

cicuta disse...

O homem não tem a imaginação suficiente para sentir a analogia e ver quem são os saqueadores de hoje, nem vê que se chama Junot.

Uma braço

Pata Negra disse...

Um boa maneira de atenuar a crise era ter um presidente da república com tomates para reclamar o ouro roubado!
Venham os franceses, o Cavaco fez as auto-estradas!
Um abraço descavacado

Antuã disse...

O Aníbal está a precisar dumas valentes cavacadas.

Daniel disse...

E de que é que a gente haveria de rir, se não tivesse governates destes? Riso amarelo, sim, mas é o que se pode arranjar.

Anónimo disse...

Então e não se esqueceu de que, nessa altura, o rei, a nobreza e toda a classe dirigente fugiu a sete pés de Portugal para o Brasil, de onde só regressou uns 15 anos mais tarde?

duarte disse...

Posso trazer uns cokteis?
abraço (les aristrocrates on les pendra)

Fernando Samuel disse...

Este Cavaco tem uma capacidade inaudita para fingir que não tem nada a ver com isto - e até é capaz de estar convencido disso...

Um abraço.

samuel disse...

Maria:
Petisqueira? Eu?!

Cicuta:
Não tem imaginação... tout court.

Pata Negra:
E não querias mais nada?

Antuã:
Há tanto tempo!...

Daniel:
Muito amarelo!

Anónimo:
Uma tradição mantida por Guterres, Barroso... que se seguirá?

Duarte:
Boa cantiga! ☺

Fernando Samuel:
Pelo menos pela cara esperta que pões enquanto fala, parece.


Abreijos colectivos!