segunda-feira, 23 de março de 2009

Eleições Europeias 2009





Sobre uma longínqua campanha eleitoral (ainda da APU) no distrito de Aveiro, em que o cabeça de lista era Vital Moreira, campanha em que trabalharam e deram o seu melhor muitos dirigentes e centenas de militantes anónimos e finalmente, onde eu próprio dei alguma coisa de mim, apoiado numa viola e aparelhagens sonoras praticamente inexistentes (outros tempos!...), disse Vital que a tinha feito sozinho, como uma espécie de “one man show”.

Ao vê-lo, discursando nos seus (já dois) lançamentos como cabeça de lista do PS às eleições europeias, ouvindo aquilo que diz agora e reparando no trejeito da mão e no tom de voz, que o colocam definitivamente no grupo restrito das almas gémeas de José Sócrates, não posso deixar de admitir que houve ali evolução. De “one man show” para a mais actual “stand up comedy”... embora de qualidade duvidosa.

Entretanto, já que a campanha para as Europeias está aí à porta, deixo-vos estas duas pequenas imagens, sem me estender sobre o seu significado. Direi apenas que ilustram com clareza o nível de empenhamento de alguns deputados, quando comparados com outros mais mediáticos, quer dizer, apaparicados pela comunicação social.
Aqui, no blogue do Vítor Dias e a seguir, aqui, no blogue do Sérgio Ribeiro, ele próprio deputado europeu (pela CDU) durante onze anos, encontrarão os textos que as explicam.

Este é o meu primeiro acto oficial de campanha para a primeira das três importantes eleições que terão lugar este ano. Quer-me parecer que não será o único... assim a voz me ajude.

18 comentários:

Manuela disse...

Há muito pouco tempo vi uma reportagem num canal de televisão sobre as intervenções dos eurodeputados portugueses no parlamento europeu. E, segundo essa reportagem, entre os deputados supostamente mais "trabalhadores" não se encontrava ninguém do P.C.P. Aliás, não houve qualquer referência aos deputados comunistas. Mas o Deus Pinheiro teve direito a desculpar-se devido ao seu pouco trabalho.
Digamos que fiquei com a pulga atrás da orelha...
Aqui tenho a resposta!
Obrigado!

JMC Pinto disse...

A narrar é que a gente se entende...e aprende!
CPinto

Daniel disse...

Não gosto deste tipo. Já não gostava quando fingia ser do PCP. Talvez por isso, pela primeira vez, me abstenha nas eleições para os euroetc.. Ainda ontem estive com o Paulo Casaca, o tal deputado que tem tentado entendimentos com o Irão e o Iraque, e manifestei o meu desagrado por ele não constar da lista de candidatos (será substiruído provavelmente por uma nulidade não-pensante), para concorrer à Câmara de Ponta Delgada! Este PS dá-me cada desilusão! Meu rico Salgado Zenha, que tanta falta fez. Pelo menos o Manuel Alegre não ficaria a falar sozinho.

Maria disse...

Samuel

Que a voz não te doa - para cantares
Que o computador não se avarie - para fazeres o que deve ser feito
Que a saúde não te falte - porque, para além do resto, Amigo - temos tanto trabalho pela frente.

Abreijos


Caro Daniel

O que eles querem é exactamente que a gente se abstenha, percebe?
O que temos é que ir todos votar, e levar connosco gente que está indecisa. E levá-los a votar em quem trabalha. Digo eu, pois!
Votar de maneira a que o VM tenha a menor votação de sempre, entendeu?
Naturalmente que todos fazem falta. Mas... uns mais que outros...
(porque é que me lembrei de Brecht?)

Antuã disse...

E eu que tanto andei atrás e à frente desse bandalho mentiroso que se dá pelo nome de Vital Moreira quando concorreu por aveiro?!.... Afirmar que trabalhou sozinho é duma falta de vergonha inclassificável. A culpada é a mãe que o devia ter abortado.

Joao Carlos disse...

aproveitando a onda da campanha fui verificar os actos eleitorais para a Casa da Democracia Europeia e encontrei o seguinte:
1989: PS 1184M votos 8 Deputados; PSD 1358M votos 9 Deputados; CDU 597M 4 Deputados; CDS 587M 3 Deputados.
1994: PS 1061M 10D; PSD 1046M 9D; CDU 340M 3D; CDS 379M 3D.
1999: PS 1493M 12D; PSD 1078M 9D; CDU 357M 2D; CDS 283M 2.
2004: PS 1516M 12D; PSD 1132M 9D; CDU 309M 2D; BE 167M 1D.

Parece evidente que a Esquerda precisa de mais empenhamento nestas eleicoes que como sabemos sempre foram pouco valorizadas.
Apesar do desânimo, na minha opinião a abstenção também não é solução.
Como podem verificar o CDS não elegeu qualquer Deputado em 2004 e sendo eles defensores da Europa do Capital parece que será possível reforçar a Esquerda, mesmo não acreditando muito neste tipo de europa.
Quanto a Vital Moreira parece descansar nos 12 Deputados eleitos pelo PS em 2004 o que lhe dá, pensa ele, direito de fazer a propaganda que bem entender, pois a eleicao é certa.
Aliás a alegria e a emoção, quase a chegar ao choro, que mostrou no dia em que subiu ao palco dos Xuchalistas, é disso prova evidente.

Penso que este ano em particular e sendo as europeias a primeira das três eleições, a Esquerda pode e deve mostrar nos votos aquilo que tem mostrado no dia a dia em cada greve e em cada manifestação.

Só para terminar três tópicos de Justiça:
- CSMagistratura aponta atrasos nos processos e alerta para falta de SEGURANÇA dos novos edifícios dos Tribunais da Expo!
- Cidade Judiciária do Porto abre guerra entre construtoras!
- Novo mapa judiciário já custou 17 milhões!

Obrigado pela atenção.

duarte disse...

hà por ali muita gentinha a pouco ou nada fazer...quanto ao vital, jà não hà nada a fazer, a doença acabou-lhe com os miolos.
Claro que somos os mais interventivos! E isso é dor para muitos.
Hà que continuar com o trabalho.
Em junho là estaremos com o voto útil. Que d'inúteis estamos nós fartos!
abraço do vale.

samuel disse...

Manuela:
Os nossos órgão de comunicação social têm muita dificuldade em “encontrar” deputados que não sejam “amigos” dos seus donos.

JMC Pinto:
Narremos, pois... ☺

Daniel:
Acredito que um militante socialista do teu “género” não deva estar a viver tempos particularmente exaltantes... como é que se dá a volta a isto?

Maria:
Não há-de doer!

Antuã:
Coitada da mãe, Antuã!... Nós é que temos que o “abortar”...

João Carlos:
Claro que ele sabe que está garantido. Mesmo assim, se tanto ele como o PS levarem um “calor” nestas eleições, só lhes fará bem.

Duarte:
Então vamos lá!...


Abreijos colectivos!

Pedro Penilo disse...

Mas será que os camaradas comem? É que é muita intervenção...!

Esmagador.

Daniel disse...

Maria, eu penso que os partidos precisam de que se mantenham neles os que não perderam a memória fundadora. Por isso é importante que Manuel Alegre não abandone o PS. Ou, a um nível menor (embora haja quem me chame o "Manuel Alegre" dos Açores, o que é um elogio enorme), eu também.
Vou contar-te um episódio de cá da minha Maia. Houve umas eleições autárquicas em que o PS não foi admitido por se ter atrasado cinco minutos. Dirigentes nacionais pediram-nos para aconselhar o voto em branco. Pois nós aconselhámos foi o voto no PCP (APU). Minha mulher votou assim, mas eu votei em branco por uma razão de consciência, pois sendo deputado pelo PS não fazia sentido votar noutro partido.
Samuel, tens razão, custa mesmo. Muito.

Fernando Samuel disse...

Entretanto, a campanha está em marcha... mas pelo que nos dizem os média só as candidaturas de Vital Moreira e de Miguel Portas é que têm iniciativas.
Da Ilda Figueiredo que, sozinha, participa em mais iniciativas do que aqueles dois em conjunto, não há notícias...


Um abraço.

Pata Negra disse...

Então eu venho aqui todo bem disposto, confiante na boa disposição habitual que por aqui anda e... uma foto de Vital "indisponeira". Já estou mal disposto! Samuel, deves ser mais exigente nas fotos que postas!
Um abraço e ainda bem que nunca votei em Aveiro

Orlando Gonçalves disse...

Bem, só te digo uma coisa, estes 2deputados da CDU trabalharam mais que os outros 22 todos juntos. Mas quem é que vota nesta gente tão improdutiva. E esse Miguel Tortas o que está lá a fazer ???
A campanha começa agora com a divulgação destes resultados. Força Samuel.

BlueVelvet disse...

Não tenho a menor dúvida que é o primeiro de muitos posts sobre todas as eleições que aí vêm e que a voz não te vai doer.
Estamos nessa.
Abreijinhos

Ricardo disse...

Sou só eu ou ninguém reparou que o deputado do BE, o Miguel Portas, está a ser um desastre completo?

Não digo isto por mal, mas é que em conversas com amigos do Bloco estes argumentavam o grande trabalho do Portas, o orgulho, o êxito. Na altura não respondia porque não tinha na números na mão, mas continuando no entanto convencido que seria muito difícil alguém superar em capacidade de trabalho a Ilda e o Pedro. Por isso é que estes números me espantam, 700 intervenções contra 40?!

Bem. São "só" números. Abraço!

Anónimo disse...

A quantidade não significa qualidade, caro sr. Samuel....

Aliás que papel têm na realidade os deputados dos Parlamento Europeu.

Pouco se sabe, por vezes um ou outro preocupa-se com a situação de portugueses na Holanda na Irlanda.

Sabe-se que visitam zonas de conflito Libano, Gaza, são observadores de eleições um pouco por todo o mundo.

Sabe-se que fazem parte de grupos parlamentares, mas olhando para os deputados do PCP, qual o teor das intervenções, e que tipo de perguntas fizeram, pois a diferença é abissal em relação aos restantes.

E que resultados praticos obriveram, nessas centenas de intervenções....

È que a questão posta assim, pode não querer dizer muito.

Há deputados que intervêm mais e outros menos, mas quais são os que obtem melhores resultados na defesa de Portugal e dos interesses nacionais....

Anónimo disse...

Em resposta a este amigo anonimo, devemos reconhecer que a informação dominante não divulga a actividade efectiva dos deputados, particularmente eurodeputados, mas devo dizerlhe que o grupo da CDU edita um boletim com alguma regularidade, a que provavelmente não deve ter acesso. Porém agora tem informação electronica na página do PCP, que até tem alguma qualidade. Sirva-se ... e já agora com as possibilidades da comunicação electronica, não perca a oportunidade de se lhes dirigir em caso de necessidade.

Um abraço.

samuel disse...

Pedro penilo:
Se não os fosse vendo com alguma regularidade, ficava preocupado. ☺

Daniel:
Boa estória!
Entretanto... melhores dias virão!

Fernando Samuel:
Porque será?

Pata Negra:
Caro leitor. O nosso departamento de imagem tomou conta da sua estimada reclamação. Esperamos continuar a contar com a sua presença.

Orlando Gonçalves:
Lá que se “mexem” é inegável...

BlueVelvet:
Esperemos!...

Ricardo:
Alguma coisa fará também, o Miguel...

Anónimo:
Em nenhuma ocasião disse (ou pensei) isso, caro sr. Anónimo...
Estou, aliás, num ramo de actividade em que isso é (dolorosamente) evidente. ☺ ☺

Anónimo 2:
Boa resposta adicional...


Abreijos colectivos!