quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Selecção! Selecção! Portugal! Portugal!







Nesta altura do campeonato já toda a gente se apercebeu de que eu preferiria estar num melhor lugar no ranking do emprego, ou do abandono escolar, ou do fosso entre pobres e ricos, da desigualdade entre homens e mulheres, dos cuidados de saúde, do apoio efectivo à cultura, do combate à corrupção... em vez de subir no ranking da FIFA.

Reconheço que este meu “feitio” é absolutamente minoritário. Ainda assim, mesmo não estando pessoalmente interessado em nada que tenha que ver com futebol, saúdo sinceramente os adeptos portugueses, legitimamente felizes pela qualificação para o próximo Mundial da África do Sul, conseguida esforçadamente pelos rapazes da Selecção Luso-Brasileira de Futebol.

13 comentários:

amigona avó e a neta princesa disse...

Estou contigo Samuel! Faço minhas as tuas palavras...

Abreijos

O Pinoka disse...

Luso-brasileira, dizes bem.
Abraço

Anónimo disse...

Corrijo:
- Luso-afro-brasileira!

Rui Silva

Medronheiro disse...

E a forma pouco afectuosa como a selecção luso-brasileira foi recebida não tem nada com o facto de Portugal ser um dos países ocupantes?

Membro do Povo disse...

Há aqui muito pessimismo! Também subimos no ranking do PM envolvido em mais casos de corrupção, no ranking dos países em que membros da politica nacional estão sob escuta, no ranking do segredo de "justiça"... subimos em muita coisa!

Zé Canhão disse...

Mas aquilo não é a Selecção B do Brasil?

O Pinoka disse...

Medronheiro,

há aqui qualquer coisa que me está a fugir: Um dos países ocupantes?!

Isabel disse...

Cá por mim confesso que torci com todas as forças, desde o início, para que Portugal perdesse porque desconfio que há uma relação directa entre uma fraca selecção de futebol e o desenvolvimento e verdadeiro progresso de um país. Continuo a acreditar que essa relação existe e conformei-me ontem com o facto que ainda não é desta que o país arranca...Mantenho a esperança.

Fernando Samuel disse...

Eu também...

Um abraço.

Maria disse...

Gosto da expressão 'selecção luso-brasileira'...

:)))

ARISTIDES DUARTE disse...

Eu também sou daqueles que nãoi ligo bóia à bola. Não vi o jogo na TV , e queria era que Portugal perdesse. Na bola (futebol) o que quero é derrotas. Fico fulo quando há vitórias. Porque não se calam nas TV's. E nem os posso ouvir...

Anónimo disse...

Derrotados mas lá vão à Africa do Sul gastar mais uns dinheirões que tanta falta fazem as muitos milhares.
É assim é preciso é distrair o povo.-

samuel disse...

Amigona:
À vontade... ☺

O Pinoka:
É o que é... ☺

Rui Silva:
Isso já não sei. Os afros são tugas de nascença... ou quase.

Medronheiro:
Nááá... acho que foi mesmo só a tara da bola.

Membro do Povo:
Pois... não damos é o devido valor. ☺

Zé Canhão:
Não, porque a grande maioria daqueles jogadores NUNCA seriam convocados para nenhuma selecção do Brasil.

O Pinoka:
Bem... é uma maneira de ver a coisa...

Isabel:
Embora existam excepções, é bem observado.

Fernando Samuel:
☺ ☺ ☺

Maria:
Quando fizermos um “torneio da lusofonia”... danou-se!

Aristides Duarte:
Eu não sou capaz de ser tão radical. Tenho pena dos adeptos...

Anónimo:
É praticamente só para isso que a bola serve...


Saludos generalizados!