sábado, 21 de novembro de 2009

O maravilhoso mundo secreto da vida das rolhas





Este podia ser o título de um documentário sobre a vida dos boys & girls dos partidos do poder, que, quais pedacinhos de cortiça, vão flutuando entre eleições ganhas e eleições perdidas, sempre garantindo um tacho aqui, um cargo ali, independentemente daquilo que estão, ou não, habilitados para fazer.

É o caso brilhante da nossa já aqui e aqui antes falada Sónia Sanfona, jovem “socialista” extremamente disponível, que num espaço de meses vimos como deputada do PS, relatora (???) de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (com o brilhantismo que se viu), candidata a presidente da Câmara de Alpiarça nas últimas eleições, as quais perdeu para a CDU. Como o lugar de vereadora da Câmara não estava à altura do fulgor das suas capacidades, ei-la nomeada pelo Governo de Sócrates para o cargo de Governadora Civil de Santarém!

Não há muito tempo, os Governadores Civis eram figuras respeitadas pela generalidade das populações dos seus distritos, pelo seu passado e obra feita enquanto políticos, intelectuais, ou profissionais de alta craveira nas mais diversas actividades. Muitas vezes a comunidade nem sequer tinha a percepção das suas simpatias partidárias, mas sim da sua envergadura enquanto figuras públicas de qualidades reconhecidas. Agora, pelas mãos incompetentes de José Sócrates, que fazem singrar à sua volta exércitos de gente suficientemente incompetente para não fazer sombra ao chefe, temos “governadores civis” meros boys & girls do partido. Chegámos à era das “sónias sanfonas”.

Porque o governo de Sócrates já não respeita nada nem ninguém?

Porque o cargo de Governador Civil, efectivamente, já não vale nada?

Porque é urgente voltarmos a falar da regionalização... mas desta vez, a sério?

9 comentários:

Maria disse...

Passou-se quase o mesmo com a Governadora Civil de Lisboa que era ex-assessora do João Soares na CML que se candidatou a Vereadora na lista do Costa e tendo ganho o lugar não tomou posse porque foi para secretária de estado. Mesmo sem vírgulas o comentário é claro para quem o quiser entender...

Abreijos

salvoconduto disse...

Também estava para fazer um post sobre a Sanfona e a sua derrota/vitória. Olha que é nestas coisas que os detractores da regionalização se apoiam...

Bom fim de semana.

Anónimo disse...

Samuel, isso é má vontade da tua parte. Não te parece que o Sócrates devia recompensá-la por ela haver concorrido a uma câmara para a qual não tinha a menor hipótese? Aliás a moça apenas foi aproveitada ao abrigo do famoso programa das "Novas Oportunidades".
Daniel

continuando assim... disse...

agora assim de repente pergunto ... não se reciclam rolhas?????

bj
teresa

Luis Nogueira disse...

Aqui em Gouveia também há um sanfona, ou rabecão ou lá o que é o gajo. Foi Presidente da CM até há 8 anos. De há 8 anos para cá tem andado por aí aos caídos... politicamente falando, já se sabe. Agora nomearam-no para o tacho de Governador Civil da Guarda. Claro que para se ser G. Civil, não é preciso ter qualquer currículo ou competência. Basta parecer que se existe e estar matriculado no PS.

PORTUGUESES: CUIDADO COM AS CARTEIRAS, O GOVERNO EXISTE!


Luis Nogueira

Fernando Samuel disse...

Estou em crer que o cargo de Governador Civil vale muito - e não apenas no salário recebido pelos seus detentores, mas também pelas influências que permite...
(também toquei «sanfona», como podes ver...)

Um abraço.

Antuã disse...

Com esta sanfona a música é miserável barulho.

Carlota disse...

Gostei muito do título "governadores servis" que o Tiago Mota Saraiva lhes dá no

http://5dias.net

samuel disse...

Maria:
É já um hábito... mas desta vez foi uma razia!

Salvoconduto:
Acredito que com uma regionalização bem feita poderemos ter melhor do que isto. De qualquer maneira, será sempre preferível ter dirigentes regionais eleitos do que estas aberrações nomeadas.

Daniel:
Tens razão... é este meu feitio! ☺ ☺

Continuando assim:
Estas pelos visto não... infelizmente!

Luís Nogueira:
Eles “andem” aí...

Fernando Samuel:
É irresistível... ☺ ☺

Antuã:
Há gostos para tudo!...

Carlota:
É um grande título! ☺



Saludos gerais!