sábado, 21 de novembro de 2009

Uma noite na ópera



Há muitos anos, em Lisboa, estava Vasco Santana acompanhado por alguns companheiros do teatro, esperando na estação de Santa Apolónia pelo regresso do (então jovem) Henrique Santana, que tinha ido ao Porto para tratar de alguns pormenores da tournée da companhia teatral ao Norte.

Durante a espera foi “descoberto” por um admirador que resolveu meter-se com ele. “O senhor Vasco Santana está um bocado mais gordinho!” todos tentaram disfarçar... “É que está mesmo! Veja-me só esta bela barriguinha...” e Vasco Santana, não podendo fugir mais ao assunto nem ao admirador, “O que é que hei-de fazer, meu amigo... estou à espera de um filho!...”

É exactamente o que responderei se alguém resolver implicar com a minha barriguinha, esta noite, enquanto estiver à espera que um dos meus filhos, que foi convidado há pouco tempo a entrar para o Coral de São Domingos, faça a sua estreia absoluta e mundial... neste espectáculo de Ópera.

Mas agora, barriguinhas à parte, é ou não é interessante esta cadência de programação cultural em Montemor-o-Novo?

8 comentários:

Justine disse...

Mas a barriga é porque estás inchado...de orgulho!
Parabéns aos pais e ao filho, e que seja um sucesso:))
Beijo

Camolas disse...

Parabéns a Montemor-o-Novo! Estão no caminho certo , a cultura, pode transformar , criar massa crítica, Mulheres e Homens livres para pensar e dar rumo a este barco carregado de "borregos e frangos de aviário".

Swt disse...

eheheheheh
pela barriguinha confessa.
Parabéns por mais um filho nas artes!

Lena disse...

Parabéns o filho e o pai !

Que seja um bom espectaculo !

Beijinhos

Maria disse...

Soubessem eles o jeito que nos dá a 'barriguita'... :)))

Espero que tenha sido um êxito a estreia absoluta e mundial do teu filho.

Abreijos para todos

ZERO À ESQUERDA disse...

Viva a Ópera! E viva o Paulo!
Forte abraço.

Fernando Samuel disse...

Há momentos em que um pai se sente... sei lá!...

Dois abraços.

samuel disse...

Per tutti:
Obrigado!
Grande abraço colectivo!