terça-feira, 15 de setembro de 2009

Esmiuçando...



Utilizando (abusivamente) algum do material humorístico (e gráfico) dos próprios artistas, direi que sim, tiveram “nano, mini, micro, pequena e média graça”. Aqui e ali... bastante.

Graça distribuída irregularmente ao longo do programa... mas que é sempre muito melhor do que os espectáculos de indigência e estupidez a que somos diariamente sujeitos, isto se não estivermos atentos e com o dedo rápido no comando.

Venham então os próximos!


10 comentários:

Maria disse...

Tiveram alguma graça. Até o pm teve alguma graça... vamos ver amanhã (aceitam-se apostas: será que a manela vai sorrir?)

Abreijos

JFrade disse...

Os "Gatos" tiveram um miligraça. O PM teve apenas um nano-graça - não era sítio para pôr a cassete da propaganda ao «Magalhães». Não espero que oa próximos programas sejam melhores. Não estamos em Inglaterra.
JFrade

Justine disse...

Tiveram momentos muito bons,mas a coisa piorou depois de entrar em cena o que ganhou o tal prémio platina de não sei que revista:))

Anónimo disse...

Desculpem-me, mas não estou de acordo. Acho os "Gato..." muito maus. O seu sentido de humor é copiado de muitas séries de humor que se fazem lá fora, especialmente a britânica. Desta vez, até acho que foram longe demais. É um humor parvo, infantil e, no fundo, demasiado conformista com tudo aquilo que faz mal à nossa sociedade.

Anónimo disse...

Tenho lido estratos de escritas do piqueno no Avante! com algum sentido e fui à espera de uma coisa aceitável. A meio tive que mudar de canal porque propaganda do PM à sua politica já chega a que os "jornalistas" entrevistadores deixam ele fazer.

smvasconcelos disse...

A figura do PM foi ridícula, não que eu esperasse algum "enlevo" do dito, mas mesmo assim superou-se, de tão patético que foi. Tudo encenado e em cena um péssimo actor a querer credibilizar uma imagem de "porreiro"...
Belheque!!

bjs,

Fernando Samuel disse...

Confesso que não vi - e por esta confissão me fico...

Um abraço.

duarte disse...

de nano a nada...
eis o estado das coisas. achei alguma piada. pena não serem mais genuinos. já gostei mais.
Quanto ao outro, eh pá... menos poreiro.
abraço do vale

Carlos Machado Acabado disse...

Não vi e, desde aquela "coisa" verdadeiramente indescritível, abominável (absolutamente imperdoável!) que o dinheiro da PT os obrigou a fazer, confesso que preciso de um longo período "sabático" (será, neste caso... "sagático") antes de voltar a ver os "Gatos"!
Tudo tem limites, não?...

samuel disse...

Per tutti:
Pronto... pode ser que eles voltem a ter a graça que tinham...


Abreijos gerais!