segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Quem me mandou ser teimoso?!




Acabou a Festa do Avante!

A verdade é que já não tenho pernas para aquilo. A verdade é que não há grandes palavras para a descrever. Só indo lá...
Ainda me lembro da primeira, recheada como um ovo. Na FIL. Até agora nunca parou de crescer. Só não vê quem não quiser, que a Festa é tudo aquilo que se diz... e mais... e mais...

Muitos amigos revistos, sobre o meu concerto falará quem o tenha visto... mas um erro monumental, reconheço: ter tentado, obstinadamente, encontrar as FARC.

Fiquei com os pés esfrangalhados e basicamente, derreado! Talvez para o ano que vem... com a prestimosa ajuda de algum director de um qualquer pasquim de referência.

31 comentários:

salvoconduto disse...

Eu bem te fiz uma sugestão quanto às Farc. Foi pena não a teres seguido, pois fiquei grudado na tv para ver se via algum.

Abraço.

Bruno disse...

Eu tentei, obstinadamente, encontrar o bei de tunes!

Anónimo disse...

É uma questão de continuar a procura.
Remando, remando...

Rui Silva

anamar disse...

Ainda bem que te sentiste feliz com todos os demais...
Lembro a FIL com grande emoção...
Agora para mim é tudo tão longe, e com as boleias a falhar... fiquei apeada...
para o ano...
Abracinho

Maria disse...

A verdade é que já temos todos mais 34 anos em cima. E andar para baixo e para cima e para os lado do Auditório 1º de Maio para te ver - mais uma vez - chega a ser complicado, para não falar de cansaço acumulado. Mas ainda vi um bocado do teu concerto. Quem o viu todo diz que foi lindo. Eu confirmo, no que vi...

Abreijos

Sérgio Ribeiro disse...

Foi muito bom ver-te/vos e ouvir-te/nos. Chegou a aer emocionante (e não cantaste a "tal"...)
Gostei de, bem acompanhdo cá em baixo, bem acompanhado te ver lá em cimo, no palco!

Abraços

maria povo disse...

Festa de 2009 acabou! VIVA A FESTA DE 2010!!!!

A Festa acabou mas a Luta ainda agora começou!!!!

Próxima batalha, 27.09, que a Luta termine em festa com excelentes resultados para a CDU!!!

Vamos a ISSO!!!

amigona avó e a neta princesa disse...

Pois e eu não pude ir - o trabalho tem que ser feito! E para a Festa ser Festa também é preciso fazer MUITA coisa valendo a pena cada minuto de cansaço!
Sei que foi muito bom - tenho a certeza!

Abreijos

Justine disse...

Sabes que me aconteceu o mesmo? Pés esfrangalhaditos, derreada de todo...e nada??
Foi bonita a Festa, pá!

smvasconcelos disse...

Na próxima irei...:)

Aristides disse...

Foi mesmo bonita a festa, mas isso já não é novidade. Foi bom encontrar-te por acaso e à tua companheira. Foi fantástico o concerto e ouvir algumas canções que, por tão pouco ouvidas, só com o decorrer delas a gente se vai lembrando das palavras.
Grande abraço

Juvenal disse...

Não o ouvi. Tive muita pena. Estava de turno...

A família foi.
Gostaram muito. Eram só elogios.

Disseram que queriam mais, mas começaram a arrumar o palco com uma tal rapidez que nem deu tempo para tentar "mais uma".

Não posso deixa de falar do espectáculo de ópera:
. encenado, produzido e executado com extraordinário cuidado e qualidade;
. um som tal que nem imagino como é possível num espaço aberto e ruidoso como aquele;
. uma realização das imagens transmitidas nos ecrãs laterais como poucas vezes vemos
. e, por fim, uma adesão e atenção de um público rendido, com uma interacção inesperada da assistência com o palco.

Nós fizemos aqueles dias bonitos.

Obrigado também a si, Samuel

Pedro Penilo disse...

Quando entrei no auditório, no intervalo entre muitos afazeres, estavas a cantar a minha favorita, entre dezenas de outras: " Tejo que levas as águas...". Não fiquei até ao fim, já outra tarefa começava. Mas gostei de te ver na Festa, lá.

Abraço

joaquim d'Odemira disse...

Mestre Samuel: os anos passam e os tubos vão substituindo o material original, na genealidade que esta medicina cada vez mais avançada nos vai proporcionando,mas a voz do cantigueiro continua com aquele brilho de sempre.Pena que as rádios e as TVs nacionais não irradiem esse brilho.Para que as ondas levassem a boa música,as lindas letras e a boa e bonita voz aos mais novos.Mas o sistema mediático cada vez mais oligárquico, tal como faz com as notícias faz a censura por omissão, das nossa vozes que não (se) calam.Belo concerto,Pá.Resistir é imprescindível.E apesar de tudo a juventude demonstrou, no seu espectáculo da Festa, o quanto é é bom ouvir os trovadores de ontem,hoje e sempre.

Fernando Samuel disse...

Não te ouvi - só te vi, e gostei.


Um abraço.

manuela galhofo disse...

Viva,camaradas.
Já pzrece um chavão,mas não posso deixar de repetir o que já aqui outros camaradas disseram: A NOSSA FESTA CONTINUA LINDA.Tal como todas as anteriores,comemorámos a liberdade,a alegria,a solidariedade,a cultura nas várias vertentes,os cantores do meu país que deixaram de ter espaço nos diversos orgãos de comunicação(porque não se vendem,porque recusam renegar o nosso ideal,e estou-me a lembrar agora tambémno nosso Zé Morais e Castro).Mais uma vez mostrámos que somos únicos:construimos a Festa,participámos na Festa,e vamos continuar a luta até 27/09,depois até 11/19,sempre...sempre...
Grande Festa.
Grande concerto.Tive o privilégio de não estar de turno e pude ouvir do início ao fim.Ainda por cima,consegui um lugar óptimo e rodeada de malta que não ia à toa.Foi pena não teres cantado mais,como nós pedimos,mas há horários a cumprir,decerto.Obrigada pelo enorme prazer que nos proporcionaste...
Contigo,ontem tivémos o prazer de estar também com o Zeca,com o Adriano,com o Manuel da Fonseca...
Terminou e deixou-nos saudade.
Até sempre,camaradas

utopia das palavras disse...

Eu nem me preocupei em tentar sequer emcontrar, podias ter poupado um pouco mais os pézinhos!

Quis muito ir dar um saltinho ao auditório para te ouvir, mas com turno e em "hora de ponta" foi-me impossível...tive imensa pena de desperdiçar essa oportunidade!!!
Outras virão concerteza!

Abraço grande

Ludo Rex disse...

Mas, foi muito bonita a Festa!
Abraço

samuel disse...

Per tutti:
Obrigado, mesmo aos que não viram... e nestas sessões elogiosas... a atrapalhação é assinalável.


Abreijos musicais!

Anónimo disse...

Gostei do concerto. Foi realmente bom. Mas as canções em castelhano eram dispensáveis, porque o teu sotaque não dá muito para isso. Espero que um destes dias ainda tenhamos o próprio Silvio Rodríguez na Festa a cantar "Pequeña serenata diurna"! Grande interpretação da música do José Mário Branco. Foi bom, mas soube a pouco... O público estava a pedir mais uma...

samuel disse...

Anónimo:
Obrigado pela simpática crítica... mas acho que continuarei a cantar tudo o que me apetecer.
Quanto ao sotaque... se odiou ouvir-me em castelhano, havia de me ouvir em chinês ou aramaico antigo!... Isso sim, é pavoroso! :-)))
A sério... obrigado!

Abraço.

Cristina Loureiro dos Santos disse...

A festa foi excelente, como sempre! Linda e emocionante, com aquele ambiente que só lá se encontra e que não dá para descrever. Não deu para ouvir o seu concerto, Samuel, mas tenho a certeza que foi muito especial, como para mim é sempre único o prazer de ouvir e deixar-me envolver pela sua voz. Continuo a achar que são pouquíssimos os seus concertos :(

Um abraço!

Graciete Rietsch Monteiro Fernandes disse...

Camarada Samuel foi bonito o teu concerto e eu gostei mesmo muito de ter-te conhecido pessoalmente. Também leio sempre o teu blog de que gosto muito e transfiro para o meu com a devida identificação alguns dos teus textos tão esclarecedores para que ainda mais pessoas os venham a conhecer e porque os admiro.Ando nestas andanças há pouco tempo mas apesar de me considerar razoavlmente esclarecida tenho aprendido muitas coisas. um abraço camarada.

marco jacinto disse...

Foi muito bom ouvir o Samuel. A festa foi linda, foi a melhor de sempre.

samuel disse...

Cristina Loureiro dos Santos:
Eu também acho que são poucos... mas ainda a procissão vai no adro... ☺

Graciete Rietsch Monteiro Fernandes:
Também gostei que se tenham dado ao trabalho de me ir falar no fim do concerto. Foi bom!

Marco Jacinto:
Ainda bem... tudo. ☺


Abreijos.

AG disse...

Eu tenho vindo aqui "dizendo" umas palermices. Mas queria dizer uma pequenina coisa. Respeito muito o Samuel. Ponto. Vamos para a frente.

samuel disse...

AG:
Vamos para a frente, então! ☺ ☺


Abraço.

Susete Evaristo disse...

Também não te vi cantaste na hora da minha tarefa, tenho porém a certeza que não irão faltar oportunidades.
Um Abraço

Anónimo disse...

Por causa do problema das pernas só assisti a três espectáculos: Ópera, ciganos e Vitorino. Também eu já renho 59 anos e 100 quilos de peso. Mas digo: Tenho visto a música sinfónica e agora foi a ópera. MARAVILHOSO. O que virá para o ano?

Oficinas RANHA disse...

Não há festa como A FESTA. A primeira tinha sete anos e nunca faltei a nenhuma... e também me lembro da da FIL.
E quanto a ese blog, foi a primeira vez que aqui comentei... voltarei a visitá-lo em breve.
Ana Cristina

duarte disse...

samuel
lá estive...sempre a correr de um lado para o outro.
quando cheguei ao auditório, tinha acabado de grelhar umas postas à mirandesa, encontrei o poesia no popular e o aldeia olimpica, assim como o ai portugal portugal e juntos com os teus músicos , lá fizemos a viagem...foi bom...perdão..muito bom ouvir-te pela 1ª vez.
um abraço do vale