segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Ardi


(Esqueleto e "reconstituição" da vóvó Ardi)

Mesmo tendo que admitir o descarado surripianso e adaptação de uma piada do comediante Conan O’Brian, hoje falo da descoberta do esqueleto de um hominídeo feminino, com mais de quatro milhões de anos (portanto muito mais antiga do que a anterior “super avó” Lucy). Esta nova vedeta arqueológica é já considerada a “mais antiga antepassada dos homens”, ou mesmo “a nova mãe da humanidade”, conforme a inspiração dos jornalistas que escrevem a notícia.

A verdade é que os cientistas acreditam estar mais perto do que alguma vez estiveram de encontrar o antepassado comum dos humanos e grandes símios. Decidiram chamar-lhe Ardi.

Mais uma acha para a fogueira da antiga e dura discussão entre criacionistas e evolucionistas. Por enquanto, entre nós, a única polémica sobre este caso, foi lançada por Lili Caneças. A conhecida socialite e rainha do nosso jet-set, diz que essa coisa de lhe chamarem “Ardi” é um completo disparate. Garante que a conheceu perfeitamente, desde a escola primária... e que ela se chamava Josefina!

11 comentários:

Maria disse...

Ele há coincidências... das lilis...
:)))

Abreijos

Joao Carlos disse...

Recomendo a essa besta o novíssimo livro do Saramago: Caím.
Este livro está a pôr em estado de enfarto do miocárdio todos os católicos brutos que nem casas.
Viva Saramago!
Viva a liberdade!

Daniel disse...

Olha que não se ganha muito em pertencer à "família" da Lili Caneças ou em descender dessa macaca.
(Ao João Carlos, que não percebeu a piada, recomendo mais cuidado nos adjectivos. Há palavras que dizemos e que podem ser como "boomerangues".)

vovó disse...

Daniel:

como sabe, sou de poucos comentários, mas isso das palavras poderem ser como "boomerangues"... :))) em cheio!

vovó Maria

gabriela disse...

Pois é...as plásticas aleraram so ao exterior da cabeça...

gabriela disse...

Pois é... as plásticas alteraram so o exterior da cabeça...(agora sim)

gabriela disse...

Pois é... as plásticas alteraram so o exterior da cabeça...(agora sim)

duarte disse...

samuel
naquela altura, as depilações não estavam na moda. andavam de ramo em ramo grunhindo umas com as outras, até aparecer um tarzan...
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

Eu sempre disse que esta Lili, vinda de tão longe, havia de ir ainda mais longe...

Um abraço.

Antuã disse...

Bem me parecia que Ardi e Lili eram contemporâneas

samuel disse...

Per tutti:
Já estou arrependido de ter inventado esta estória sobre a Lili Caneças. Afinal ela não conheceu a Ardi na escola... foi só mais tarde, no concurso da “Mulher Ideal Portuguesa”...

Abreijos.