quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Maria de Lurdes Rodrigues - Em cheio no meio da cara


(In Jornal Público, 15/10/2009 - Imagem roubada indecentemente ao "Cloreto de Sódio")

Disse ela um dia: “Perdi os professores, mas ganhei a opinião pública!”

Infelizmente, como se viu nestas últimas eleições legislativas, não perdeu todos os professores. Felizmente, não ganhou toda a opinião pública... desgraçadamente, o país e as escolas perderam efectivamente quatro anos e meio!

Maria de Lurdes Rodrigues teve que esperar quase até ao seu último dia como ministra da “educação” para ouvir, da boca de uma criança, a mais dura crítica a tudo o que foi a marca da sua política e atitude enquanto governante, na forma da resposta extraordinária que a imagem documenta. De nada lhe valeram as obras, os "Magalhães" e os estranhos sorrisos (???) que traz agrafados na cara, por estes dias.

Genial!

14 comentários:

smvasconcelos disse...

E desgraçadamente adivinha-se que o país e as escolas ainda perderão muito mais. Confesso que por vezes não entendo algumas escolhas eleitorais...
beijos,

Ana Martins disse...

Como nunca vivi numa autarquia CDU só em 2007 consegui perceber pela primeira vez uma escolha numa votação.
Acho que se vai perdendo o discernimento com a idade porque a criança que respondeu à ministra parece-me particularmente esclarecida e lógica!

Carlos Machado Acabado disse...

Como a imagem foi... "indecentemente roubada", acho que, com ela, é justo que venham os comentários que no local de onde foi... "fanada" produzi...
É só lá ir e ver que aquilo dá um trabalhão danado a "copiar" e eu já fiz trinta anos, para aí, há outros trinta...
[Está bem, pronto! UM BOCADINHO MAIS de trinta...]

gabriela disse...

Ela não ganhou toda a opinião pública mas tal como o restante governo "fez a cabeça" a muitos portugueses sobre os professores e a função pública em geral.

Fernando Samuel disse...

Genial!, de facto.

Um abraço.

manuela galhofo disse...

Será que a Alçada vai continuar a obra da Lurdinhas? Ela diz que sim.Vai ser uma aventura!

Daniel disse...

Manuela Galhofo, ela disse isso? Então que se baixe a Alçada o mais rapidamente possível.

Pescador de pérolas disse...

Fernando Samuel: Genial o quê?! Uma criança dizer que gosta da professora? Ou o seu(do Frenando é claro), espanto idiota?
A bondade e a necessidade de uma reforma mede-se em respostas individuais de inocentes criancinhas? E se alguma entendesse elogiar o novo refeitório, deviamos considerar que a criancinha estava a escorraçar os professores todos?!
E raciocínios de gente crescida fazem-te confusão ou isso é apenas o habitual sectarismo desta tasca?
Claro que o "cantigueiro" Samuelé que descobriu a pólvora, mas a coisa é do nome ou simplesmente pega-se?

samuel disse...

smvasconcelos:
Porque não são lá muito fáceis de entender...

Ana Martins:
“Ás vezes não é da idade...”

Carlos Machado Acabado:
Fui lá sim senhor... e li, mas era uma bulha danada... ☺ ☺

Gabriela:
Era essa a intenção...

Fernando Samuel:
Abraço. ☺

Manuel Galhofo:
Realmente diz...

Daniel:
Se for verdade... é o que tem mais certo. ☺

Pescador de pérolas:
Eu sempre desconfiei que essa coisa da pesca das pérolas, muitas horas em apneia, falta de oxigénio no cérebro... tinha consequências dramáticas. Claro que o senhor não podia entender a piada de um cachopo que convidado a elogiar a escola nova, exactamente na cara da ministra, elogia o que ela mais odeia: a professora!
Espero que desta vez tenha entendido, mas mesmo assim, agora era a altura ideal para o senhor pegar nas suas benditas pérolas e ir levá-las aos porcos, pois a ver pela qualidade do pescador, eles devem merecê-las largamente.
Pois... fui um bocado malcriado, mas foi por causa do seu tom. Simplesmente pegou-se...

Passe bem!


Para o resto do povo,
Abreijos generalizados!

Pescador de pérolas(com garrafa) disse...

Samuel, aquilo era uma piada?! Fosga-se, não lhe conhecia essa veia humorística.Palhaço nas horas vagas?
E essa do tal ódio pelos professores pescou-a na barragem do Divor ou consultou mais criancinhas prodígio?

Foi um bocado malcriado? Ò pá, não se julgue Ari dos Santos!

Terei sido malcriado? Não me parece, foi igual a si próprio, metendo uns porcos a despropósito. Como vê também sou meiguinho, esteja descansado que já vi muito pior.
Como não quero correr o risco de me mandar algum abreijo como aqueles com que agraciou alguns machos comentadores, desejo-lhe apenas saúde!

samuel disse...

Pescador:
Esse precioso esclarecimento da garrafa explica tudo...
Estou muito longe do Ary dos Santos, mas vou fazendo o meu caminho. Como pode ver, até já sei escrever o nome dele... correctamente.
Vejo que desconhece a frase feita "atirar pérolas a porcos", portanto fica também explicado o seu enxoframento pelos "porcos a despropósito". Triste...
Sem ressentimentos! Nem toda a gente tem que se dar bem, não é? :-)))
Quanto aos abreijos... esteja descansado. Nunca correu esse "risco".
E então agora a ver se é desta: Passe bem!!!

Pescador de pérolas disse...

Samuel, contrariado voltei só para lhe pedir um Y emprestado para o Ary. Mas continuo a dizer que não se arme em Ary na questão do mau feitio, porque no resto estamos conversados. Ou também usa pó de arroz nas bochechas?
E sei é claro o significado de "pérolas a porcos", daí que não lhe dê mais nenhuma.
Vá lá, porte-se bem e não abuse.

samuel disse...

Pescador:
Pois...

Maria disse...

Santa paciência, valha-nos a santinha da ladeira...

:))

Abreijos, tá bem?