sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Isabel Alçada





A Drª Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar será a próxima Ministra da Educação. Tomará posse, certamente, como Drª Isabel Alçada, a crer no “sítio” do Primeiro Ministro, na Net, facto que a tornará quase de certeza na primeira ou primeiro membro do Governo a tomar posse com um “nome artístico”.

Mas isso não interessa nada. O que é importante é saber que há bem pouco tempo, numa apresentação do programa eleitoral do PS, a futura Ministra declarou o seu total apoio à política educativa levada a cabo por Maria de Lurdes Rodrigues. «Dou o meu inteiro apoio à política educativa que tem sido seguida, por vários motivos (...) considero que é importante a prossecução e o aprofundamento do trabalho que tem vindo a ser realizado», foram então as suas palavras.

Teremos assim, ao que parece, uma repetição do “efeito Ana Jorge”, que no essencial consiste em continuar as políticas do anterior ministro… mas “falando muito mais baixinho”, tentando assim enganar alguns mais incautos. Com a Drª Ana Jorge resultou em cheio!

Como entretanto ficou demonstrado que a muito poucas horas de José Sócrates estar no Palácio de Belém entregando ao Presidente da República a lista de Ministros para o seu Governo, a Drª Isabel Alçada negava a pés juntos ter sido convidada para o que quer que fosse, eu, mesmo cheio de vontade de dar o benefício da dúvida a toda a gente, no caso da nova Ministra da Educação vou dar um tempo… até voltar a ser capaz de acreditar no que ela diz.

21 comentários:

ARISTIDES DUARTE disse...

Sempre pensei que Alçada fosse mesmo apelido. Mas hoje vi na net uma melhor: O ministro da Defesa (aquelo que gosta de malhar...)era apresentado , também, com nome artístico. Era Doutor Augusto Santos Silva, o único que se chamava Doutor (bonito nome), no meio de alguns Zés, Marias e Tós. Enfim, é a vida...

smvasconcelos disse...

Os professores merecem muito mais! E parece que se mudou um rosto, talvez o discurso, mas para a mesma política.
Pobre educação...
bjs,

gabriela disse...

Não começa bem esta nova Ministra da Educação. Mentir não é muito educativo, é feio, disseram-me desde pequenina.

gabriela disse...

Não começa bem esta nova Ministra da Educação. Mentir não é muito educativo, é feio, disseram-me desde pequenina.

José Alves disse...

Não ha dúvidas de que esta ministra é do PS e que encaixa bem com o politica do senhor " ENGENHEIRO ", pois começou logo a MENTIR no dia em que foi nomeada. Alguém ainda pode acreditar nesta gente? Vamos ter uma Ministra da Educação Mentirosa!
Esta nem nos deu o beneficio da dúvida!

Anónimo disse...

Isto de nome artístico não deveria ser proibido? usando para um cargo público?

Será para esconder no apelido, a RUI Vilar que até está bem colocado?
Será que os professores, vão aceitar dar para tamanho saco de peditório?
Acredito que agora estará ainda mais em causa a palavra: Haja Dignidade!

Abílio Barros

doutor.afonsohenriques@gmail.com disse...

Alguém das "ciências da educaÇão" (eduquês) no ministério da educação nunca é uma boa notícia.
doutor.afonsohenriques@gmail.com

Pata Negra disse...

Já hoje li algures que é normal ter mentido: não podia, dadas as circunstâncias, dizer a verdade. Se bem percebi, e parece que o país inteiro percebe e aceita, é normal que em política por vezes se tenha que mentir mesmo que os factos imediatos o desmintam. Samuel, mais uma vez, encontras a comparação perfeita - a Ana Jorge da Educação - tem o sorriso perfeito para a agradar deixando tudo na mesma.
Até

Sal disse...

Sabes o que é que eu acho, Samuel?
Que isto vai ser mais UMA AVENTURA NA EDUCAÇÂO.

Beijos

Antuã disse...

Diz-me com quem andas... Quem anda com mentirosos como o Sócrates.

Fernando Samuel disse...

É por tudo isso que eu acho que o Sócrates escolheu a pessoa indicada para a sua Educação...

Um abraço.

Justine disse...

Vamos então ter mais do mesmo, mas agora, como diz o S., com um sorriso em vez de um esgar...

Méon, disse...

É curioso: o estilo com que alguns "atacam" Rita Rato tem algumas semelhanças com o dos que "atacam" Isabel Alçada...

Parece-me que o grande mal é que toda a gente tem opinião firme sobre o que mal conhece - a começar por mim, tantas vezes, hélas!!! - e raramente tem a humildade de admitir que fala sem conhecer 90% do assunto.

Isabel Alçada merece o benefício da dúvida e a questão de saber se mentiu é um fait divers que os media mais uma vez exploraram até à exaustão.(Mas veja-se o que diz hoje o Expresso sobre o assunto.)

Muitos professores sabem e recordam agora que Isabel Alçada foi defensora da Gestão Democrática, foi dirigente sindical do SPGL e fez excelente trabalho no Plano Nacional de Leitura. E foi professora numa escola do 2º Ciclo, fez perte de um Conselho Directivo, andou na luta quotidiana de dar aulas em escolas problemáticas de Lisboa.
Isto não chega para ter esperança em melhores dias para a educação?

Quanto ao argumento de que ela faz parte do governo Sócrates, portanto vai ser mais do mesmo, pergunto: o PS ganhou ou não as eleições? Se ganhou, tem o direito de governar segundo o seu programa. Ou não?
Com maioria relativa? Sim. Por isso mesmo foi à procura de pessoas com capacidade de dialogar com os outros partidos.

O PCP/CDU - e também o BE ! - que tenham paciência: não podem esperar que Sócrates mude de política quando o povo nas urnas lhe deu maioria. (E com certeza que o PCP e BE não perfilham a opinião de Vasco Graça Moura no Dº Notícias de que o povo deu provas de estupidez ao votar como votou...).

Aos filiados nos partidos só peço uma coisa: não se esqueçam de que a mioria das pessoas não está filiada em nenhum partido, o que não quer dizer que não tenham opinião ou que reprovem os partidos. Simplesmente são desalinhados e têm o direito de o ser. E não percebem a "clubite" dos filiados nos partidos, que se lhes torna agressiva e, muitas vezes, incompreensível.

Já agora: muito apreciei a declaração de José Saramago ontem na SIC quando defendeu o "direito à dissidência"!

Desculpem tão longo arrazoado...

samuel disse...

Aristides Duarte:
Enquanto Isabel Alçada, não me parece que possa ser doutora. A menos que os pseudónimos já frequentem a escola...

Smvasconcelos:
Benefício da dúvida, por enquanto...

Gabriela:
Diz-se que não é grave... nestas pessoas...

José Alves:
Foi mais “nabice” do que mentira. Naquelas alturas, ou não se declara nada, ou não se confirma...

Abílio Barros:
Não me parece grave. Foi apenas uma graça com o facto. De qualquer modo é assim que toda a gente a conhece.

Doutor.afonsohenriques:
Isso é que já é bem mais preocupante...

Pata Negra:
Isso é mais ou menos um dado adquirido...
Podemos estar enganados, mas durante algum tempo pouco vai acontecer... e não será apenas no ME.

Sal:
Nunca li nenhuma dessas... mas esta lá terá que ser.

Antuã:
Aquilo pode pegar-se, sim. ☺

Fernando Samuel:
Pessoas “educadas” é outra coisa! ☺

Justine:
E então não é um progresso? Não é?

Méon:
Pronto... tinhas necessidade de escrever isso... é um direito. Mas onde raio estão as semelhanças dos ataques a Rita Rato com os “ataques” a Isabel Alçada?
O facto de declarar que apoiava inteiramente a política de Lurdes Rodrigues indica que vamos ter mais do mesmo, mas com um sorriso... e a mentirola foi apenas um fait-divers, como parece evidente.


Saludos gerais!

Miguel Jeri disse...

É triste ver alguém que tão positivamente marcou a minha infância, com as histórias de "Uma Aventura" que me preencheram muitas tardes de leitura, tomar este tipo de partido. Verdade seja dita que para além disso desconhecia as tendências políticas da escritora. Mas a vida também é feita de desilusões. Concordo plenamente com o alerta do Samuel: a ideia é prosseguir muito mais "baixinho" a mesma linha seguida anteriormente. Ou, se preferirmos, o efeito "polícia bom, polícia mau", em que a tática pode mudar mas o objectivo mantém-se intocável.

Observador disse...

Samuel desculpe lá: Já sei que a sensatez em política não é o seu forte, coisa raríssima aliás na militância comunista: Presumo que Meon é seu conhecido, se calhar não suspeito aos seus olhos de fascista ao serviço da reacção como todos os que se atrevem a pôr em causa o dogma, mas olhe que me parece virem dali palavras sensatas como as de gente que pensa e que não tem a mania nem a pretensão de salvar a humanidade contra ela própria. E nem me interessa saber em quem vota, interessa-me apenas que usa argumentos lógicos e sensatos, tem a humildade de não pretender andar com a verdade no bolso. Ou você é demasiado velho para para ver essas pequenas coisas?
E pronto, faça o favor de ser feliz e tente perceber porque raio não convence mais que 8% dos votantes, recusando-se a contar os votos que os outros têm a mais. É ridículo e não honra os que noutros tempos, com outras "letras" e num mundo fechado se deram por causas.

Maria disse...

De uma coisa já sabemos que ela é capaz de fazer: mentir com todos os dentes que tem na boca.
Esperar para ver é preciso. É?

Abreijos

samuel disse...

Miguel Jeri:
Esperemos para ver... entretanto anima.te. Ela vai continuar a escrever a série “Uma aventura”. ☺ ☺

Observador:
Sim, Observador, o Méon, como quase toda a gente, também produz palavras sensatas... mas como observador, devia ter observado que tanto a observação dele como a sua estão um bocadito deslocadas neste post...
O Méon insurgiu-se contra as semelhanças entre os ataques que Rita Rato sofreu na blogoesfera e o que eu escrevi sobre Isabel Alçada, o que é bastante desligado da realidade.
Quanto ao resto das suas observações genéricas, por um lado, e a minha excessiva idade, por outro, obrigado pela atenção.
Depreendo que o senhor convence muito mais do que 8% de votantes... mas convence-os de quê, exactamente? Apenas curiosidade de velho. ☺ ☺

Maria:
Como já disse, podia ter “não comentado”, podia ter “não confirmado”, optou por mentir... mas parece que é assim que se faz “no meio”.


Saludos gerais!

Observador disse...

Samuel, os 8% referem-se ao PCP todo, não seja vaidoso!
Quanto à idade meu caro, seremos rapazes da mesma "criação", conhecemos a "outra senhora". Não se ofenda por isso. E mesmo que cante alguns hinos emprestados, tenha lá paciência e não queira o exclusivo do nosso!

samuel disse...

Observador:
Não entendi nem os hinos emprestados nem a exclusividade do vosso...
De que raio está a falar? Sim, devo estar mesmo muito velho!

Saludos!

mª gabriela matos disse...

Como dizia o Solnado.... "Aponte você que eu não sou parvo(a)"!!!!
No meio desta confusão toda, afinal não devemos apontar para a Isabel Alçada( sobe a calçada, sobe a calçada.... mas de BMW pois, tal como o cómico, ela "não" é parva!!!!!)?????!!!!!!!
Então, apontemos.....
Primeiro, adorei vê-la tão bem maquilhada e penteada.... quem a viu noutros tempos???? Aventuras Novas.... Histórias Novas, Personagens Novas.....
Vocês não viram o óbvio!!!! De tanto escrever( em parceria, esclareça-se.... ela não criou sozinha!!!!), a NOVA SENHORA MINISTRA DA EDUCAÇÃO está tão identificada com as suas personagens, com os narradores, narratários e outros "ários" que... lhe é doloroso distinguir a realidade da ficção... Assim sendo, quando se contorce para a realidade, aprova o que a dona lurdes "arquitectou".....porém, se "voa" para a ficção... tem de "fazer de conta", imaginar, criar suspense, sim, não, talvez...
e foi tão somente isso que aconteceu!!!! IH!IH!
Agora o que me preocupa muito mais é o que vai ela engendrar, na intra e intertextualidade aventureira.... para os professores e todos os que tanto têm feito, "SEM GLÓRIA" ( sempre ),para que este País e estas gerações que, gradualmente, lhes passaram "pelas mãos"possam competir com ( pelo menos...) a Comunidade Europeia, em que julgo estarmos integrados, NÃO??? Ou será que, também já estou tão velha que nos mandaram embora, por estarem fartos de "caudas" disto, daquilo, daqueloutro- em que somos campeões???
D. Isabel Vilar....Porte-se bem ou já esqueceu o que é ser PROFESSOR??? É o momento exacto de mostrar que merecia assinar os livros que publicou, juntamente com a Ana Maria Magalhães!!!!!
Termino como comecei.... Mesmo sendo feio, cá estarei atentíssima para lhe "apontar" os erros que venha a cometer.... Em nome da EDUCAÇÃO... esperemos que não seja necessário chegar ao mais do mesmo!!!