segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Cristiano Ronaldo – Homem objecto, ou jornalismo abjecto?”



Mais uma vez somos brindados com uma notícia idiota, a (des)propósito de Cristiano Ronaldo. Vários milionários, cujo respeito pelas fortunas obscenas que possuem mostra bem o quão pouco custaram a ganhar, tentam “alugar” o jogador, por vários milhões de Euros ao dia, como se fosse uma coisa, para exibir em joguinhos de “futebol” com equipas locais, lá nas suas santas terrinhas. De qualquer modo, não vá uma notícia destas não ser ainda suficientemente humilhante, os jornais vão insistindo nas imbecilidades que as “ex-namoradas” do craque têm para partilhar connosco.

Nenhuma outra das profusas ex-namoradas de Cristiano Ronaldo teve a arte de o transformar num verdadeiro filão de ouro, como esta jovem e abundante castelhana, Nereida Galhardo. Aproveitando a eterna esquizofrenia, tanto de jornalistas e jornais, como dos seus leitores, para esta constante oscilação entre a adoração cega dos seus ídolos e a total falta de respeito pela sua dignidade enquanto seres humanos, a empreendedora e fogosa moça vai cobrando milhares de euros por entrevista ou aparição pública, conseguindo em todas inventar algo de “novo” sobre a sua meteórica relação com o futebolista, num caudal sem fim à vista.

Na última destas entrevistas que se me pespegou debaixo do nariz enquanto bebia a bica da manhã, num jornal com dias de uso, como não bastava já a notícia do "aluguer" ou os copiosos pormenores de cama com que nos tem “ilustrado” nos últimos meses, ficámos todos a saber que Ronaldo demora imenso tempo a arranjar-se para sair, que se depila extensamente e (oh céus!) possui alguns DVDs com filmes pornográficos. Ah... e diz ela que nunca os viu com ele... e que não gosta. Não se percebe bem se é de os ver, ou de os fazer. Fica instalada a dúvida.

A encerrar este post verdadeiramente inútil, feito exactamente para condizer com alguma da imprensa verdadeiramente inútil com que somos inundados diariamente, sendo já evidente que é uma fantasia esperar que a comunicação social se dedique ao que Ronaldo faz extremamente bem e ao que Nereida Galhardo faz... seja lá o que for... e deixem em paz as suas “intimidades”, temo que haja muito moralista hipócrita que ainda aproveitará para se escandalizar com a dissolução dos costumes, dos valores e da moral, estampados (então não se está mesmo a ver?!!!) tanto na cara dele como na dela. E isso sim... vende jornais!

11 comentários:

Maria disse...

Se a castelhana aparece por Peniche ainda aproveitam as balonas...
:)))

Abreijos

Méon, disse...

Humor e a sensibilidade para nos ires dando conta deste estranho/inquietante mundo em que vivemos...

Saudações! Boa semana!

amigona avó e a neta princesa disse...

Olha o que te havia de dar hoje, "coitados" dos moçoilos!!! Temos que brincar Samuel porque, de facto, é mesmo muito triste!!!
Ele ainda dá uns pontapés (e dizem que muito bem)e ainda tem que suar um bocado agora ela...mas enfim há outros por aí - ou outras - tipo Cinhas, Lilis (não, não é a minha cadela que essa é uma doçura e trabalha todos os dias no seu amor incondicional aos donos!)...que fazem aquelas pessoas para - tanto quanto sei- arrecadarem alguns milhares por mês por passarem pela TV e dizer uma bacoradas? Estou mesmo a envelhecer!!! Não percebo nada disto!
Abreijos

Edson disse...

Gostei muito do seu blog... parabéns está nota 10 as suas postagens são batantes interessantes... valeuuuuuuuuuuuuuuuuu

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Penso que o miúdo oriundo do Arquipélago da Madeira, estará até pela "côrte familiar" a ser um objecto; tantos a comerem e beber. Pronto; o problema é, e será dele e de mais ninguém.
Sim considero quem anda diáriamente atrás (jornalísticamente, claro) deste produto da sociedade de consumo, produz efctivamente um jornalismo abjecto, sem consistência alguma, e profunda e absolutamente terciário, a soldo sabe-se lá de quem e de quê.

Daniel disse...

Se eu fosse uma celebridade (macho ou fêmea, não importa), teria muito cuidado em escolher namorada ou namorado. É que muitos aproveitam para depois fazerem dinheiro com os tolos e tolas que veneramm este tipo de literatura. Por isso questiono sempre se as Nereidas todas deste mundo já não entram no suposto jogo amoroso com vista aos futuros rendimentos.
Mundo-cão, onde nem o amor é verdadeiro!

Julieta Real Ferreira disse...

Estou procurando o adjectivo:

Sensato?

Prudente?

Avisado?

Cauteloso?

:) :) :) :)

Estou a falar do corte da foto

:) :) :)


Agora temos blogue fora de horas

e...

blogue para todos?

Rui Vasco Neto disse...

sam,
não posso, perdoa, mas não posso. Não posso deixar que fales assim de quem foi um pobre rapaz pobre e é hoje um pobre rapaz rico, não posso de maneira alguma permitir tamanha afronta ao petcheno que já tem dores de cabeça que cheguem por causa do uso que vai dando à sua belica (se não sabes o que é uma belica pergunta a vóvó que ela explica, assim se chama na terra dela...) Por isso vou ter de ser severo contigo, por mais que me custe. Nesse sentido já falei com o bruxo espanhol que está a tratar do assunto e já está tudo arranjado e combinado, é mais certo que as coisas certas. Prepara-te para ficares impotente.
Abraço-te, condoído.

rvn

samuel disse...

Maria:
Viste o que não devias... ☺ ☺ ☺

Méon:
Se não for desta forma, pelo menos para mim seria desesperante...

Amigona:
Anda tudo ligado! ☺

Edson:
Obrigado!

Manuel Norberto:
A verdade é que a alguém interessa manter uma boa parte do povo neste “estado”.

Daniel:
Infelizmente, é o que muito se vai vendo...

Julieta Real Ferreira:
Por vezes as explicações são as mais simples... ☺
O post entrou automaticamente enquanto eu me passeava pelos “Algarves”. Depois de várias manipulações “photoshópicas” para juntar as fotografias originais, um erro técnico, de que obviamente fui involuntariamente culpado, fez entrar no ar a colagem simples das ditas fotos e não a versão final. Só deu para ver lá para as duas da madrugada... e então, “sensatamente, prudentemente, cautelosamente” e rapidamente, corrigiu-se o erro. Mas não viria mal ao mundo... ☺ ☺ ☺

Rui Vasco Neto:
Penitencio-me assaz... aliás, já ando a coxear do pé esquerdo, embora seja “derivado” a uma topada que dei muito antes de cometer este texto... ☺ ☺


Abreijos colectivos!

Fernando Samuel disse...

Ó se vende!...
Um abraço.

samuel disse...

Fernando Samuel:
Pobres árvores! ☺

Abraço!