sexta-feira, 25 de março de 2011

Isabel Alçada – Avaliação foi avaliada... e chumbou!


Apesar da prévia “guincharia” histérica do ministro Jorge Lacão e seus pares, a oposição revogou mesmo, num documento conjunto de todos os partidos, a tão contestada “avaliação dos professores”, tal como esta vinha a ser imposta pelo ministério.
Pouco adianta à infeliz e acidental ministra Isabel Alçada armar-se em analista política. Pouco adianta à ministra declarar que a proposta agora aprovada é «inviável». Inviável é o seu nefasto Governo.
A acidental ministra da Educação, provavelmente, nunca mais voltará a ser ministra seja lá do que for... tal o “brilhantismo” com que exerceu o cargo. Os seus planos “geniais” podem ser arquivados no “museu da escola” e a interrompida escritora pode retomar a sua inócua atividade.
Só sem clima de guerra, sem pressões e com o melhor para o ensino público em mente... é que outra escola será possível.

11 comentários:

Anónimo disse...

ATÉ QUE ENFIM!

Anónimo disse...

planos desses costumo arquiva-los
na reciclagem... e esvaziar a mesma.
anónimamente eu.

Graciete Rietsch disse...

Será que os Professores poderão enfim ser professores?

Um beijo.

relogio.de.corda disse...

Graciete, eu espero que sim. Para além do chumbo que foi esta avaliação de desempenho docente - a maior palhaçada de todos os tempos na educação; será que vão acabar também com as quotas impostas para as retenções?! (outra palhaçada inventada por aqueles senhores que obriga os professores a passarem a maioria dos alunos com mau aproveitamento escolar)

relogio.de.corda disse...

Ahhh!!! Esta foto lembrou-me as carteiras do Tempo do outro senhor, onde aprendi a ler e a escrever.
São mesmo bonitas!!!

Antuã disse...

A Isabel não foi alçada mas descartada.

José Rodrigues disse...

Uma "Aventura no Ministério da Educação"começada pela Lurdinhas,continuada pela Isabelinha que segundo diz o dicionário,competencia,atribuição alcance:não é da minha alçada.

Abraço

Suq disse...

Só sem clima de guerra, com pressões e com humilhação em mente... é que a "sua" escola era imposta num clima de imposição e terror!

Onde senhores? Numa escola bem perto de todos nós e com quartel como pano de fundo!

Fernando Samuel disse...

Está visto: vamos ter a Isabel alçada a analista política...

Um abraço.

Anónimo disse...

Samuel
A apresentadora de histórias para crianças já lá vai. Paz à sua alma.
Vitor sarilhos

Maria disse...

Levou tempo, mas foi!
O que prova que vale a pena lutar. Apesar de...

:))