quinta-feira, 24 de março de 2011

Justiça – Muito verdete e poias de pombo...


Há de existir uma explicação para o facto de tantos juízes deixarem tão mal a simples ideia de justiça. Há de existir uma falha qualquer no percurso de formação de juízes, mesmo enquanto serem humanos, para que tão repetidamente desvalorizem os crimes de teor sexual, cometidos contra crianças.
Um indivíduo de São João da Madeira, acusado de ter abusado sexualmente de duas crianças, de oito e dez anos, suas vizinhas, foi a julgamento. Mais uma vez, um juiz, depois de os factos terem sido suficientemente provados, ao ponto de justificarem uma sentença de quatro anos de prisão, mandou o condenado para casa com “pena suspensa”. A mesma casa onde vivem as vítimas. Não decretou sequer qualquer medida que o impeça de se aproximar delas.
«Vá para casa e não faça mais asneiras!» - disse o magnânimo magistrado.
“Asneiras?!” Asneiras tipo o quê? Trincar caramelos tendo dentes postiços? Chapinhar nas poças de água da chuva com os sapatos novos? Deitar a língua de fora ao senhor prior? Asneiras?!
Que se terá passado na cabeça deste juiz durante o "julgamento"?
“Condenou” o abusador por ser pedófilo, ou por ser incompetente ao deixar-se apanhar?
Passou todo o tempo do “julgamento” a fantasiar que a coisa se passava no seu gabinete de juiz, com ele e duas rapariguinhas ou dois rapazinhos da mesma idade?
Que raio levará tantos juízes a simpatizar com os pedófilos que deveriam condenar?
Que merda!

17 comentários:

Carlos Fernandes disse...

Sou pai de quatro filhos e tenho duas netas, uma legitima e outra por adopção (do meu filho), e é por estas e por outras que eu cada vez que oiço estas sentenças digo para comigo:
" que isto nunca me aconteça porque eu mato um gajo destes".

Bolas realmente que merda!!!

Maria disse...

Que nunca te cales!!!!
E que nunca te doam os dedos!

Abreijos.

Graciete Rietsch disse...

Porquê esta simpatia por crime tão abjecto?
Inconcebível a sentença desse juiz!!
Essa sentença ultrapassa até a ausência de justiça. Ela própria é um crime.

Um beijo triste.

Rogério Pereira disse...

Justiça?
Mais um poder
que me faz tremer...

Alberto disse...

Não adiantaria nada que estes juizes fossem investigados relativamente ao "porquê" de tanta simpatia por pedófilos ao ponto de haver sentenças deste tipo. Provavelmente tal investigação a existir redondaria num fracasso não fosse a mesma descobrir os tais "porquês"...
Veja-se o caso dum político da nossa praça familiar dum magistrado que acusado de muuuuuitos crimes de pedófilia, nem a julgamento foi. Esse nem o tribunal teve necessidade de o absolver.

Anónimo disse...

"Não é na mesma casa das vitimas é um pouco mais ao lado"

Porque carga de água anda a enganar as pessoas?

Isto é lá Justiça?

Isto é a justiça/juizos das forças dominantes, que por serem juizos das forçad dominantes,são juízos pau-mandados, que nem para facistas prestam. É o que penso!

Anónimo disse...

É uma vergonha...
Em Évora existe um call-center que explora os jovens alentejanos, com contratos precários... há muitos anos... usando-se o sistema de rescindir com uma empresa e fazer contrato com outra.
Trabalhamos com todos os sistemas informáticos do grupo caixa seguros, Império Bonança, Fidelidade Mundial e Multicare, mas não temos o direito a receber um preço mais justo pelo nosso trabalho, tal como os funcionários das Companhias?
Quando contactamos os clientes das Companhias é como se fossemos funcionários destas Companhias, mas para recebermos ordenado já não nos identificamos como tal.
Limitamo-nos a receber entre € 400,00 a € 500,00 e somos tratados como máquinas, pior ainda… pois quando os computadores não funcionam, não existe remédio… quando estamos a precisar de ir à casa de banho, já temos tempos estipulados e a correr depressa.
O Call-center já funciona há muitos anos, muitas empresas passaram muitos “escravos” ficaram…
Agora que mudaram a gestão do Call Center, para uma empresa de escravatura dos tempos modernos, denominada Redware, do grupo Reditus, decidiram inaugurar… vejam lá… inaugurar o Call Center, que devia-se chamar Senzala.
Este grande acontecimento vai acontecer amanhã, dia 25 de Março, e vai ter direito à visita do Secretário de estado para a inovação Carlos Zorrinho, do Presidente da Câmara de Évora José Ernesto Ildefonso Leão de Oliveira, do Presidente da Caixa Geral de Depósitos Fernando Faria de Oliveira, do Presidente das Companhias de Seguros do Grupo Caixa Seguros Jorge Magalhães Correia e as suas comitivas.
E pergunto-me vão inaugurar o quê, mais uma fase da exploração de pessoas, que têm que se sujeitar às condições destes empregos porque não existe mais nada?
Mas não somos pessoas?
Não devíamos ter direito a usufruir de condições mais justas pelo nosso trabalho, para termos direito a viver?
Até quando é que o nosso Pai, a nossa Mãe, o nosso Tio, a nossa Tia,… poderão ajudar-nos?
Mas depois é ver a publicidade destas empresas, em que parecem todos bons rapazes e muito solidários, eis um exemplo http://www.gentecomideias.com.pt/gentecomideias/Pages/MensagemdoPresidente.aspx
Sr. Presidente da Câmara, tenha vergonha em pactuar com esta forma de escravatura… ponha a mão na sua consciência, isto se ainda a tiver…

do Zambujal disse...

É indignação o que me provoca notícias destas. Mas é preciso que se saiba para que sejamos mais a indignarmo-nos e a fazer algo para que não aconteçam.

Grande abraço

*JjS* disse...

Se calhar é de nascença...
Investigue-se o ADN e compare-se com o dos padres.

aferreira disse...

-Esta é a justiça que interessa a quem de facto manda.
-Nada é por acaso!

Fernando Samuel disse...

Há-de haver uma razão para essas simpatias...

Um abraço.

Pintassilgo disse...

Provavelmente os arguidos são do PS. Os comunistas é que têm a fama de comer criancinhas ao pequeno almoço, mas os PS é que têm o proveito com direito à absolvição.

samuel disse...

Pintassilgo:

Não! Felizmente, no que toca aos costumes, hábitos e desvios de qualquer tipo, não há partidos nem ideologias mais calhadas para isto ou para aquilo.
As pessoas são pessoas... e crimes são crimes.
As influências que se podem mover é que são o diabo...e aí manda normalmente o dinheiro.

Anónimo disse...

BOM, ESTÁ MESMO A CALHAR UMA LEITURA DE FRIEDRICH ENGELS - A ORIGEM DA FAMÍLIA DA PROPRIEDADE E DO ESTADO -

É QUE NÃO SEI PORQUÊ A LEITURA DE CERTOS BLOGS INCITA-ME ÀS VERIFICAÇÕES FINAIS DOS PAIS DO MANIFESTO COMUNISTA...lÁ VOU EU...
QUE COISA ESTA...A UM SÁBADO DE MANHÃ.

MAS É MUITO BOM FAZER ESTAS LEITURAS LEITURAS...ORA SE É !

lENDO O SÉRGIO RIBEIRO TAMBÉM É BOM.
ESPERO BEM QUE SIGAM ESTE EXEMPLO.

Anónimo disse...

Samuel
Destaco «passou o tempo a fantasiar ....» e o que disse o primeiro interventor. Digo ainda que espero que certas coisas não se passem comigo pois tenho sessenta anos e para mim a vida está feita.
Vitor sarilhos

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Será por esta e por outras que Maria José Morgado (Procuradora-Geral Adjunta, em o "Expresso"), disse: "as reformas criminais laxistas dos úlimos dez anos, produto de patos-bravos legislativos, corroeram a autoridade do Estado e a força da Lei"?.

Anónimo disse...

Samuel
O Pedroso lá veio outra vez ao dse cima. Será que o homem estaria mesmo inocente ou o Sampaio teve alguma coisa a ver com a condução da justiça?
Vitor sarilhos