quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

José Sá Fernandes – É para aprenderes!!!


Nem que José Sá Fernandes se faça rodear, em casa ou no escritório, de fotografias de Domingos Névoa e da "Bragaparques", como sugiro nesta fotomontagem, conseguirá ter mais presente a recordação do dia aziago, em que, enquanto cidadão e vereador da Câmara Municipal de Lisboa, resolveu bulir com a corrupção instalada na sociedade.
Mesmo depois de ter provado que o grande empreendedor bracarense, interessado nos terrenos da antiga Feira Popular, se serviu da corrupção descarada para tentar conseguir os seus fins, José Sá Fernandes não só o viu absolvido, como indemnizado, como agora vai sofrendo as várias retaliações “a que tem direito” por não se ter calado.
Aí está mais uma retaliação, agora (e também mais uma vez) sobre o irmão Ricardo, que o ajudou. Desta vez é acusado pelo Ministério Público... por usar “gravação ilícita”.
Enquanto no Parlamento as já várias iniciativas do PCP, no sentido de criminalizar o enriquecimento ilícito e combater a grande corrupção vão sendo sistematicamente chumbadas, ao mesmo tempo que se assiste à encenação do “peditório” do Correio da Manhã, contra o mesmíssimo enriquecimento ilícito (não digo que não se deva assinar), na verdade, o sinal que o “sistema” envia para a sociedade, é este:
Mesmo que veja com esses dois que a terra há de comer, algum funcionário receber um anafado maço de notas e tenha fotografias, vídeos, gravações áudio, testemunhas oculares ou mesmo de Jeová... não se meta nisso! Faça de conta de que não viu, não soube, nem estava cá nessa altura, ou arrisca-se a arranjar uma data de problemas que lhe podem sair bem caros!
Outro mundo há de ser possível!

9 comentários:

JP disse...

Atenção Samuel que o acusado agora pelo Ministério Público é o irmão (advogado) Ricardo Sá Fernandes.

O que não retira relevância nenhuma à sua posta, bem entendido...

Fernando Samuel disse...

Se outro mundo não fosse possível... melhor era deixarmos já este...

Um abraço.

JOSÈ GAGO disse...

Olha Samuel; Essa de ter olhos e não ver,ouvidos e não ouvir,e ter
boca e não falar...
Fazia parte da letra de um fado
que eu cantava á cerca de quarenta
e tantos anos!
Os motivos nessa altura seriam
outros,mas o fado se calhar volta a
estar actualizado...!
Não me importava de o ensinar ao
zé Sá Fernandes...

Um abraço

lino disse...

Talvez ainda tenha de o indemnizar por ter gravado a conversa sem autorização de um juiz igualmente corrupto.
Abraço

Maria disse...

Será que o irmão Ricardo aprendeu?
Como ele estava triste quando, na tv, lamentou a colaboração com o MP...
:)))))))))))

Abreijos.

samuel disse...

JP:

Obrigado pela chamada de atenção. Tratou-se de um erro no repetido "corta e escreve e volta a cortar" que são por vezes os meus textos.
Já está emendado.

Abraço.

svasconcelos disse...

Outro mundo terá de ser possível!!
Este é um daqueles casos que não se pode deixar passar... ou abre-se um precedente para a permissividade da corrupção, que corre o risco de deixar de ser punível...
:(

Bjs,

Graciete Rietsch disse...

Outro mundo vai ser construído. E então a Verdade morará aí.

Um beijo.

Anónimo disse...

O PS inventou a máxima de que quem não é corrupto não é bom cidadão.

Antuã