terça-feira, 12 de novembro de 2013

Ainda o BES – Aleluia!!!


Salgado e Ricciardi entendem-se sobre sucessão no BES – diz a notícia. Aleluia! – digo eu.
Ou seja… os elementos da quadrilha composta pela "famiglia" do BES ergueram os pensamento para o alto, onde habita o seu "deus", deus que se manifesta entre nós, simples pelintras, na forma de notas de 500 (viste-las!), 200 (raríssimas!), 100 (de vez em quando!), 20 e 5 euros… e acharam por bem amainar um pouco as ganas com que andavam de se comerem uns aos outros.

Na verdade, abrindo um parêntesis… alguns elementos e “elementas” já o fazem há muito… que aquilo é gente para quem não há missas que cheguem para lhes arrancar o hábito e a promiscuidade dos vícios privados… enquanto vão exibindo mentirosas públicas virtudes. Fechar parêntesis.
Voltando ao tema... os primos e primas da poderosa “famiglia” Espírito Santo chegaram à conclusão de que a sua “peixeirada”, longe de ter a profundidade filosófica e tradição cultural das peixeiradas levadas à cena num qualquer mercado perto de si pelas verdadeiras e insubstituíveis peixeiras e varinas... era apenas uma parvoíce que, no limite, só lhes faria perder dinheiro.
Perder dinheiro?!!! Sacrilégio!!! E depois como é que a prima (ou lá o que ela é) vai para a Comporta «brincar aos pobrezinhos»?!
Seja como for, passada (oficialmente) a borrasca, quem ficou feliz foram os vários cavalos das várias cavalariças da “famiglia”, que já não se tinham das pernas, tal o pânico.
Pelo menos os cavalos que tiveram a grande infelicidade de ver esta cena macabra do filme “O Padrinho”... e que, compreensivelmente, já andavam de “cabeça perdida”.

32 comentários:

José Freitas disse...

Não é a propósito do BES, mas como tenho pouca audiência no meu actual blog e tenho pontos de vista compatívieis com este, lembro que O terrorista homicida Cónego Eduardo Melo Peixoto foi condecorado como Comendador da Ordem de Mérito, em 28/6/1988, por Mário Soares. . .

Anónimo disse...

Ó homem, não se queixe. Não se esqueça que tem sido o BES a alimentar a vossa Festa do Avante com os terminais de pagamento automatico e que o acordo celebrado não tem sido nada mau para o PCP...
Abraço e cumprimentos à "familia"

samuel disse...

Anónimo (16:04):

:-) :-) :-)

Haja bom humor…

Ainda assim, acha que este comentário justifica esconder-se atrás da saia do anonimato?

Unknown disse...

Bem visto Samuel, sem duvida que são uma cambada de mafiosos.

O Puma disse...


O BES não paga o resgate
mas a família de facas em riste
está unida até ao último cêntimo

Anónimo disse...

Não acredito que a cabeça seja do homem de Boliqueime.
Se fosse de macho, mula ou mesmo de asno... talvez.

Rui Silva

José Oliveira disse...

Querem ver que BES andou a perder dinheiro com a FESTA? Não seja cretino

Graciete Rietsch disse...

Cortar a cabeça aos cavalos não adianta! Já a esses.... metaforicamente falando, claro.

Um beijo.

Anónimo disse...

cantigueiro voce só pode ser paneleiro

samuel disse...

José Oliveira:

Então faça-me o favor, o senhor que, tão ostensivamente, não é cretino… como é que a organização da Festa do Avante deve fazer, para ter dentro do recinto caixas Multibanco?

Obrigado.

samuel disse...

Anónimo (20:21):

Não vale a pena estar a atirar barro à parede para tentar descortinar em mim um possível "simpatizante" da sua causa… a sua vida privada não me interessa para nada!

De qualquer modo, foi um comentário extremamente elegante, inteligente e fundamentado. Parabéns!

Medronheiro disse...


O Espírito Santo no dia de Pentecostes não iluminou as cabeças de certos anónimos.

José Oliveira disse...

Samuel há aqui um mal entendido, o anómimo das 16:04 deixa no ar que o BES fez um acordo que não tem sido nada mau para o PCP, financiando a FESTA por este intermédio "Não se esqueça que tem sido o BES a alimentar a vossa Festa do Avante". O meu comentário referia-se a este senhor. Já agora ele conhece o acordo? Está, por ventura a insinuar que o PCP fica a dever favores ao BES, que irá posteriormente retribuir? O PCP não term nada a haver com os partidos do "arco da governação", fez um negócio, que certamente foi vantajoso para ambas as partes, um acordo meramente comercial e NADA MAIS.

samuel disse...

José Oliveira:

Fica registado, caro José Oliveira! :-)

Infelizmente, já não é a primeira vez que lamento imenso o facto de o "blogger", esta plataforma onde estou instalado com o "Cantigueiro", não ter, como outras plataformas já têm, um sistema em que fica bastante claro que um comentário se refere ao post do autor, ou simplesmente se trata de uma resposta a um outro comentador, registando essa resposta junto ao comentário em causa e não no final da "fila".

Já não é a primeira vez que este defeito de concepção causa mal entendidos.

Saudações.

Olinda disse...

Ah...ah..que F'MIlia tao honesta,tao discreta e ordenada...

Um abraco

Anónimo disse...

isso do BES patrocinar a festa do Avante não é mentira nenhuma. Obtêm a exclusividade dos TPA na Festa que é a mesma coisa que o PCP permitir o monopolio dos terminais de pagamento automatico dentro do recinto da festa

samuel disse...

Anónimo (18:24):

Claro, génio!!!

Se a organização da Festa do Avante fizesse contrato com TODOS OS BANCOS portugueses, para TODOS terem terminais multibanco no recinto… isso é que era um contrato bem negociado, não era, génio?!!!

Há cada cromo!… :-) :-) :-) :-)

Anónimo disse...

Samuel, não tente iludir os leitores. Vá lá informar-se com os seus camaradas os termos do contrato (você até conhece quem esteve por detrás da negociação) e das vantagens associadas e depois falamos, tá ?

Para quem é contra o monopólio económico, ups...

;-)

samuel disse...

Anónimo (09:38):

Claro, génio!!!

Ou há caixas de TODOS os bancos… ou nenhuma!

Já agora, ou há electricidade também da Iberdrola… ou não há electricidade no recinto e faz-se tudo à luz de velas… desde que se comprem velas a TODOS os fabricantes… e por aí adiante… :-)

Não é, génio?!!! :-) :-) :-) :-)

Anónimo disse...

Sim Samuel Génio... só é pena que quando toca de analisar as vantagens financeiras para o PCP, se estejam a borrifar se é o BES, a CGD, ou o Montepio.

É quem der mais, Ahhhh o capitalismo, essa besta ideologica ;-)

Não é assim, Samuel ?

samuel disse...

Anónimo (12:46):

Get a life!!! :-) :-) :-)

Já vi que pretendia que o negócio fosse feito com o SEU banco!
Se não é o caso… e não é banqueiro… então essa cegueira com o tema é muito triste!!! :-) :-)

Luis Afonso disse...

Desculpem intervir, mas a mim parece-me é que o autor deste blog é que necessita de arranjar uma vida porque em vez de passar o tempo a fazer alguma coisa de util, perde o seu tempo a responder a outros que não têm nada que fazer.
Cumprimentos,
LA

Anónimo disse...

Mas o Samuel acha que algum banqueiro vinha aqui perder tempo e responder-lhe ??????????

;-)

samuel disse...

Luis Afonso:

Boa malha, Luis Afonso!!! Muito bem observado!

E este seu desabafo é exactamente o quê? Também não tem nada "de útil" para fazer? :-) :-) :-) :-)

samuel disse...

Anónimo (17:18):

Pois… realmente também não me parecia!

No caso de você ser o mesmo anónimo obcecado por caixas multibanco… realmente não me parece banqueiro. Acho que você é mesmo apenas um desocupado (para adoptar o diagnóstico do Luis Afonso) visivelmente fanático por um assunto idiota.

Mas não haja confusões!!! O assunto é que é idiota, evidentemente!… que você, como já disse, é um génio! :-) :-) :-)

Saudações… e deixe lá essa porra dos multibancos...

Anónimo disse...

"deixe lá a porra dos multibancos porquê" ?
Não lhe interessa falar das verdades que comprometem o seu PC e que afinal demonstra que no discurso são uma coisa e depois são outra ?

Disclaimer: Eu tb não tenho vida, Samuel, mas não gosto que enfiem a cabeça na areia quando o assunto é incómodo.

samuel disse...

Anónimo (15:12):

OK!!! Ganhou (por exaustão!) esta discussão tão importante: "O mistério de o PCP não ter Multibancos de todos os bancos nacionais".

Nem sei como é que nunca ninguém se tinha ainda preocupado com este momentoso assunto! :-) :-) :-)

Agora vou pra dentro, que tenho uma data de DVD para rebobinar… :-)

Até sempre!

Florinda Sousa disse...

Eu bem tinha achado estranho tanto comentario neste post e vim ver. Agora percebo. Desculpe Samuel, mas a forma como trata as pessoas está a um nível perfeitamente dispensável. Era uma questão de não deixar passar determinados comentários ou dispensar essa necessidade infantil de ter sempre a última palavra.
Beijos

samuel disse...

Florinda Sousa:

Minha caríssima Florinda… seja lá quem for… não é para satisfazer a minha "NECESSIDADE INFANTIL" de ter a última palavra, pois não tenho a menor intenção de começar uma discussão consigo… mas apenas para lhe dizer que se é para isso que aqui veio, colocar-se ao lado dos anónimos que têm por tarefa insultar-me e, de passagem, chamar-me infantil…

Dispenso bem as visitas e, sobretudo, os beijos!

Passar bem!

Florinda Sousa disse...

Não amue por favor. Foi apenas uma opinião.

samuel disse...

Florinda Sousa:

:-)

Florinda Sousa disse...

:-)