sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Alberto João Jardim – Então não querem lá ver?! Deixem o homem em paz, que diabo!!!




O injustificável Alberto João Jardim já não obedece à norma que “obriga” (?) os titulares de cargos públicos, beneficiários de reformas, a receberem apenas um terço, ou da reforma, ou do ordenado do cargo exercido, podendo escolher aquilo que mais lhes convenha. Alberto João Jardim acumula a totalidade do vencimento de Presidente do Governo Regional da Madeira com a totalidade da reforma.

Agora, perante a nova norma que (será desta?) impede a acumulação de vencimento e reforma, mas na totalidade, «Ai valha-me o Chão da Lagoa, que estou a ser roubado, o Estado é ladrão!!!» Diz que vai processar o Estado Português.

Há dias, falando do Orçamento de Estado, Alberto João disse que a vida dos portugueses iria ficar pior... e que nessa altura haviam de se «lembrar dele...»

Acredito que sim. Existem algumas pessoas que, efectivamente, quando se sentem mais tristes e deprimidas... recorrem aos palhaços para desanuviar... embora seja sabido que isso não resolve nada.

7 comentários:

Maria disse...

Completamente impossível esquecer-me deste homem.
:))))))))))

Abreijos.

smvasconcelos disse...

Quando lhe foi proposto aumentar 65 euros nas reformas abaixo do ordenado mínimo, recusou, agora acha uma canalhice mexerem na sua choruda e integral reforma caso pretenda continuar a usufruir do seu ordenado?!Dois pesos e duas medidas, um sem-carácter!
bjs,

Antuã disse...

É um ponto!...

Justine disse...

Só que este é um palhaço perigoso!

jrd disse...

Fermentações 'etílicas'.
Abraço

LA PASIONARIA«!NO PASARÁN!» disse...

Perigoso e fascista.Enche a boca com a Autonomia para dar de "mamar" aos amigos que se sentam à volta da mesa do orçamento regional.

Fernando Samuel disse...

Especialmente com palhaços destes, que só fazem,,, chorar...

Um abraço.