sexta-feira, 19 de novembro de 2010

NATO - Ditados populares “revisitados”



Porque gosto muito de revisitar os grandes ditados populares portugueses... aí vai:



11 comentários:

do Zambujal disse...

Quem não tem cão, caça com nato!!!

Gostas?

Um abraço

samuel disse...

do Zambujal:

É muito bom! :-))) :-)))

Abraço.

Maria disse...

Lindos! O post e os comentários!
É bom sorrir, apesar disto tudo...

Abreijos.

salvoconduto disse...

Nato escondido com rabo de fora...

Mab disse...

Olá Samuel,
acho que falta um :) NATO escaldado de água fria tem medo...

O blog Único Planeta que Temos ofereceu ao Cantigueiro o Prémio Dardos, veja mais aqui
um abraço,
Mab

Graciete Rietsch disse...

Com humor também se luta. E este trocadilho é mesmo ma frase bem aplicada à luta pelo fim da NATO.

Parabéns.

Um beijo.

José Rodrigues disse...

A Nato havia de estourar como uma castanha...mas aquele Ferreira Fernandes do CM,se levasse uma cachaporrada nos costados, só se perdiam as caiam no chão...

Abraço

do Zambujal disse...

Vale mais uma PAZ nas nossas mãos que duas NATOS a voar!

E haverá mais!

Abraços para todos os que estão, nos intervalos, a lembrar-se de coisas destas... sim porque sempre que um homem sonha há sempre uma Nato que "vai à viola", e por aí fora que para trás mija a burra e outros animais que tais!

trepadeira disse...

Seria pertinente depois de tanto nos esfolarem a nós.
Mas será suficiente.
Um abraço,
mário

Fernando Samuel disse...

Visto por outro ângulo:
Paz, Sim! - 25 de Abril Sempre!
NATO, Não! - Fascismo Nunca Mais!


Um abraço.

relogio.de.corda disse...

Muito bom, sim senhor.